DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO E MULHERES NAS CARREIRAS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Autores

  • Bruna de Oliveira Gonçalves Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais CEFET-MG
  • Raquel Quirino Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais CEFET-MG

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v5i2.7830

Resumo

A divisão sexual do trabalho é a teoria que permite compreender os caminhos profissionais femininos marcadamente diferentes dos traçados pelos homens. Além disso, explica que a valorização do trabalho executado pela mulher é diferente daquele feito pelo homem. Ainda que de forma tímida, as mulheres vêm mudando o status quo e adentrando em áreas que se configuraram como redutos masculinos, como, por exemplo, as áreas de Ciências e Tecnologia (C&T). Nesse contexto, o presente artigo discute a divisão sexual nas áreas de C&T e evidencia o que a literatura científica tem apontado: os princípios da divisão sexual do trabalho permanecem inalterados, apesar de pequenos deslocamentos e de novas configurações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna de Oliveira Gonçalves, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais CEFET-MG

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Educação Tecnológica do CEFET-MG, na linha de pesquisa "processos formativos em educação tecnológica". Investiga violência simbólica, sexismo, estereótipos e marcadores de gênero nos cursos de Engenharia do CEFET-MG, tendo como teoria de base principal a divisão sexual do trabalho a partir de teóricas da sociologia do trabalho francesa. Integrante da linha 2 do do Grupo de Pesquisa em Formação e Qualificação Profissional (FORQUAP), do CEFET-MG.

Raquel Quirino, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais CEFET-MG

Pós-doutorado e Doutorado em Educação pela UFMG; Mestrado em Educação Tecnológica, Professora do Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes e do Programa em Pós-Graduação em Educação Tecnológica; Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Formação e Qualificação Profissional - FORQUAP no CEFET-MG. Pesquisadora e Docente nas áreas: Trabalho-Educação; Relações de Gênero na Ciência & Tecnologia, no Trabalho e na Educação Profissional; Didática e Formação Docente. Atua também como Consultora e Palestrante Educacional e Organizacional.

Downloads

Publicado

2018-03-18

Como Citar

Gonçalves, B. de O., & Quirino, R. (2018). DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO E MULHERES NAS CARREIRAS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Diversidade E Educação, 5(2), 61–67. https://doi.org/10.14295/de.v5i2.7830

Edição

Seção

Diversidade em Debate