INFÂNCIA, EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO SEXUAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS ESTUDOS CULTURAIS EM EDUCAÇÃO

Autores

  • Jackson Ronie Sá-Silva Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
  • Raimundo José Pereira da Silva UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO(UEMA) http://orcid.org/0000-0002-2097-0712

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v6i2.8524

Resumo

Este artigo apresenta uma análise teórica documental que tensiona e problematiza as ideias de infância, educação infantil, educação sexual e pedofilização social compiladas em materiais bibliográficos cuja centralidade discursiva se apoia nos Estudos Culturais em Educação em sua vertente pós-estruturalista. Entende-se o conceito de infância como uma construção cultural, fluida e multifacetada em que saberes e poderes são acionados para marcarem os sujeitos infantis. Educação infantil e educação sexual são invenções articuladas para pedagogizar, posicionar e controlar as crianças a partir de lógicas binárias, higiênicas e totalizantes. A educação sexual infantil desconstrucionista pensa sobre esses mecanismos e alerta para o combate das violências sexuais e de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jackson Ronie Sá-Silva, Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)

Professor Adjunto do Departamento de Química e Biologia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Líder do Grupo de Pesquisa Ensino de Ciências, Saúde e Sexualidade (GP-ENCEX/ UEMA); Doutor em Educação pela UNISINOS; Pós-Doutor em Educação pela UFRGS.

Raimundo José Pereira da Silva, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO(UEMA)

Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Participou como bolsista voluntário do Programa Institucional de Bolsas de Extensão Universitária, promovido pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis-PROEXAE. Atualmente é bolsista do Projeto Bolsa Cultura. Trabalha no Núcleo de Tecnologias para Educação(UEMANET), onde colabora no desenvolvimento de assessoria e comunicação com os Polos UAB/EAD do Maranhão. É membro do Grupo de Pesquisa: Educação, Ensino de Ciências e Sexualidade (GP-ENCEX).É pesquisador das questões de gênero, sexualidade e infância. Desenvolve ações formativas com professores e professoras, alunos e alunas através de palestras, encontros, seminários e mesas temáticas.

Referências

AUAD, D. Educar meninos e meninas: relações de gênero na escola. São Paulo: Contexto, 2006.

ARIÈS, P. História social da família e da infância. Rio de Janeiro: LTC, 1981.

BRASIL.Constituição da República Federal do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL.Referencial curricular nacional para a educação infantil / Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, 1998. 3v.: il.

BRASIL.Lei nº 8069/90, dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. Brasília, 1990.

BRASIL.Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. (Versão Abril 2017) Brasília: MEC, 2017. Disponível em: <https://goo.gl/bDM4YP>. Acesso em: 12 abr. 2018.

BRITZIMAN, D. P. Curiosidade, sexualidade e currículo. In: Louro, Guacira Lopes. (Orgs). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 1999, p. 83- 112.

COSTA, M. V.; SILVEIRA, R. H.; SOMMER, L. H. Estudos Culturais em educação e pesdagogia. Revista Brasileira de Educação, n. 23, mai./jun/agos. 2003.

FRIGOTTO, G. Escola “sem” partido: esfinge que ameaça a educação e a sociedade brasileira/organizador Gaudêncio Frigotto. Rio de Janeiro: UERJ, LPP, 2017. p. 144.

FELIPE, J. Infância, Gênero e Sexualidade. Educação e Realidade. v. 25,n.1, p. 54-87, 2000.

FELIPE, J. Sexualidade, gênero e novas configurações familiares: algumas implicações para a Educação Infantil. In: CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis E. (Orgs.). Educação infantil: para que te quero? Porto Alegre: Artmed, 2001.

FELIPE, J.; GUIZZO, B. S. Erotização dos corpos infantis na sociedade do consumo. Revista Pro-Posições, v. 14, n.3 (42) – set./dez. 2003a. p. 119-130.

FELIPE, J. Governando os corpos femininos. In: Revista Labrys: estudos feministas. n 4, agos./dez. 2003.

FELIPE, J.; GUIZZO, Bianca S. Entre batons, esmaltes e fantasias. In: MEYER, Dagmar Estermann; SOARES, Rosângela de Fátima Rodrigues (Orgs.). Corpo, gênero e sexualidade. Porto Alegre: Mediação, 2004. p. 31-40.

FELIPE, J. Afinal, quem é mesmo pedófilo? Cadernos Pagu, 26, jan./jun. Campinas: Unicamp, 2006. p. 201- 223.

FELIPE, J. Do amor (ou de como glamourizar a vida): apontamentos em torno de uma educação para a sexualidade. In: RIBEIRO, Paula Regina Costa et al. Corpo, gênero e sexualidade: discutindo práticas educativas. Rio Grande: Editora da Furg, 2007.

FELIPE, J. Educação para a sexualidade: uma proposta de formação docente. In: BRASIL, Ministério da Educação. Salto para o Futuro. Educação para igualdade de gênero. Ano XVIII, Boletim 26, nov 2008, p. 31-38.

FELIPE, J; PRESTES, Liliane Madruga. Erotização dos corpos infantis, pedofilia e pedofilização na contemporaneidade. In: IX ANPED SUL. Seminário de Pesquisa em Educação na Região Sul, 2012.

FELIPE, J. “Vinde a mim as criancinhas”: Pedofilização e a construção de gênero nas mídias contemporâneas. In: PELÚCIO, Larissa Pelúcio et al (Orgs).Olhares plurais para o cotidiano: gênero, sexualidade e mídia. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012a.

FELIPE, J. Pedofilização como prática social contemporânea nos sites para crianças. In: BRASIL, Secretária de Direitos Humanos. Revista Direitos Humanos. Brasília, v.8, p. 31-34, 2012b.

FELIPE, J. Erotização dos corpos infantis. In: Louro, G.L. et al (Orgs.) Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 5.ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

FURLANI, J. Educação Sexual na sala de aula: relações de gênero, orientação sexual e igualdade étnico-racial numa proposta de respeito às diferenças. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

MINAYO, M. C. S. O desafio da pesquisa social. In: DESLANDES, S. F. (Org.) et al. Pesquisa Social: Teoria, Método, e Criatividade. Petrópolis: Vozes, 2013.

PETERS, M. Pós-estruturalismo e filosofia da diferença. Trad.: Tomaz Tadeu da Silva. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

SÁ-SILVA, J.R; ALMEIDA, C.D; GUINDANI, J.F. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, ano I, n.1, jul., 2009.

Downloads

Publicado

2019-02-07

Como Citar

Ronie Sá-Silva, J., & Pereira da Silva, R. J. (2019). INFÂNCIA, EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO SEXUAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS ESTUDOS CULTURAIS EM EDUCAÇÃO. Diversidade E Educação, 6(2), 109–121. https://doi.org/10.14295/de.v6i2.8524

Edição

Seção

Diversidade em Debate