Concepções e práticas de Educação Ambiental em unidades de conservação: estudo de caso na Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (FEENA), Rio Claro-SP

Autores

  • Maria Luísa Branco Soares Universidade Estadual Paulista (UNESP)/Estudante de Graduação
  • Maria Bernadete Sarti da Silva Carvalho Universidade Estadual Paulista/ Professora Assistente Doutora

Resumo

Neste trabalho fez-se um levantamento das concepções que os administradores e visitantes da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (FEENA) possuem sobre Educação Ambiental (EA) e das práticas existentes neste local, bem como analisou-se os materiais em que estas práticas se pautam. Os resultados da pesquisa indicaram que as concepções e práticas existentes em relação à Educação Ambiental na FEENA, em sua maioria, trazem características de uma EA convencional, com alguns elementos de uma EA crítica. Por sua vez, a equipe responsável por este trabalho propõe práticas relacionadas com as problemáticas locais o que aproxima essa prática de uma EA crítica, tendo em vista a abordagem mais política e participativa que este caminho pode possibilitar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Luísa Branco Soares, Universidade Estadual Paulista (UNESP)/Estudante de Graduação

Sou estudante de graduação em Ciências Biológicas na Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Rio Claro. Desde 2011 venho trabalhando com Educação Ambiental tanto em Projetos de Extensão como de Pesquisa. Este trabalho foi o resultado de uma pesquisa para a obtenção do grau em Licenciada em Ciências Biológicas.

Maria Bernadete Sarti da Silva Carvalho, Universidade Estadual Paulista/ Professora Assistente Doutora

Departamento de Educação - Educação Ambiental

Downloads

Publicado

2014-07-25

Como Citar

Soares, M. L. B., & Carvalho, M. B. S. da S. (2014). Concepções e práticas de Educação Ambiental em unidades de conservação: estudo de caso na Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (FEENA), Rio Claro-SP. Ambiente &Amp; Educação, 18(2), 209–228. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/4113

Edição

Seção

Artigos