O padrão de consumo na esfera universitária: paradigma para a educação ambiental
Consumption patterns in the university sphere: Paradigm for environmental education
El patrón de consumo en la esfera universitaria: Paradigma para la educacion ambiental

Dalésio Ostrovski, Crizieli Silveira Ostrovski, Amanda Gasparin

Resumo


A relação consumo e meio ambiente reflete a influência e o impacto que os diversos padrões de consumo exercem na forma de consumir e apropriar-se do meio. Somos uma “sociedade de consumo” que impulsiona o capitalismo e o consumo exacerbado. O artigo apresenta contribuições teóricas e investigativas que analisam o tema e conferem suporte as discussões relacionadas aos impactos que os padrões de consumo, aferidos em acadêmicos de uma instituição de ensino superior federal, podem motivar no espaço natural. Pesquisadores como Campbell (2006), Ribas (2006), Costa (2011), Barbosa (2006), Pereira (2017), Freitas (2017), confirmados com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE e pesquisa de campo quanti/qualitativa fundamentam as conexões e análises da relação padrão de consumo e meio ambiente, sendo colaboradores na introdução da educação ambiental como uma das principais ferramentas para a recriação do ato de consumir.

The relation between consumption and the environment reflects the influence and the impact that the different consumption patterns exert in the act of consuming and appropriate the environment. We are a "consumer society" that promotes the capitalism and exacerbated consumption. The article presents theoretical and investigative contributions that analyze the theme and support the discussions related to the impacts that consumption patterns, measured in academics of a federal higher education institution, can motivate in the natural space. Researchers like Campbell (2006), Ribas (2006), Costa (2011), Barbosa (2006), Pereira (2017), Freitas (2017), confirmed with data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics – IBGE, they base the connections and analysis about the relation of consumption and environment, being collaborators in the introduction of environmental education as one of the main tools for the recreation of the act of consuming.

La relación consumo y medio ambiente refleja la influencia y el impacto que los diversos patrones de consumo ejercen en la forma de consumir y apropiarse del medio. Somos una "sociedad de consumo" que impulsa el capitalismo y el consumo exacerbado. El artículo presenta contribuciones teóricas e investigativas que analizan el tema y dan soporte a las discusiones relacionadas a los impactos que los patrones de consumo, aferidos en académicos de una institución de enseñanza superior federal, pueden motivar en el espacio natural. Investigadores como Campbell (2006), Ribas (2006), Costa (2011), Barbosa (2006), Pereira (2017), Freitas (2017), confirmados con datos del Instituto Brasileño de Geografía y Estadística - IBGE, que fundamentan las conexiones y análisis de la relación estándar de consumo y medio ambiente, siendo colaboradores en la introducción de la educación ambiental como una de las principales herramientas para la recreación del acto de consumir.

Palavras-chave


consumismo; endividamento; sensibilização.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Laís de Souza; GRAÇA, Melanie Marian León. Moradia universitária: o âmbito da demanda habitacional de Manhuaçu. In: II Jornada de Iniciação Científica da FACIG., 2017, Munhaçu/MG. Disponível em: http://pensaracademico.facig.edu.br/index.php/semiariocientifico/article/view/454/382. Acesso em: 18 abr. 2018.

BARBOSA FILHO, Fernando de Holanda. A crise econômica de 2014/2017. Revista Estudos Avançados, v.31, n.89, p. 51-60, abr. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ea/v31n89/0103-4014-ea-31-89-0051.pdf. Acesso em: 14/06/2018.

BARBOSA, Lívia; CAMPBELL, Colin. Cultura, consumo e identidade. FGV Editora 2006.

BEDANTE, Gabriel Navarro. A influência da consciência ambiental e das atitudes em relação ao consumo sustentável na intenção de compra de produtos ecologicamente embalados. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2004. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/3904. Acesso em: 15 mai. 2018.

BORGES, Camila Aparecida; CLARO, Rafael Moreira; MARTINS, Ana Paula Bortoletto; VILLAR Betzabeth Slater. Quanto custa para as famílias de baixa renda obterem uma dieta saudável no Brasil? Caderno de Saúde Pública, v. 31, n. 1, p. 137-148, jan. 2015. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/csp/2015.v31n1/137-148/pt. acesso em: 16/07/2018.

BOUDON, Andre. Quatro em cada dez brasileiros estão endividados. Jornal do Brasil. 2018. Disponível em: http://www.jb.com.br/economia/noticias/2018/05/16/quatro-em-cada-dez-brasileiros-estao-endividados/. Acesso em: 13/08/2018.

CNC - Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Percentual de famílias com dívidas apresenta a primeira alta do ano. 2018. Disponível em: http://cnc.org.br/noticias/economia/percentual-de-familias-com-dividas-apresenta-primeira-alta-do-ano. Acesso em: 14/08/2018.

CUNHA, Paulo Roberto Ferreira da. American way of life: representação e consumo de um estilo de vida modelar no cinema norte-americano dos anos 1950. 2017. 246 f. Tese (Doutorado) - Programa de doutorado em comunicação e práticas de consumo escola superior de propaganda e marketing – ESPM-SP. São Paulo, 2018. Disponível em: http://tede2.espm.br/handle/tede/277. Acesso em: 18/05/2018.

1 EDEA - Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental. Disponível em: https://edeafurg.wixsite.com/2018/chamadaparaenviodetrabalho. Acesso em: 16/08/2018.

FERNANDES, Valdecir.; SAMPAIO, Carlos Alberto Cioce. Problemática ambiental ou problemática socioambiental? A natureza da relação sociedade/meio ambiente. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, n. 18, p. 87-94, 2008.

G.F.N - Global Footprint Network. (2018) O Earth Overshoot Day. Disponível em: https://www.footprintnetwork.org/our-work/earth-overshoot-day. Acesso em: 02/08/2018.

GOMES, Daniela Vasconcellos. Educação para o consumo ético e sustentável. Rev. eletrônica Mestrado em Educação Ambiental. ISSN 1517-1256, v.16, janeiro junho de 006.

LEBOW, Victor. Price Competition in 1955. disponível em: . Acesso, 29/05/2018.

MMA – BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. O que é consumo sustentável. Disponível em: http://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/producao-e-consumo-sustentavel/conceitos/consumo-sustentavel. Acesso, 25/05/2018.

MOTA, Hermano. Beleza não põe mesa, mas Brasil gasta mais com cosméticos que com comida. 2013. Disponível em: http://www.hermanomota.com.br/beleza-nao-poe-mesa-mas-brasil-gasta-mais-com-cosmeticos-que-com-comida/. Acesso em: 13/02/2018.

REZENDE, Sidney. Pesquisa diz que o hábito de consumo cultural do brasileiro é leitura de livro. Será?. 2017. Disponível em: http://www.srzd.com/brasil/pesquisa-diz-que-o-habito-de-consumo-cultural-brasileiro-e-leitura-de-livro-sera/. Acesso em: 27/04/2017.

RUIZ, João Álvaro. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1996.

SERRES, Michel. O contrato natural. Lisboa: Instituto PIA-GET. 2000.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i2.8881

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.