EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO SUPERIOR: MÚLTIPLOS OLHARES

Clélio Estevão Thomaz, Dulce Maria Pompêo de Camargo

Resumo


Com o propósito de contribuir para o debate sobre a formação ambiental em nível superior, apresentamos os dados coletados com nove pesquisadores do Grupo de Trabalho em Educação Ambiental, da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). Com base nos pressupostos teóricos da abordagem qualitativa, coletamos dados utilizando questionário semi-estruturado. Nossa opção teórico-metodológica para análise e
interpretação dos dados, baseou-se especialmente em Tozoni-Reis (2004). A partir dos dados coletados, pudemos observar divergências entre os depoimentos que vêem o
desenvolvimento da Educação Ambiental (EA) de forma interdisciplinar e aqueles que propugnam sua disciplinarização no Ensino Superior. Consideramos, neste sentido, que o processo de ambientalização curricular, no ensino, pesquisa, extensão e gestão das Instituições de Ensino Superior, pode ser a convergência no que se refere à necessidade de desenvolvimento da EA no Ensino Superior.

Palavras-chave


Educação Ambiental; Ensino Superior; Ambientalização Curricular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v18i0.3555

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.