RACIONALIDADE AMBIENTAL SULEADA PELO ECOSSOCIALISMO NA PRÁXIS DOS EDUCADORES AMBIENTAIS

Autores

  • Leandro Carneiro

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i2.8445

Resumo

O presente artigo é parte das reflexões parciais de uma dissertação de mestrado em educação, do Programa de Pós-Graduação Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. O artigo versa a respeito da busca por respostas em relação a qual tipo de sociedade os educadores ambientais críticos, transformadores e emancipatórios podem incentivar, fundamentados em novas epistemologias, como o ecossocialismo e a racionalidade ambiental. Como estratégias de superação da atual policrise, principalmente nas suas faces mais nefastas e apocalípticas, como a miséria e as catástrofes ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2018-11-26

Como Citar

Carneiro, L. (2018). RACIONALIDADE AMBIENTAL SULEADA PELO ECOSSOCIALISMO NA PRÁXIS DOS EDUCADORES AMBIENTAIS. Ambiente &Amp; Educação, 23(2), 352–368. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i2.8445