Falar sobre sexo é proibido professora?

Lucilaine dos Santos Oliveira

Resumo


Prezado/a leitor/a, neste texto apresento o relato de uma experiência docente, em que realizei a atividade “Biblioteca na sala de aula”, na qual as crianças exploraram os livros da coleção Sexo e Sexualidade, problematizando discursos que ao longo da história, vêm determinando e posicionando as crianças como ingênuas, inocentes, passivas, imaturas e desprovidas de dúvidas e saberes sobre corpos e sexualidades.

Texto completo:

PDF

Referências


BRITZMAN, Deborah. Sexualidade e cidadania democrática. In: SILVA, Luis Heron da (Org.). A escola cidadã no contexto da globalização. Petrópolis: Vozes, 1998. p. 154-171.

GOELLNER, Silvana; FIGUEIRA, Márcia; JAEGER, Angelita. A educação dos corpos, das sexualidades e dos gêneros no espaço da Educação Física escolar. In: SILVA, Fabiane; MAGALHÃES, Joanalira; RIBEIRO, Paula; QUADRADO, Raquel (Org.). Sexualidade e Escola: Compartilhando Saberes e Experiências. Rio Grande: Editora da FURG, 2007. p. 23-30.

MÜLLER, Fernanda; HASSEN, Maria de Nazareth. A infância pesquisada. Revista PSICOLOGIA USP, São Paulo, v. 20, n. 3, 465-480.jul./set., 2010

SOUZA, Nádia. Pensando práticas constitutivas do corpo: os filmes infantis, a alimentação,... In: RIBEIRO, Paula; SILVA, Fabiane da; MAGALHÃES, Joanalira; QUADRADO, Raquel. (Org.). Educação e sexualidade: identidades, famílias, diversidade sexual, prazeres, desejos, homofobia, Aids... organizado por Paula Ribeiro [et al], Rio Grande: Editora da Furg, 2008a. p. 71-87.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ