OPORTUNOS DIÁLOGOS: SOBRE CIRCULAÇÃO DE EXPERIÊNCIAS E AFETOS

Rosane Aparecida Rubert, Leandra Ribeiro Fonseca

Resumo


O texto se propõe a relatar o encontro de três mulheres quilombolas, que figuram como lideranças em suas respectivas comunidades, assim como a troca de experiências destas com um público maior, o qual incluía outras mulheres negras e quilombolas. Apoiando-nos em perspectivas teóricas que primam pela abordagem articulada das diversas dimensões que moldam trajetórias coletivas e individuais – como classe, raça, gênero -, ousamos perscrutar o significado do encontro entre lideranças de diferentes gerações e que residem em comunidades distantes umas das outras, não obstante compartilharem condições de vida e experiências de articulação política similares, a partir da identidade comum de quilombolas.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUILAR, Maria do Carmo Moreira. “Viver pelo mundo trabalhando pros outros”: a trajetória itinerante do Quilombo Rincão dos Caixões. Identidade!, São Leopoldo (RS), v. 16, n. 2, p. 106-124, 2011.

ANJOS, José Carlos Gomes dos. Raça e pobreza rural no Brasil Meridional: a comunidade de São Miguel dos Pretos – um estudo de caso. Teoria e Pesquisa, São Carlos (SP), v. 1, n. 42, p. 199-220, 2003.

ARRUTI, José Maurício. Mocambo: Antropologia e História do processo de formação quilombola. Bauru (SP): Edusc, 2006. 370 p.

BRAH, Avtar. Diferença, diversidade, diferenciação. Cadernos Pagu, São Paulo, nº 26, p. 329-376, 2006.

COLLINS, Patrícia Hill. Aprendendo com a outsider Within: a significação sociológica do pensamento feminista negro. Revista Sociedade e Estado, Brasília, v. 31, n. 1, p. 99-127, 2016.

DOMINGUES, Petrônio. Um “templo de luz”: Frente Negra Brasileira (1931-1937) e a questão da educação. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13, n. 39, p. 517-534, 2008.

GILROY, Paul. O Atlântico Negro: modernidade e dupla consciência. São Paulo: Editora 34; Rio de Janeiro: Centro de Estudos Afro-Asiáticos, 2001. 432p.

GOMES, Flávio dos Santos; CUNHA, Olívia Maria Gomes. Introdução: que cidadão? Retóricas da igualdade, cotidiano da diferença. In: GOMES, F. dos S.; CUNHA, O. M. G. (org.). Quase-cidadão: histórias e antropologias da pós-emancipação no Brasil. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007. p. 7-19.

LEITE, Ilka Boaventura. Os quilombos no Brasil: questões conceituais e normativas. Etnográfica, Lisboa, v. 4, n. 2, p. 333-354, 2000.

MARQUES, Carlos Eduardo; GOMES, Lilian. A constituição de 1988 e a ressignificação dos quilombos contemporâneos: limites e potencialidades. RBSC, São Paulo, v.28, n.81, p. 137-153, 2015.

MONTERO, Paula. Da doença à desordem: a magia na umbanda. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985. 274 p.

O’DWYER, Eliane Cantarino. Uma nova forma de fazer história: os direitos às terras de quilombo diante do projeto modernizador de construção da nação. In: OLIVEIRA, Osvaldo Martins de (org.). Direitos quilombolas & dever de Estado em 25 anos da Constituição Federal de 1988. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Antropologia, 2016, p. 257-273.

QUINTANA, Alberto. A ciência da benzedura: mau olhado, simpatias e uma pitada de psicanálise. Bauru, SP: EDUSC, 1999. 226 p.

RIOS, Ana Lugão; MATTOS, Hebe Maria. Memórias do cativeiro: família, trabalho e cidadania no pós-abolição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005. 301 p.

RUBERT, Rosane Aparecida. Comunidades Negras no RS: o redesenho do mapa estadual. In: SILVA, G. F.; SANTOS, J. A.; CARNEIRO, L. C. C. (org.). RS negro: cartografias sobre a produção do conhecimento. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2008. p. 165-181.

RUBERT, Rosane Aparecida (org.). Relatório antropológico de caracterização histórica, geográfica, econômica e sociocultural da comunidade remanescente de quilombos de Maçambique (Canguçu-RS). Pelotas: Fundação Simon Bolivar; UFPEL, 2014. 514 p.

SAMPAIO, Adriana Cardoso; PACHECO, Ana Cláudia Lemos. Mulheres griôs quilombolas: um estudo inicial sobre identidade de gênero e identidade étnica. Pontos de Interrogação, Alagoinhas (BA), v. 5, n. 2, p. 55-70, 2015.

VERSIANI, Daniela Beccaccia. Autoetnografia: uma alternativa conceitual. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 37, n. 4, p. 57-72, 2002.




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v0i0.9482

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ