A DEMOCRATIZAÇÃO DA UNIVERSIDADE E AS POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS PARA A DIVERSIDADE SEXUAL NO BRASIL

Milene Soares Agreli, Maria Alves Toledo Bruns

Resumo


Este artigo é uma revisão bibliográfica realizada durante a tese de doutorado A inclusão da diversidade sexual na Universidade, desenvolvida no Programa de Pós-graduação em Psicologia da FFCLRP/USP. Propomos neste artigo um diálogo reflexivo acerca da reivindicação social por democratização do acesso à universidade em interface com as políticas públicas para a diversidade sexual na educação brasileira. Assim, compreendemos que o cenário contemporâneo possibilitou que sujeitos que vivenciam a diversidade sexual passassem a estar presentes nas universidades e reivindicar este espaço de cultura, saber, conhecimento, e também de possibilidade de ascensão social, porém, sem alterar significativamente a profunda desigualdade social brasileira.

PALAVRAS-CHAVE: Diversidade sexual. Educação. Universidade


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Luma Nogueira. Travestis na escola: Assujeitamento e resistência à ordem normativa. São Paulo: Metanoia Editora, 2015.

BESAGIO, Natália Martins; LARA, Renata Marcelle. A educação no espaço digital: Kit anti-homofobia e os efeitos de sentido no discurso midiático. Anais do IV Congresso Nacional de Linguagens em Interação Múltiplos olhares, Maringá, 2013.

BRASIL. LEI Nº 13.005, DE 25 DE JUNHO DE 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Brasília, DF, 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13005.htm Acesso em: 12 out 2016.

BRASIL. LEI Nº 12.711, DE 29 DE AGOSTO DE 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências, Brasília, DF, 2012. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2012/lei-12711-29-agosto-2012-774113-publicacaooriginal-137498-pl.html Acesso em: 12 out 2016.

BRASIL. LEI No 11.096, DE 13 DE JANEIRO DE 2005. Institui o Programa Universidade para Todos - PROUNI, regula a atuação de entidades beneficentes de assistência social no ensino superior; altera a Lei no 10.891, de 9 de julho de 2004, e dá outras providências. Brasília, DF, 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Lei/L11096.htm Acesso em: 12 out 2016.

BRASIL. PROJETO DE LEI Nº 2731, DE 2015. Altera a Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que estabelece o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Brasília, DF, 2015. Disponível em: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/ prop_mostrarintegra;jsessionid=7ECE062FD9A8874577008B481B4577FE.proposicoesWeb1?codteor=1380897&filename=Avulso+-PL+2731/2015. Acesso em: 12 out 2016.

BRASIL. PROJETO DE LEI Nº 7.180, DE 2014. COMISSÃO ESPECIAL ESCOLA SEM PARTIDO. Brasília, DF, 2014. Disponível em: https://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=1661955&filename=VTS+1+PL718014+%3D%3E+PL+7180/2014. Acesso em: 12 out 2016.

BRASIL. RESOLUÇÃO DE 12 DE MARÇO DE 2015 (Conselho Nacional de Combate à Discriminação). Brasília, DF, 2015. Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/87749317/dou-secao-1-12-03-2015-pg-3. Acesso em: 12 out 2016.

BRASIL, Ministério da Saúde. Conselho Nacional De Combate à Discriminação. Brasil sem homofobia: Programa de Combate à Violência e à Discriminação contra GLBT e de Promoção à Cidadania Homossexual, 2004.

COVIAN, Miguel Rolando. A essência da universidade. Ciência e cultura, v.31, n.6, 1979.

CUNHA, Luiz Antônio. Ensino superior e universidade no Brasil. In: Lopes, E. M. T; Faria Filho, L. M.; Veiga, C. G. (Orgs.). 500 anos de educação no Brasil, 2ªed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p.151-242.

DAVI, Edmar Henrique Dairell; BRUNS, Maria Alves Toledo. Profesoras travestis: trayectorias y experiencias. Revista Intercontinental de Psicología y Educación, México, n. 14 v. 2, 2012. p. 121-142.

FRANCO, Neil; CICILLINI, Graça Aparecida. Professoras trans brasileiras em seu processo de escolarização. Estudos Feministas, v. 23, n. 2, 2015.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. (Org.). Diversidade Sexual na Educação: problematizações sobre homofobia nas escolas, v. 32. Brasília: Ministério da Educação; Unesco, 2009.

LIONÇO, Tatiana; DINIZ, Débora Qual a diversidade sexual dos livros didáticos brasileiros? In: ______; ______. (org.). Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. Brasília: Letras Livres: EdUnB, 2009.

NARVAZ Martha Giudíce; KOLLER, Sílvia Helena. (2007). A marginalização dos estudos feministas e de gênero na psicologia acadêmica contemporânea. Psico, PUC, v.38, n. 3, 2007. p. 216-223.

SANTOS, Boaventura Souza. A universidade no século XXI: Para uma Reforma Democrática e Emancipatória da Universidade. Educação, Sociedade & Culturas, n. 23, 2005. p. 137-202.

SEFFNER, Fernando; REIDEL, Marina. Professoras travestis e transexuais: saberes docentes e pedagogia do salto alto. Currículo sem Fronteiras, v. 15, n. 2, 2015. p. 445-464.

SOUZA, Heloísa Aparecida; BERNARDO, Márcia Hespanhol. Transexualidade: as consequências do preconceito escolar para a vida profissional. Bagoas, n. 11, 2014. p. 157-175. Disponível em: http://www.periodicos.ufrn.br/bagoas/article/viewFile /6548/5078. Acesso em: 17 jan 2016.

TORRES Marco Antônio; PRADO, Marco Aurélio. Professoras Transexuais e Travestis no Contexto Escolar: entre estabelecidos e outsiders. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 39, n. 1, 2014. p. 201-220.

UNESCO. United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization. Resposta do Setor de Educação ao bullying homofóbico. Brasília: UNESCO, 2013. 60 p. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002213/ 221314 por.pdf. Acesso em: 23 set 2017.

VAZ, Henrique Lima. Cultura e Universidade. In: Fávero, M. L. (org.). Educar para a vida. (coleção). Belo Horizonte: Editora Vozes, 1966.




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v6i2.8534

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ