OS MARCADORES DE GÊNERO NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATOS DE OBSERVAÇÃO DE DUAS ESCOLAS PÚBLICAS EM PORTO ALEGRE (RS)

Autores

  • Betina Aymone Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Isadora Marcon Medina Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v9i1.12571

Resumo

RESUMO

O estudo intencionou investigar os marcadores de gênero presentes nos processos de socialização de crianças entre seis e sete anos de idade, estudantes do primeiro ano do Ensino Fundamental, e seu reflexo no ambiente escolar. Para tal, foram realizadas quatro observações não participantes em duas escolas de ensino público do Município de Porto Alegre (RS). Observou-se a interação entre os estudantes entre si e com seus professores, além de seus comportamentos e atividades no cotidiano escolar. A análise dos dados sugere a presença de marcadores de gênero, estruturados em uma lógica binária, que se materializam na forma como meninos e meninas brincam, se apresentam e se expressam, além do papel mediador da instituição escolar nesse contexto.

PALAVRAS-CHAVE: Educação. Gênero. Relações Infantis

 

RESUMEN

El estudio tuvo por objetivo investigar los marcadores de género presentes en los procesos de socialización de infantes de seis y siete años, estudiantes de primer año de la enseñanza básica, y su reflejo en el ámbito escolar. Se realizaron cuatro observaciones no participantes en dos escuelas públicas de la ciudad de Porto Alegre (RS). Se observó la interacción de estudiantes entre si y con sus profesores, además de sus comportamientos y actividades en la rutina escolar. El análisis de los datos sugiere la presencia de marcadores de género, estructurados en una lógica binaria, que se manifiesta en la forma como niños y niñas juegan, se presentan y expresan, además del rol mediador de la institución escolar en este contexto.

PALABRAS-CLAVE: Educación. Género. Relaciones entre niños

 

ABSTRACT

The study aimed to investigate the gender markers present in the socialization processes of children between six and seven years old, students of the first year of elementary school, and their reflection in the school environment. To this end, four non-participating observations were made in two public schools in the city of Porto Alegre (RS). The interaction between the students among themselves and with their teachers, as well as their behaviors and activities in the school routine were observed. The analysis of the data suggests the presence of gender markers, structured in a binary logic, that is manifested in the way boys and girls play, present and express themselves, in addition to the mediating role of the school institution in this context.

KEYWORDS: Education. Gender. Child Relations

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isadora Marcon Medina, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Psicologia.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Aymone, B., & Marcon Medina, I. (2021). OS MARCADORES DE GÊNERO NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATOS DE OBSERVAÇÃO DE DUAS ESCOLAS PÚBLICAS EM PORTO ALEGRE (RS). Diversidade E Educação, 9(1), 633–661. https://doi.org/10.14295/de.v9i1.12571