MENINAS E JOVENS NAS CIÊNCIAS EXATAS, ENGENHARIAS E COMPUTAÇÃO: RAÇA-ETNIA, GÊNERO E CIÊNCIA EM ALGUNS ARTEFATOS

Fabiani Figueiredo Caseira, Joanalira Corpes Magalhães

Resumo


O objetivo do presente artigo é analisar alguns materiais produzidos a partir de alguns projetos que fizeram parte da chamada “Meninas e jovens na ciências exatas, engenharias e computação 18/2013”, com relação aos marcadores sociais de gênero e raça-etnia. Este trabalho, se fundamenta a partir dos campos teóricos dos Estudos Culturais e dos Estudos Feministas, nas suas vertentes pós-estruturalistas. Para produção dos dados investigamos os projetos contemplados e mapeamos aqueles que possuíam página na internet, a fim de analisar os artefatos culturais, produzidos e disponibilizados no endereço eletrônico dos mesmos. Encontramos 14 projetos, com uma grande amplitude de materiais. Optamos em analisar as Histórias em Quadrinhos (HQ) e os Almanaques. Ambos materiais não apresentavam mulheres cientistas negras. No Almanaque encontramos pessoas negras, como parte integrante da história, porém escutando os conceitos científicos que outra pessoa estava explicando. Consideramos que tais artefatos podem servir de subsídio para professoras/es utilizarem nas escolas enquanto ferramentas didático-pedagógicas para discussão das questões relacionadas a gênero e ciência na sala de aula.


Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Caroline; CASEIRA, Fabiani; MAGALHÃES, Joanalira. Artefatos Culturais: Pensando algumas possibilidades para a discussão dos corpos gêneros e sexualidades. In: MAGALHÃES, Joanalira; RIBEIRO, Paula (orgs.). Debates contemporâneos sobre educação para a sexualidade. Rio Grande: Ed. da FURG, 2017

BARBOSA, Marcia; LIMA, Betina. Mulheres na Física do Brasil: Por que tão poucas? E por que tão devagar? In: YANNOULAS, S. (Org.). Trabalhadora: análise da feminização das profissões e ocupações. Brasília: Abaré, 2013.

BILGE, Sirma. Théorisations féministes de l’intersectionnalité. Diogène, 2009, pp. 70-88. Disponível em < https://www.cairn.info/revue-diogene-2009-1-page-70.html#> Acesso em 14 de out. de 2019

BOLZANI, Vanderlan ‘Mulheres na ciência: por que ainda somos tão poucas?’ Ciência e Cultura, 2017. Disponível em Acesso em 11 de out. de 2019

BUTLER. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015

CARVALHO, Eulina. Transversalizando gênero na educação básica e superior para reverter a baixa participação das mulheres em CETEM. In: RIBEIRO, Paula; MAGALHÃES, Joanalira. Interlocuções sobre gênero e sexualidade na educação. Rio Grande: Editora FURG, 2018.

CASEIRA, Fabiani; MAGALHÃES, Joanalira. Gênero e Ciência nas páginas da Revista Galileu: tecendo algumas problematizações sobre mulheres cientistas. In: Anais do 8º Seminário Brasileiro de Estudos Culturais e Educação / 5º Seminário Internacional de Estudos Culturais e Educação. Canoas: PPGEDU, 2019.

CRENSHAW, Kimberlé. Demarginalizing the intersection of race and sex: a black feminist critique of discrimination doctrine, feminist theory and antiracist politics. University of Chicago Legal Forum, 1989. pp. 139-167. Disponível em < https://chicagounbound.uchicago.edu/uclf/vol1989/iss1/8/> Acesso 14 out. 2019.

CNPQ. Edital: Meninas e Jovens fazendo ciências exatas, engenharias e computação, 2013. Disponível em < http://memoria.cnpq.br/chamadas-publicas;jsessionid=76C6> Acesso em 11 de out. de 2019

CNPq. Estatísticas. Disponível em . Acesso em: 11 out. 2019.

FOUCAULT, Michel. Ditos e escritos lV: repensar a política. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

INEP. Censo da Educação Superior. Disponível em . Acesso em 10 out. 2016.

LIMA, Betina; BRAGA, Maria; TAVARES, Isabel. Participação das mulheres na ciência e tecnologia: entre espaços e lacunas. 2015. Disponível < http://www.revistagenero.uff.br/index.php/revistagenero/article/view/743> Acesso em 19 mai. 2019

LOWY, Ilana. Gênero e ciência. In: Laborie, F. & Hirata H. Dicionário crítico do feminismo. São Paulo: UNESP, 2009.

MELO, Hildete; RODRIGUES, Lígia. Pioneiras da Ciência do Brasil. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2013. Disponível em < http://www.sbpcnet.org.br/site/publicacoes/outras-publicacoes/livro_pioneiras.pdf >. Acesso em 07 de jun. de 2019.

MORAIS, Ricardo Manoel de Oliveira. Norma, gênero e representatividade: um estudo a partir do pensamento de Judith Butler. Revista Eletrônica Direito e Política, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência Jurídica da UNIVALI, Itajaí, v.10, n.3, 2º quadrimestre de 2015. Disponível em: Acesso 2 de jun. de 2019

NUCCI, Mariana. Crítica feminista à Ciência: das “feministas biólogas” ao caso das “neurofeministas”, Revista Estudos Feministas, Florianópolis- SC, 2018

PINHEIRO, Barbara. As mulheres negras e a ciência no brasil: “e eu, não sou uma cientista?” Revista Com Ciência: revista eletrônica de jornalismo científico, 2019. Disponível em < http://www.comciencia.br/as-mulheres-negras-e-ciencia-no-brasil-e-eu-nao-sou-uma-cientista/> Acesso em 12 de out. 2019

REVEL, Judith. O pensamento vertical: uma ética da problematização. In: GROS, Frédéric (orgs.) Foucault: a coragem da verdade Tradução: Marcos Marcionilo. – São Paulo: Parábola Editorial, 2004. p.65-87.

ROSEMBERG, Fúlvia; CARDOSO, Neide; SILVA, Paulo. Combate ao sexismo em livros didáticos: construção da agenda e sua crítica. Cadernos de Pesquisa, v.39, n.137, p.489-519, maio/ago. 2009

SCHIEBINGER, Londa O feminismo mudou a ciência? Tradução de Raul Fiker. Bauru: EDUSC, 2001.

SILVA, Giseles; HENNING, Paula. Discursos de verdade nas práticas de escolarização com crianças pequenas: uma arte pedagógica na atualidade. 2019, 159 f. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande: Programa de Pós Graduação em Educação em Ciências, 2019.

TABAK, Fanny. O laboratório de pandora: estudo sobre a ciência no feminino. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

VARGAS, Regina. Sobre Produção de Mulheres Negras nas Ciências: Uma Proposta para a Implementação da Lei 10.639/03 no Ensino de Química. 2018. 92f. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Goiás: Programa de Pós-Graduação em Química. Goiânia, 2018

WORTMANN, Maria Lucia; VEIGA-NETA, Alfredo. Estudos Culturais da Ciência e Educação. Belo Horizonte: Autêntica,2001




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v7iEspecial.9526

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ