Territorialidades da Língua Pomerana: cultura, identidade e mundo escolar
Territorialidades da Língua Pomerana: cultura, identidade y mundo escolar
Territorialities of the Pomeranian language: culture, identity and school world

Myrna Gowert Berwaldt, Carmo Thum

Resumo


O presente trabalho se propõe analisar as dimensões da cultura e da identidade a partir dos referenciais de língua materna de Povos e Comunidades Tradicionais, segmento pomerano. Abordamos o contexto cultural e os processos de identidade deste povo, centrando a analise nas questões dos direitos linguísticos, especialmente os de língua materna e seus usos nos espaços escolares. O processo de produção dos dados se deu por meio de Pesquisas de Campo, nesse movimento foram realizadas entrevistas com os sujeitos da cultura local e inserção em escolas na Serra do Tapes. Analisamos as negações de direitos de língua materna, efetivadas ao longo dos anos aos povos tradicionais. Concluímos que cultura e língua materna são elementos constitutivos da identidade fortalecendo a importancia um processo de revitalização da língua por meio de lutas indenitárias.

El presente trabajo se propone analizar las dimensiones de la cultura y de la identidad a partir de los referentes de lengua materna de Pueblos y Comunidades Tradicionales, segmento pomerano. Abordamos el contexto cultural y los procesos de identidad de este pueblo, centrando el análisis en las cuestiones de los derechos lingüísticos, especialmente los de lengua materna y sus usos en los espacios escolares. El proceso de producción de los datos se dio por medio de Investigaciones de Campo, en ese movimiento se realizaron entrevistas con los sujetos de la cultura local e inserción en escuelas en la Serra do Tapes. Analizamos las negaciones de los derechos de la lengua materna, llevadas a cabo a lo largo de los años a los pueblos tradicionales. Concluimos que cultura y lengua materna son elementos constitutivos de la identidad fortaleciendo la importancia un proceso de revitalización de la lengua por medio de luchas identitarias.

The present work aims to analyze the dimensions of culture and identity from the reference points of the mother tongue of Peoples and Traditional Communities, Pomeranian segment. We approach the cultural context and the identity processes of these people, focusing the analysis on the issues of linguistic rights, especially those of mother tongue and their uses in school spaces. The data production process was done through field surveys, in this movement interviews were made with the subjects of the local culture and insertion in schools in the Serra do Tapes. We analyze the denials of mother tongue rights, made over the years to traditional peoples. We conclude that culture and mother tongue are constitutive elements of identity, strengthening the importance of a process of revitalization of the language through indenitous struggles.

Palavras-chave


Cultura pomerana, Língua materna, Práticas educativas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTENHOFEN, Cléo V; BROCH, Ingrid K. Fundamentos para uma “pedagogia do

plurilinguismo”baseada no modelo de conscientização linguística (language awareness). In: BEHARES, LuisE. (Org.). VEncuentro Internacional de Investigadores de Políticas Linguísticas.Universidad de la República y Asociación de Universidades Grupo Montevideo: Montevideo, 2011. p. 15-24

BALBONI, Paolo Emilio (Org.). Nozionario di Glottodidattica. Disponível in: www.unive.it/alias. Acesso em julho de 2018.in: http://seer.ufrgs.br/organon/article/viewFile/30433/18873

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas linguísticas. São Paulo: Edusp, 2008.

BORTONI-RICARDO, S. M. Nós cheguemu na escola, e agora? Sociolingüística & Educação. São Paulo: Parábola, 2005.

LABOV, William. Sociolinguistic Patterns. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1972.

MAHER, T. M. Do casulo ao movimento: a suspensão das certezas na educação bilíngue e intercultural. In: CAVALCANTI, M. C. & BORTONI-RICARDO, S. M. (Orgs.) Transculturalidade, linguagem e educação. Campinas: mercardo das Letra, 2007.

THUM, Carmo. Extensão e Formação: Interfaces entre Memória e História, Povos Tradicionais e Infâncias do Campo. Anais. Endipe. 2014. Disponível em: http://www.uece.br/eventos/xviiendipe/. Acesso em: 14 08 2018.

______. Povos e Comunidades tradicionais: aspectos históricos, conceituais e estratégias de visibilidade. Rev. Eletrônica Mestr. Educ. Ambiental, Edição especial. XIX Fórum de Estudos: Leituras de Paulo Freire, p. 162 -179, junho, 2017. Disponível em: file:///C:/Users/willian/AppData/Local/Temp/6899-19960-1-PB.pdf. Acesso em: 18/08/2018.

RONCARATI, Claudia. Prestígio e preconceito linguísticos. In: Cadernos de letras da UFF–preconceito linguístico e cânone literário, 36. p. 45 -56, 2008

TRESSMANN, Ismael. Da Sala de Estar à Sala de Baile. Estudo Etnolinguístico de Comunidades Camponesas Pomeranas do Estado do Espírito Santo. Tese de Doutorado. Museu Nacional e Faculdade de Letras. Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Rio de Janeiro. 2005.

___________Dicionário Enciclopédico: Pomerano e Português. Santa Maria de Jetibá. SEDU-ES, 2006.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i2.8912

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.