VAMOS FALAR SOBRE GÊNERO?: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE A INSERÇÃO DA TEMÁTICA NO CURSO DE PEDAGOGIA DAS FACULDADES INTEGRADAS DE ITARARÉ (FAFIT)

Edimauro Ramos

Resumo


Este artigo se norteia a partir de um relato de experiência oriundo de um trabalho acadêmico desenvolvido no curso de Pedagogia das Faculdades Integradas de Itararé (FAFIT), do interior de São Paulo. Com o objetivo de adentrar nas discussões de gênero e Educação, o presente trabalho, o qual também se embasa na revisão bibliográfica, busca contextualizar o parecer dos acadêmicos ao estabelecer contato e debater sobre a temática no curso de Pedagogia da instituição, o qual não abrange em sua ementa nenhuma disciplina que abre espaço para tal pauta na formação acadêmica.

PALAVRAS-CHAVE: Gênero. Pedagogia. Formação.


Texto completo:

PDF

Referências


ALTMANN, Helena. Diversidade sexual e educação: desafios para a formação docente. Sexualidad, Salud y Sociedad – Revista latino-americana, n. 13, p. 69-82, abr., 2013.

AMARAL, C; CASEIRA, F; MAGALHÃES, J. Artefatos culturais: pensando algumas potencialidades para discussão dos corpos, gêneros e sexualidades. In: RIBEIRO, Paula R. C.; MAGALHÃES, JONALIRA, C. (orgs.) Debates contemporâneos sobre Educação para a sexualidade. Rio Grande, RS, Ed. da FURG, 2017. Disponível em: http://repositorio.furg.br/handle/1/7097. Acesso em: 28 abr. 2019.

APPLE, Michael W. Ideologia e Currículo. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CP Nº 1. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em: 30 mar. 2019.

CASTELLS, M. O poder da Comunicação. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

CASTRO, R., FERRARI, A. Educação, experiências religiosas, gêneros e sexualidades: algumas problematizações. In: RIBEIRO, Paula R. C.; MAGALHÃES, JONALIRA, C. (orgs.) Debates contemporâneos sobre Educação para a sexualidade. Rio Grande, RS, Ed. da FURG, 2017. Disponível em: http://repositorio.furg.br/handle/1/7097. Acesso em: 28 abr. 2019.

DIAS, A. F.. Representações sociais de gênero no trabalho docente: sentidos e significados atribuídos ao trabalho e a qualificação. Vitória da Conquista: Edições UESB, 2014.

FÉLIX, J.. Gênero e formação docente: reflexões de uma professora. Espaço do currículo, v.8, n.2, p. 223-231, Maio a Agosto de 2015.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro, Edições Graal, 1997.

FOUCAULT, Michael. Microfísica do Poder. 24. ed. São Paulo: Graal, 2007. 288 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 60ª ed. Paz e Terra, Rio de Janeiro. 2016.

GESSER, V.; RANGHETTI, D. S. O currículo no ensino superior: princípios epistemológicos para um design contemporâneo. Revista e-curriculum [online], v. 7, n. 2, p. 1-23, Ago. 2011. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/6775/4902. Acesso em: 6 abr. 2019.

HAMELINE, D. Pédagogie. In: CHAMPY, P.; ÉTÉVÉ, C. (Orgs.). Dictionnaire encyclopédique de l´éducation et de la formation. 3a. ed. Paris: RETZ, 2005.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. “Ideologia de gênero”: a gênese de uma categoria política reacionária – ou: a promoção dos direitos humanos se tornou uma “ameaça à família natural”? In: RIBEIRO, Paula R. C.; MAGALHÃES, JONALIRA, C. (orgs.) Debates contemporâneos sobre Educação para a sexualidade. Rio Grande, RS, Ed. da FURG, 2017. Disponível em: http://repositorio.furg.br/handle/1/7097. Acesso em: 28 abr. 2019.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar, Curitiba, n. 17, p. 153-176. Editora da UFPR, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/n17/n17a12.pdf. Acesso em: 10 abr. 2019.

LOURO, Guacira Lopes. Pedagogias da Sexualidade. In: LOURO, G. L. (Org.). O corpo educado. Pedagogias da Sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.

MAC AN GHAILL, M. Deconstructing heterosexualities within school arenas. Curriculum Studies. Vol. 4. 1996.

MISKOLCI, Richard. Teoria Queer: um aprendizado pelas diferenças. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2012.

PEREIRA, A. O curso de pedagogia e as novas diretrizes curriculares: análise crítica de um currículo escrito. Espaço do currículo, v.7, n.2, p.297-313, maio/ago. 2014. Disponível em: http://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/viewFile/20635/11384. Acesso em: 10 abr. 2019.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e realidade, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 5-22, jul./dez. 1990. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/71721/40667. Acesso em: 10 abr. 2019.

SILVA, C. S. Curso de Pedagogia no Brasil: História e Identidade. 2ª ed. Revista e ampliada. Campinas. Autores Associados. 2003.

SILVA, Kelly; FERRARI, Anderson. Gênero como ferramenta social e política na formação docente. Instrumento-Revista de Estudo e Pesquisa em Educação, v. 13, n. 2, 2011.

Disponível em: http://ojs2.ufjf.emnuvens.com.br/revistainstrumento/article/view/18729. Acesso em: 28 abr. 2019.

SILVA, Kelly. Currículo e gênero: a sexualidade na formação docente. 1ª ed. Curitiba Editora Appris, 2015.




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v7i1.8985

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ