Existe necessidade de discutir qualidade de vida na educação ambiental?
Is there a need to discuss quality of life in environmental education?
¿Hay necesidad de discutir calidad de vida en la educación ambiental?

Sergio Faoro Tieppo

Resumo


Este texto apresenta o marco regulador da Educação Ambiental (EA) brasileira, mostrando que a qualidade de vida está presente na Política Nacional de Educação Ambiental (Pnea) e no Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA), os dois principais elementos que o compõem. Contudo nestes documentos não está presente o significado do conceito qualidade de vida. Acreditamos que a Educação Ambiental pode avançar discutindo qualidade de vida e estabelecendo indicadores que permitam avaliar se temos mais ou menos qualidade de vida. Essa discussão contribui com o estabelecimento do que entendemos por qualidade de vida na sociedade sustentável.

This text presents the regulatory framework for Brazilian environmental education (EA), and shows that the quality of life is present in the National Policy for Environmental Education (PNEA) and in the National Program for Environmental Education (ProNEA), the two main elements that compose the framework. However, these documents do not present the meaning of the concept quality of life. We believe that environmental education can go further discussing quality of life and establishing indicators that allow to assess if there is more or less quality of life. This discussion contributes to settle what we understand under quality of life in a sustainable society.

Este texto presenta el marco regulador de la Educación Ambiental (EA) brasileña, mostrando que la calidad de vida está presente en la Política Nacional de Educación Ambiental (Pnea) y en el Programa Nacional de Educación Ambiental (ProNEA), los dos principales elementos que lo componen. Sin embargo, en estos documentos no está presente el significado del concepto de calidad de vida. Creemos que la Educación Ambiental puede avanzar discutiendo calidad de vida y estableciendo indicadores que permitan evaluar si tenemos más o menos calidad de vida. Esta discusión contribuye con el establecimiento de lo que entendemos por calidad de vida en la sociedad sostenible.

Palavras-chave


Qualidade de vida. Educação Ambiental. Marco regulador brasileiro.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei 6.938, de 31 de agosto de 1981: dispõe sobre Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins, mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial, 2 de setembro de 1981.

______. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Diário Oficial, 5 de outubro de 1988.

______. PRONEA. Programa Nacional de Educação Ambiental. Ministério da Educação e do Desporto; Coordenação de Educação Ambiental. Brasília: MEC, 1997a.

______. A Implantação da Educação Ambiental no Brasil. Brasília: Ministério da Educação e do Desporto, 1998.

______. Lei 9.795, de 27 de abril de 1999: dispõe sobre Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial, 28 de abril de 1999.

______. Decreto 4.281 de 25 de junho de 2002. Regulamenta a Lei 9.795. de 25 de abril de 1999, que institui a Política de Educação Ambiental e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial, 25 de junho de 2002.

______. Construindo junto a Educação Ambiental brasileira: relatório da consulta pública do Programa Nacional de Educação Ambiental. Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental. Brasília; 2005a. (Série Documentos Técnicos da MMA/MEC, 3).

______. ProNEA. Programa Nacional de Educação Ambiental. Ministério do Meio Ambiente, Diretoria de Educação Ambiental; Ministério da Educação, Coordenação-Geral de Educação Ambiental. 3. Ed. Brasília: MMA; 2005b.

______. CIEAs. Comissões Estaduais Interinstitucionais de Educação Ambiental. Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental. Brasília; 2005c. (Série Documentos Técnicos da MMA/MEC, 1).

FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Moraes, 1980.

HERCULANO, Selene C. A qualidade de vida e seus indicadores. Ambiente & Sociedade, ano 1, n. 2, 1998.

LAYRARGUES, Philippe P. A conjuntura da institucionalização da Política Nacional de Educação Ambiental. Ciência & Tecnologia, ano II, v. 2, n. 1, abr. 2002.

MATURANA, Humbero. Emoções e linguagem na educação e na política. Belo Horizonte: EdUFMG, 2002.

MINAYO, Maria Cecília de Souza et al. Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Revista Ciência & Saúde Coletiva, 5(1):7-18, 2000.

TAMAIO, Irineu. A política pública de Educação Ambiental: sentidos e contradições na experiência dos gestores/educadores da Diretoria de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente. Governo Lula (2003-2006). 2007. Tese Doutorado - Universidade de Brasília, Brasília: 2007.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i2.8890

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.