Educação ambiental e interdisciplinaridade: a importância da água na vida dos ribeirinhos da Ilha das Onças (Furo Conceição), Barcarena, Pará, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v24i2.8408

Palavras-chave:

Educação Ambiental. Interdisciplinaridade. Sustentabilidade. Ribeirinhos

Resumo

Este artigo enfoca a Educação Ambiental Interdisciplinar como um dos instrumentos indispensáveis para compreensão das relações entre as comunidades ribeirinhas paraenses e a natureza, no seu exercício da cidadania, tendo como objetivo discutir como os ribeirinhos da Comunidade do Furo Conceição, localizada na Ilha das Onças, Barcarena, Pará representam as suas relações sociais com os recursos hídricos e seus impactos, considerando a escola local como propulsora de iniciativa de práticas pedagógicas curriculares sustentáveis. Assim, desenvolveu-se um projeto de sensibilização da comunidade para uma postura de responsabilidade socioambiental, incluindo alunos do 1º ao 4º ano do Ensino Fundamental de classe multisseriada. Nesse contexto, buscou-se como base metodológica o estudo de caso, compreendendo a realidade em profundidade (social, econômico e ambiental) da comunidade do Furo Conceição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício César da Costa Rodrigues, Universidade Federal do Pará-UFPA Universidade da Amazônia-Ser Educacional Universidade do Estado do Pará

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade da Amazônia-UNAMA (2000), cursou Licenciatura e Bacharelado em Geografia pela Universidade Federal do Pará (2007), cursou Especialização em Currículo e Avaliação na Educação Básica na Universidade do Estado do Pará-UEPA (2001), Cursou Especialização em Gestão de Cidades e Sustentabilidade pela NUMA/UFPA (2013) Na mesma universidade concluiu Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia-NUMA/PPGEDAM/UFPA (2016). Atualmente coordena um grupo de pesquisa multidisciplinar de educação ambiental e tecnologia social de abastecimento de água pluvial na Ilha das Onças (Barcarena -Pará). Atua também como pesquisador e consultor junto as lideranças e professores indígenas Tembés com propostas de educação intercultural indígena na área de currículo escolar, formação de professores e construção de materiais didáticos interdisciplinares e bilíngues.

Rogério Tadeu Mendes Palheta, Universidade Federal do Pará-UFPA

Graduado em engenharia Civil pela Universidade Federal do Pará-UFPA.

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS (ANA). Bacias do Atlântico Nordeste Ocidental. Disponível em: http://www2.ana.gov.br/Paginas/portais/bacias/AtlanticoN

ordesteOcidental.aspx. Acesso em 22 de set de 2018.

BORDALO, Carlos A.; SILVA, Flávia A.; SANTOS, Viviane C. Por uma gestão dos recursos hídricos no estado do Pará: estudo de caso da bacia hidrográfica do rio Murucupi no município de Barcarena. Revista Geonorte, Edição Especial, v. 3, n. 4, p. 1216-1228, 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria MS n. 2.914, de 12 de dezembro de 2011. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância sobre a qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília-DF, 13 mar. 2011.

_____ Lei 6.938, de 31 de agosto de 1981: Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário oficial da União, Brasília-DF, 02 set. 1981.

CARDOSO, M. A.; JACOMELI, M. R. M. Considerações sobre as escolas multisseriadas: estado da arte. Educere et Educare, Cascavel, v. 5, n. 9, p. 267-290, 2010.

DIEGUES, A. C. S. Água e Cultura nas populações tradicionais brasileiras. In: COSTA, W.R. (Org.). Governança da água no Brasil: uma visão interdisciplinar. São Paulo: Annabllume; FAPESP; CNPq, 2009.

DRUZIAN, F.; MEURER, A. C. Escola do campo multisseriada: experiência docente. Geografia Ensino e Pesquisa, v. 17, n. 2, 2013.

FERREIRA, S. L. Introduzindo a noção de interdisciplinaridade. In: FAZENDA, I. C. A. (Org.). Práticas interdisciplinares na escola. 6. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

GUIMARÃES, J. F. S. Práticas Interdisciplinares I. Aracaju: Gutemberg, 2010.

HAGE, Salomão Mufarrej. Por uma escola do campo de qualidade social: transgredindo o paradigma (multi) seriado de ensino. Em Aberto, Brasília, v. 24, n. 85, p. 97-113, abr. 2011.

LOUREIRO, C. F. B; KAPLAN, L. Análise crítica do discurso do programa nacional de formação de educadoras(es) ambientais - PROFEA: pela não desescolarização da educação ambiental. Educ. Rev. Belo Horizonte, v. 27, n. 2, p.177-196, Aug. 2011. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982011000200009. Acesso em: 10 out. 2018.

OLIVEIRA, Maria A. (Re)Pensando a formação de professores em Educação Ambiental. Revista Monografias Ambientais: Revista do Centro de Ciências Naturais e Exatas – UFSM, Edição Especial Curso de Especialização em Educação Ambiental, Santa Maria, RS, p. 08−16, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/remoa/article/viewFile/18732/pdf. Acesso em: 08 set. 2018.

PARÁ. Ministério Público. Inquérito Civil - IC N° 001/2018-MP (SIMP N°000654-710/2018. Belém: MPPA, 2018.

PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICÍLIO (PNAD). Síntese de indicadores. Rio de Janeiro: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; IBGE, 2012.

RODRIGUES, F. C. O uso doméstico da água em comunidades ribeirinhas: Diagnóstico das comunidades dos Furos Conceição e Samaúma na Ilha das Onças, Estado do Pará. 2017. 62 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) – PPGEDAM/NUMA/UFPA, Belém, 2017.

SACHS, I. Ecodesarrollo: concepto, aplicación, implicaciones. Comércio Exterior, n. 30,1980.

SILVA, Regiane Paracampo da; MONTEIRO, Maurílio de Abreu. As Transformações na área Industrial de Barcarena a partir da Implantação das Empresas de Transformação Mineral. In: MATHIS, Armin; COELHO, Maria Célia; SIMONIAN, Lígia; CASTRO, Edna (Org.). Poder Local e mudanças socioambientais. Belém: NAEA/UFPA, 2007.

VIDAL, J. P.; ROSA FILHO, D. de S. Desafios de uma nova gestão pública para o desenvolvimento dos municípios no Pará. Novos cadernos NAEA. Belém, v.14, n.2, p. 171-196, dez. 2011.

Downloads

Publicado

2019-12-05

Como Citar

Rodrigues, F. C. da C., & Palheta, R. T. M. (2019). Educação ambiental e interdisciplinaridade: a importância da água na vida dos ribeirinhos da Ilha das Onças (Furo Conceição), Barcarena, Pará, Brasil. Ambiente &Amp; Educação, 24(2), 310–330. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v24i2.8408

Edição

Seção

Artigos