ESTRATÉGIAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOBRE O MANGUEZAL JUNTO A UMA COMUNIDADE ESTUDANTIL DE OLINDA – PE

Arthur Vinicius de Oliveira Marrocos de Melo, Cristiane Maria Rocha Farrapeira, Stefane de Lyra Pinto

Resumo


Na Região Metropolitana do Recife as comunidades menos favorecidas economicamente fixam moradias nos manguezais, realizando ações impactantes e a educação ambiental pode ser utilizada como um instrumento de conscientização da população sobre a conservação do
meio ambiente. Esse estudo teve como objetivo analisar a eficácia de três estratégias de educação ambiental desenvolvidas junto a alunos da ONG Casa Padre Melotto, Olinda- Pernambuco, visando conhecer as percepções prévias e posteriores sobre o ecossistema. Foi aplicado um questionário aberto de percepção prévia para 54 alunos das três séries do Ensino Médio. O tema foi apresentado em Datashow para todas as séries e adotada outra atividade para cada série: visita a um manguezal conservado, uso de músicas e texto didático, para
avaliar novamente a percepção. A percepção prévia demonstrou que os alunos têm um conhecimento razoável sobre a caracterização do ecossistema e seu aproveitamento econômico, porém insatisfatório no que diz respeito à sua biodiversidade. Após as ações didáticas os resultados foram mais satisfatórios, com destaques para a construção do conhecimento sobre a biodiversidade do manguezal propiciada pela visita ao manguezal conservado, a conscientização dos alunos sobre a degradação ambiental pelo uso de músicas e a concepção adequada do ecossistema, após o uso de texto didático. As práticas diversificadas utilizadas demonstraram ser adequadas para serem utilizadas na educação ambiental,
objetivando desenvolver mudanças conceituais e atitudinais nos alunos sobre a importância do manguezal

Palavras-chave


Percepção ambiental; educação ambiental; manguezal; ações educativas; ambiente escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v21i0.3074

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.