“VOCÊ VAI NOS HONRAR” OU “HOMEM SER”? CURRÍCULO E RELAÇÕES DE GÊNERO NA ANIMAÇÃO MULAN

Autores

  • Thomaz Spartacus Martins Fonseca Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Luiz Davi Mazzei
  • Nathalye Nallon Machado

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v9i1.13024

Resumo

Neste artigo abordamos as construções de gênero, buscando analisar as normas sociais implícitas que fazem com que possamos ser reconhecidos como homens ou mulheres. Tais normas se constituem num currículo, tal como entendido por Larrosa e Paraíso, que é divulgado e naturalizado e que estabelece e reforça as relações - de poder e de gênero - dentro da sociedade. Utilizamos como lócus de pesquisa o cinema, mais especificamente a animação Mulan, dos estúdios Disney. Nessa obra a normatização do que é ser homem e o que é ser mulher são temas centrais, bem como as relações – tanto de poder quanto hierárquicas - entre os gêneros. A proposta de discussão que trazemos inclui olhar, a partir dos percursos teóricos-metodológicos pós-críticos, para as possibilidades de artefatos culturais como esses, voltados para a infância, tem de influenciar, modificar ou reforçar regras e valores na construção das identidades dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Martins Fonseca, T. S., Mazzei, L. D., & Nallon Machado, N. (2021). “VOCÊ VAI NOS HONRAR” OU “HOMEM SER”? CURRÍCULO E RELAÇÕES DE GÊNERO NA ANIMAÇÃO MULAN. Diversidade E Educação, 9(1), 522–539. https://doi.org/10.14295/de.v9i1.13024

Edição

Seção

Dossiê “Sexualidades, Currículos e Cinema”