Percepção de professores da rede pública sobre problemas ambientais no Rio Grande do Norte, Brasil

Mariany Patrícia Wanderley de Macêdo, Maria de Fátima de Souza

Resumo


A Educação Ambiental (EA) oferece a possibilidade de mudanças de mentalidade da sociedade, com vistas a uma relação harmônica entre o homem e a natureza. Com base nisso, o objetivo desse trabalho foi identificar e discutir sobre problemas ambientais, a partir da análise de ações em EA, propostas e realizadas pelos participantes do curso Novas Vertentes Metodológicas na Perspectiva da Biodiversidade e da Formação Cidadã, de acordo com os municípios de origem dos mesmos. Dos 28 relatórios sobre práticas em EA produzidos durante o curso, 10 versaram sobre o tema, resíduos sólidos. Também foram trabalhados temas envolvendo arborização, EA e saúde, horta escolar, importância da EA na escola, percepção ambiental, qualidade da água e sustentabilidade socioambiental. Considerando a relevância da EA para a adoção de uma postura mais consciente e responsável, é necessário que ela tenha seu papel ampliado para além de um processo pragmático, que capacite os cidadãos para o enfrentamento dos problemas imediatos. É importante que ela permita aos sujeitos agregar princípios e valores para a promoção do respeito à natureza e aos seres humanos, tanto na dimensão biológica, como na dimensão social.

Palavras-chave


Importância da EA. Percepção ambiental. Resíduos sólidos. Sustentabilidade socioambiental. Formação de professores.

Texto completo:

PDF

Referências


ADÃO, N. M. L. A práxis na educação ambiental. Revista eletrônica do mestrado em educação ambiental, v 14, p.74 -76, jan-jun, 2005. ISSN 1517-1256.

HOEFFEL, J. L.; FADINI, A. A. B. Percepção Ambiental. In: FERRARO-JÚNIOR, L. A. (Org.). Encontros e caminhos: formação de educadoras (es) ambientais e coletivos educadores. Brasília: MMA, departamento de Educação Ambiental, 2007. v. 2. p. 225-262, 352p. Disponível em: < http://www.mma.gov.br/estruturas/educamb/_publicacao/20_publicacao13012009094643.pdf> Acesso em: 24 out. 2011.

BRASIL. Lei no 9.795, de 27 de abril de 1999. Disponível em: Acesso em: 15 set. 2011.

BRASIL. Programa Brasileiro de Educação Ambiental - ProNEA. Brasília, 2005. 3ª edição. Disponível em: Acesso em: 26 set. 2011.

CAROLA, C. R. História, Ciência e Educação Ambiental: contribuição para uma proposta educacional para sensibilidade ecológica. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental.

v. 25, jul-dez, 2010. Disponível em: Acesso em: 24 out. 2011.

CHAVES, A. L.; FARIAS, M. E. Meio ambiente, escola e formação dos professores. Ciência e Educação, v. 11, n. 1, p. 63 – 71, 2005.

FLORIANO, E. P. Educação Ambiental de cada dia. Caderno Didático nº 10, Santa Rosa, 2004. Disponível em: < http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/cd51/cadadia.pdf> Acesso em: 25 nov. 2011

GAZZINELLI, M. F. Representações do professor e Implementação de Currículo de Educação Ambiental. Cadernos de Pesquisa, n. 115, p. 173-194 março, 2002. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/cp/n115/a07n115.pdf> Acesso em: 24 out. 2011.

GAZINEU, M. H. P.; SALGUEIRO, A. A.; SOARES, L. G. C. Educação ambiental aplicada aos resíduos sólidos na cidade de Olinda, Pernambuco – um estudo de caso. Revista de Ciência e tecnologia, a.1, n.1, jun-dez., 2007. Disponível em: Acesso em: 27 nov. 2011.

HAMMES, V. S. Percepção ambiental. In: HAMMES, V. S. (ed. téc. ). Proposta

metodológica de macroeducação. São Paulo: Globo, 2004. p. 128 – 130. (v. 2 – Educação ambiental para o desenvolvimento sustentável).

INSTITUTO DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE – IDEMA. 2008. Perfil do seu Município, Bom Jesus. V. 10, p.1-21. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2012.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. Trad. C. A. R. de Moura. São Paulo: Martins Fontes, 1994. 662 p.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria no 518, de 25 de março de 2004. Diário Oficial da União. Brasília, n. 59, seção I, p 266, 25 mar. 2004.

NÓBREGA, M. M. S. da; ARAÚJO, A. L. C.; SANTOS, J. P. dos. Avaliação das concentrações de nitrato nas águas minerais produzidas na região da Grande Natal. Holos, Ano 24, vol. 3, p. 4-25, 2008.

PEDRINI, A.G. I-Trajetórias da educação ambiental. In: PEDRINI, A. de Gusmão (Org.). Educação ambiental: reflexões e práticas contemporâneas. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997. 294 p. p. 21-87.

SATO, M. Educação Ambiental. São Carlos: RIMA Editora, 2004. 66 p.

SILVA, A. T. R. da. Pedagogia Ambiental. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 25, p. 253-265, jul-dez, 2010. INSS15-1256.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v31i2.3464

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.