Uso da educação ambiental como ferramenta-chave no processo de recuperação ambiental

Autores

  • Vicente Elício Porfiro Sales Gonçalves da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, campus Fortaleza.
  • Pollyana Maria Pimentel Monte Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, campus Quixadá.
  • Sara Letícia Lopes de Souza Brito
  • Lucas da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, campus Quixadá.
  • Maria Amanda Menezes Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, campus Quixadá.

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i3.6887

Resumo

O uso indisciplinado da terra é considerado a principal causa da degradação em todo o mundo, essa causa vai depender da forma como esse uso é realizado, bem como a finalidade e a resiliência do ecossistema impactado. Por ser um dos ecossistemas de terras secas mais diversificados do mundo, caracterizado por uma mistura de plantas lenhosas e herbáceas, com dominância de espécies florestais xerófitas e de folha caduca, a Caatinga sofre grande pressão pelo uso indisciplinado, apresentando altos índices de degradação. Diante disso, este trabalho buscou incorporar e analisar o papel da população nos processos de recuperação de áreas degradadas por meio da educação ambiental. Para isso, realizou-se uma mobilização no IFCE campus Quixadá, em quatro etapas abrangendo as etapas de uma recuperação ambiental: instruções, quebra de dormência, germinação, plantio e monitoramento. Conluiu-se que a população não tem o hábito de realizar tais práticas, mas tem bastante facilidade em assimilar os procedimentos. Além disso, conferiu-se a tamanha importância do monitoramento para o sucesso da recuperação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vicente Elício Porfiro Sales Gonçalves da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, campus Fortaleza.

Mestrando em Tecnologia e Gestão Ambiental e Graduado em Engenharia Ambiental e Sanitária, ambos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE). Foco em Recuperação de Áreas Degradadas, Saneamento Básico, Gestão Ambiental e Recursos Hídricos.

Downloads

Publicado

2018-12-22

Como Citar

Porfiro Sales Gonçalves da Silva, V. E., Maria Pimentel Monte, P., Brito, S. L. L. de S., da Silva, L., & Silva, M. A. M. (2018). Uso da educação ambiental como ferramenta-chave no processo de recuperação ambiental. Ambiente &Amp; Educação, 23(3), 252–266. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i3.6887

Edição

Seção

Artigos