A Universidade na crise da modernidade: Contribuições de Boaventura de Sousa Santos à transição paradigmática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/remea.v37i4.10915

Palavras-chave:

Sustentabilidade socioambiental, Universidade, Desenvolvimento

Resumo

Este estudo apresenta o pensamento de Boaventura Santos e suas contribuições para a pesquisa em educação, com foco na sustentabilidade socioambiental em universidades públicas do sul da América Latina. Assim, trazemos as ideias do autor sobre a transição entre a Regulação e a Emancipação social, pilares do paradigma da ciência moderna; as Epistemologias do Sul e a Ecologia dos Saberes, como proposta para a superação da crise desse paradigma, a partir das demandas do capitalismo e do colonialismo. Da mesma forma sua visão sobre a universidade do século XXI buscando uma aproximação com a temática de nossa tese de doutorado em Educação Ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela da Silva Pieper, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

Servidora Técnico Administrativa UFPel, Bacharel em Direito, especialista em Ciencia Politica UFPel, Mestre e Doutoranda em Educação Ambiental PPGEA FURG

Carlos Roberto da Silva Machado, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE

Professor Doutor do Curso de Historia e do Programa de Pós Graduação em Educação Ambiental PPGEA FURG

Referências

BELUZZO, Luiz Gonzaga. Bolsonaro e Doria atacam a autonomia das universidades. Artigo. Opinião. Carta Capital. Maio.2019.

Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/opiniao/bolsonaro-e-doria-atacam-autonomia-das-universidades/. Acesso em: 18 maio, 2019.

CARNEIRO, Fernando Ferreira, KREFTA, Noemi Margarina, FOLGADO, Cleber Adriano Rodrigues. A Praxis da Ecologia de Saberes: entrevista de Boaventura de Sousa Santos. Revista Eletrônica Revista Tempus (ISSN 1982-8829) - Actas de Saúde Coletiva Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP). 331-338. v.8. n.2. junho 2014. Universidade de Brasília (UnB). Disponível em: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/1530.Acesso em: 20 maio. 2019.

MACHADO, Carlos RS, LOPES, João Teixeira. Os conflitos ambientais e urbanos e a sociologia: reflexões sobre um objeto sociológico. Trabalho apresentado Encontro de Sociólogos do Uruguai, junho 2019 [Montevideu, Uruguay).

QUIJANO, Anibal. Colonialidad del Poder, Cultura y Conocimiento en América Latina. In: Anuário Mariateguiano Lima: Amatua, v. 9, n. 9, 1997.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&ref=000172&pid=S0103-4979201400030001100049&lng=es. Acesso em: 20 jan, 2019.

SANTOS, Boaventura de Souza.Um Discurso sobre as Ciências. Porto: História e Idéias,1987.

SANTOS, Boaventura de Souza. Um discurso sobre as ciências na transição para uma ciência pós-moderna. Estudos Avançados, 2(2), (1988). 46-71. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0103-4014198800020000746-71. http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/8489/10040. Acesso em: 31 ago. 2018.

SANTOS, Boaventura de Souza. A transição paradigmática: da regulação à emancipação. Nº25. Oficina do Centro de estudos sociais – CES. Colégio São Jeronimo. Março,1991. Coimbra. Disponível em: https://ces.uc.pt/publicacoes/oficina/ficheiros/25.pdf. Acesso em: em 31ago.2018.

SANTOS, Boaventura de Souza. Toward a New Common Sense: Law, Science and Politics in the ParadigmaticTransition. New York: Routledge. (1995).

SANTOS, Boaventura de Souza. Pela mão de Alice. O social e o político na pós-modernidade. Ed. Afrontamento. Porto. Portugal.1999. 299 p.

SANTOS, Boaventura de Souza. A Crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência para um novo senso comum. A ciência o direito e a política na transição paradigmática. 4ªed: São Paulo: Cortez. 2002.

SANTOS, Boaventura de Souza; MENESES, Maria Paula e Nunes, J. A. "Introdução". In: Santos, Boaventura de S. (org.). Semear outras soluções. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005, pp. 21-121.

SANTOS, Boaventura de Souza. Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social. Trad. Mouzar Benedito. São Paulo. Boitempo, 2007. Trad. Renovar la teoria critica y reinventar la emancipación social: (Encuentros em Buenos Aires, Conferencias em 2005).

SANTOS, Boaventura de Souza A gramática do tempo – para uma nova cultura política. São Paulo: Cortez, 2006.

SANTOS, Boaventura de Souza. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. Novos estud. CEBRAP nº.79. p71-94. São Paulo. nov. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/nec/n79/04.pdf. Acesso em:14 ago. 2018.

SANTOS, Boaventura de Souza. A universidade do século XXI: por uma reforma democrática e emancipatória da universidade. CES –UC. 2008. Acesso em: 19 fev.2019.

SANTOS, Boaventura de Souza. Um discurso sobre as Ciências. 5ª Ed. São Paulo. Ed. Cortez. 2008.

SANTOS, Boaventura de Souza. MENESES, Maria Paula, (orgs.) Epistemologias do Sul. Ed. Almedina. Coimbra. PT. 2009. 518p.

SANTOS, Boaventura de Souza. Descolonizar el saber, reinventar el poder. Extención Universidad de la República. Ed. Trilce. Montevidéo.Uy.2010.

SANTOS, Boaventura de Souza. O direito dos oprimidos. São Paulo. Editora Cortez. 2014.

SANTOS, Boaventura de Souza. Epistemologias do Sul. Revista Crítica de Ciências Sociais, 80, Março 2008: 5-10. https://dialnet.unirioja.es/ejemplar/203921. Acesso em: 31 jan.2019.

SANTOS, Boaventura de Souza. Homepage. Disponível em: http://www.boaventuradesousasantos.pt/pages/pt/homepage.php. Acesso em 18.05.2019.

SANTOS, Boaventura de Souza. O fim do império cognitivo – A afirmação das epistemologias do sul. Belo Horizonte: Autêntica, 2019.

SANTOS, Caio Floriano, Dornelles, Leonardo, Machado, Carlos RS. Educação ambiental para justiça ambiental: dando mais uns passos. REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, [S.l.], v. 32, n. 1, p. 189-208, ago. 2015. ISSN 1517-1256. Disponível em: https://periodicos.furg.br/remea/article/view/5016. Acesso em: 29 abr. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

Pieper, D. da S., & Machado, C. R. da S. (2020). A Universidade na crise da modernidade: Contribuições de Boaventura de Sousa Santos à transição paradigmática. REMEA - Revista Eletrônica Do Mestrado Em Educação Ambiental, 37(4), 379–395. https://doi.org/10.14295/remea.v37i4.10915

Edição

Seção

Seção Especial: XI EDEA - Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental