AS QUESTÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE E O MOVIMENTO ESCOLA SEM PARTIDO: QUAL O IMPACTO PARA A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR?

Autores

  • Marina Silveira Bonacazata Santos Universidade Estadual de Maringá
  • Maria Carolina Miesse Universidade Estadual de Maringá
  • Fabiana Aparecida de Carvalho Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v9iEspecial.12588

Resumo

Analisam-se questões relacionadas ao gênero e à sexualidade frente ao Movimento Escola sem Partido (MESP) e impactos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A pesquisa foi de cunho qualitativo, teórico-bibliográfico e documental. Primeiramente, critica-se historicamente o surgimento do MESP, com destaque para as ideologias nas quais se ancora. Em um segundo momento, as correlações do MESP com as questões de gênero e sexualidade são descritas, dando maior ênfase aos motivos políticos, econômicos e morais defendido por apoiadoras/es do movimento nas disputas por interferências nas escolas. Finalmente, relacionam-se os efeitos do MESP com a conjuntura de produção da BNCC, destacando a supressão e o apagamento dos termos gênero, sexualidade e diversidade sexual dos currículos escolares do ensino de Ciências e Biologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Silveira Bonacazata Santos , Universidade Estadual de Maringá

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática (PCM), Universidade Estadual de Maringá (UEM). Graduada em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura), pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), Bolsista CAPES. E-mail: marina_bonacazata@hotmail.com

Maria Carolina Miesse, Universidade Estadual de Maringá

Mestranda em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE), Universidade Estadual de Maringá (UEM), Bolsista da CAPES. E-mail: Mariamiesse@hotmail.com 

Fabiana Aparecida de Carvalho, Universidade Estadual de Maringá

Doutora em Educação para a Ciência e a Matemática, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Professora Adjunta do Departamento de Biologia, Universidade Estadual de Maringá (DBI/UEM), Coordenadora do Grupo de Estudos das Pedagogias do Corpo e da Sexualidade (GEPECOS/UEM). E-mail: facarvalho@uem.br 

Downloads

Publicado

2021-05-23

Como Citar

Silveira Bonacazata Santos, M., Miesse, M. C., & Aparecida de Carvalho, F. (2021). AS QUESTÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE E O MOVIMENTO ESCOLA SEM PARTIDO: QUAL O IMPACTO PARA A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR?. Diversidade E Educação, 9(Especial), 509–531. https://doi.org/10.14295/de.v9iEspecial.12588

Edição

Seção

N. Especial: Tecituras em Redes de Discussões e Afetos: interface..