Os impactos relacionados ao uso de agrotóxicos na saúde dos trabalhadores rurais: uma revisão sistemática

Isadora Roman da Silva, Daiani Modernel Xavier, Marta Regina Cezar-Vaz

Resumo


A utilização em grande escala dos agrotóxicos nas diversas culturas de importância econômica acaba expondo a população ao risco de contaminação. O objetivo da pesquisa foi identificar por meio de uma revisão sistemática quais os impactos relacionados ao uso de agrotóxicos na saúde dos trabalhadores rurais. Trata-se de uma revisão sistemática dos estudos publicados sobre os impactos da exposição ao agrotóxico na saúde dos trabalhadores rurais. Analisaram-se os trabalhos contemplados na íntegra e também sua qualidade metodológica. A pesquisa identificou 138 estudos sobre o tema, sendo que 07 se enquadraram nos critérios de inclusão. A revisão mostra a evidência de associações entre a exposição e o impacto na saúde humana. Diante disso, é importante que refletir sobre medidas preventivas para amenizar tais situações.

Palavras-chave


Fatores de riscos; Trabalhadores rurais; Praguicidas

Texto completo:

PDF

Referências


ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. GUIA N º 12/2018 – Versão 1. Guia para elaboração de rótulo e bula de agrotóxicos, afins e preservativos de madeira. Vigente a partir de 02/02/2018. 2018.

ARAUJO, Adelia.C. P; NOGUEIRA, Diogo.P; AUGUSTO, Lia.G.S. Impacto dos praguicidas na saúde: estudo da cultura de tomate. Rev. saúde pública. V.34, n.3, p. 309-13, 2010.

BEGNINI, Sergio; TAVEIRA, Adriana do Val Alves. Agrotóxicos agrícolas: do uso às intoxicações. Rev Ibero-Am Ciênc Ambient. V.5, n. 2, p.86, 2014.

BESELER, C.L.; STALLONER, L. Structural equation modeling of the relationships between pesticide poisoning, depressive symptoms and safety behaviors among Colorado farm residents. J Agromedicine. V. 11, n.3, p. 35-46, 2006.

BORGES, Eduardo Almeida et al. Levantamento do uso de equipamento de proteção individual para aplicação de agrotóxicos entre os agricultores de campanha. Leonardo Carneiro. XIX Encontro Iniciação Cientifica & IV Mostra de Extensão. Periódicos Unicor. Iniciação Cientifica. 2017.

BRASIL. Lei no 7.802, de 11 de julho de 1989. Lex: Dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus 86 componentes e afins, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 13 jul. 1989.

_____. Ministério da Saúde. Diretrizes Nacionais para a Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos. Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador. Brasília-DF. 2017.

CHOI S.W. et al. Hearing loss as a risk factor for agricultural injuries. Am J Ind Med. V. 48, n. 4, p. 293-301.2005.

FARIA, Neise.M.X. et al. Estudo transversal sobre saúde mental de agricultores da Serra Gaúcha (Brasil). Rev Saude Publica. V.33, n.4, p.391-400, 1999.

HIGGINS, J.P.T.; GREEN, S.. Cochrane handbook for systematic reviews of interventions version 5.1.0. The Cochrane Collaboration. 2011.

LIMA, Elizete Aparecida Checon de Freitas et al. Educação ambiental em uma comunidade de agricultores familiares: resgate histórico e reflexões sobre as intervenções educativas realizadas. Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient. V. 26, n.1, p. 76-86, 2011.

MEIRELLES, Luis Antonio; VEIGAS, Marcelo Motta; DUARTE, Franscisco. A contaminação por agrotóxicos e o uso de EPI: análise de aspectos legais e de projeto. Laboreal, V.12, n.2, Porto. 2016

MENEGAT, Robriane Prosdocimi; FONTANA, Rosane Terezinha Condições de trabalho do trabalhador rural e sua interface com o risco de adoecimento. Ciênc. cuid. saúde. V.9, n.1, p. 52-59, 2010.

MOREIRA, Jessica Pronestino de.Lima; et al. A saúde dos trabalhadores da atividade rural no Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, V.31, n.8, p.1698-1708, Agosto, 2015.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Manual de vigilância da saúde de populações expostas a agrotóxicos. Brasília: OPAS, 1996.

PEREIRA, Luciano Alves; SOUSA, Raimunda Aurea Dias. O uso intensivo de agrotóxico‐ a nova face da questão agrária. Revista OKARA: Geografia em debate, V. 10, n. 1, p. 185-194. 2016.

PONTES, Andrezza Grazziela Veríssimo; RIGOTTO, Raquel Maria. Saúde do Trabalhador e Saúde Ambiental: potencialidades e desafios da articulação entre universidade, SUS e movimentos sociais. Rev. Bras. Saúde Ocup. V.39, n.130, p.161-174, 2014.

PREZA, Debora de.Lucca Chaves; AUGUSTO, Lia Giraldo da Silva. Vulnerabilidades de trabalhadores rurais frente ao uso de agrotóxicos na produção de hortaliças em região do Nordeste do Brasil. Rev. bras. saúde ocup. V.37, n.125, São Paulo, 2012.

RECENA, Maria Celina; CALDAS, Eloisa Dutra. Percepção de risco, atitudes e práticas no uso de agrotóxicos entre agricultores de Culturama, MS. Rev. Saúde Pública. V.42, n.2, São Paulo, 2008.

SINITOX. Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas. Dados de intoxicação. undação Oswaldo Cruz - Ministério da Saúde. 2016.

SIQUEIRA, Soraia Lemos; KRUSE, Maria Henriqueta Luce. Agrotóxicos e saúde humana: contribuição dos profissionais do campo da saúde. Rev. Esc. Enferm. USP. V.42, n.3, São Paulo. 2008

SOARES, Wagner; ALMEIDA, Renan Moritz V. R; MORO, Sueli. Trabalho rural e fatores de risco associados ao regime de uso de agrotóxicos em Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública. V.19, n.4, Rio de Janeiro, 2003.

SOARES, Wagner Lopes; PORTO, Marcelo Firpo de Souza. Uso de agrotóxicos e impactos econômicos sobre a saúde. Rev. saúde pública. V.46, n2, 2012.

SOLOMOM, C.P.J. et al. Acute symptoms following work with pesticides. Occup Med (Lond). V. 57, n.7, p. 505-11, 2007.

VEIGA, Marcelo Motta et al. A contaminação por agrotóxicos e os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Rev. bras. saúde ocup. V. 32, n.116, jul.-dez. 2007.

VIERO, Cibelle Mello; CAMPONOGARA, Silviamar. Fatores que influenciam na prevenção de agravos frente ao uso de agrotóxicos na atividade rural: revisão integrativa. Rev Saúde. Santa Maria, p. 15-24, Julho, 2016.

YAVUZ, H.; SIMSEJ, Z.; AKBABA, M. Health-risk behaviors in agriculture and related factors, southeastern Anatolian region of Turkey. J Agromedicine. V. 19, n.4, p. 364-72, 2014.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v36i3.9426

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.