Educação Ambiental Popular como concepção formativa: entremeares da Extensão, Ensino e Pesquisa

Autores

  • Lisiane Costa Claro Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Roberta Avila Pereira Universidade Federal do Rio Grande. https://orcid.org/0000-0002-5360-5148

DOI:

https://doi.org/10.14295/remea.v36i3.9676

Palavras-chave:

Educação Ambiental Popular. Formação. GEFEAP.

Resumo

A Educação Ambiental Popular (EAP) contribui à formação num horizonte humanizador, potencializando relações de solidariedade e compromisso pela justiça socioambiental. O texto apresenta o processo de constituição de educadores ambientais populares em formação inicial e continuada por meio da Hermenêutica enquanto caminho epistemológico, viabilizando a leitura compreensiva das relações entre a extensão, ensino e pesquisa com base na proposta do Grupo de Estudos sobre Fundamentos da Educação Ambiental e Popular (GEFEAP) da Universidade Federal do Rio Grande. Considera-se que a EAP como eixo articulador formativo, instiga a redefinição de suas bases num horizonte criativo e transformador da esfera pedagógica, epistêmica e social. Esta redefinição garante o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão na universidade pública, reinserindo a extensão no espaço de fundamental potência à pesquisa e ao ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lisiane Costa Claro, Universidade Federal do Tocantins - UFT

Doutora em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande. Professora pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e da Saúde - PPGECS da Universidade Federal do Tocantins e do Curso de graduação em Pedagogia do Câmpus de Tocantinópolis. Membro do Grupo de Estudos sobre Fundamentos da Educação Ambiental e Popular (GEFEAP) da Universidade Federal do Rio Grande. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em História, Educação e Artes (GEPHEA) da Universidade Federal do Tocantins.

Roberta Avila Pereira, Universidade Federal do Rio Grande.

Mestra em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande. Pesquisadora do Grupo sobre Fundamentos da Educação Ambiental e Popular (GEFEAP/FURG). Extensionista pelo Programa de Auxílio ao Ingresso nos Ensinos Técnico e Superior - PAIETS/FURG. Co-tutora do Programa de Educação Tutorial Conexões de Saberes da Educação Popular e Saberes Acadêmicos.

Referências

BARBOSA, Malba Tahan. Educação Ambiental Popular: A experiência do centro de vivência Agroecológica CEVAE/TAQUARIL. 2002.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Digitalizada por Coletivo Sabotagem, 2002. Disponível em: . Acesso: 02.mar.2016.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Professora Sim, Tia não – Cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olho d’água, 1997.

GONZALEZ-GAUDIANO, Edgar; LORENZETTI, Leonir. Investigação em Educação Ambiental na América Latina: mapeando tendências. Educ. rev. [online]. 2009, vol.25, n.3, pp.191-211. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/edur/v25n3/10.pdf>. Acesso em: 10 ago. 2018

MOREIRA, M. A.; PEREIRA, F. Formar professores para a diversidade linguística nas escolas portuguesas: necessidades, possibilidades e intervenção. In; MOREIRA, M. A.; ZEICHNER, K. M. (orgs.) Filhos de um Deus menor: diversidade linguística e justiça social na formação de professores. Ramada. Edições Pedago, 2014.

PERALTA, Joaquín Esteva. Ambientalismo y educación. Hacia una educación popular ambiental en América Latina. Congreso Iberoamericano de Educación Ambiental. Guadalajara, 1992.

RICOEUR, P. O Si-Mesmo como Outro. Tradução: Inove C. Benedetti. 1ª ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2014

PEREIRA, V.A. Hermenêutica e Educação Ambiental no contexto do pensamento pós-metafísico. 1ª ed. Juiz de Fora, MG: Garcia edizioni, 2016.

Downloads

Publicado

2019-12-17

Como Citar

Claro, L. C., & Pereira, R. A. (2019). Educação Ambiental Popular como concepção formativa: entremeares da Extensão, Ensino e Pesquisa. REMEA - Revista Eletrônica Do Mestrado Em Educação Ambiental, 36(3), 8–23. https://doi.org/10.14295/remea.v36i3.9676

Edição

Seção

Artigos