Valores ambientais na educação infantil

Cristiane Magalhães Bissaco, Dalva Maria Bianchini Bonotto

Resumo


A pesquisa aqui retratada contempla um olhar para as práticas docentes – ações diretas de professores com crianças em idade pré-escolar e os diálogos decorrentes dessas ações, considerando a criança como um ser sócio histórico, buscando compreender os sentidos que são construídos a partir dessas práticas docentes e as possibilidades e limites de tais práticas para a construção de valores voltados ao meio ambiente. Desse modo, voltada a esses objetivos, analisei os diálogos realizados entre professoras de pré-escola e suas crianças, com faixa etária entre 4 e 5 anos, em que a temática ambiental foi apresentada, observando os valores evidenciados nessas práticas. Neste artigo, trago um recorte da pesquisa apresentando a análise de uma das sete professoras que parece direcionar suas práticas por um viés mais estético.

The research presented here contemplates a look at teaching practices - direct actions of teachers with preschool children and the dialogues resulting from these actions, considering the child as a socio-historical being, seeking to understand the senses that are constructed from these practices and the possibilities and limits of these teaching practices for the construction of values focused on the environment. Thus, in order to address these objectives, I analyzed the dialogues between pre-school teachers and their students, aged 4-5, in which the environmental theme was presented, focusing on the values evidenced in these practices. In this paper, I bring a research cut presenting the analysis of one of the seven teachers who seems to direct their practices for a more aesthetic bias.

La pesquisa aquí retratada contempla una mirada hacia las prácticas docentes – acciones directas de maestros con niños en edad preescolar y los diálogos de esas acciones, considerando El niño como un ser socio histórico, buscando comprender los sentidos que son construidos a partir de esas prácticas docentes y las posibilidades y límites de tales prácticas para la construcción de valores relacionados al medio ambiente. De ese modo, para atender a esos objetivos, analicé los diálogos realizados entre maestros de pre escuela y sus niños, con edad entre 4 y 5 años, en que la temática ambiental fue presentada, observando los valores evidenciados en esas prácticas. En este artículo, traigo un recorte de la pesquisa presentando el análisis de una de las siete maestras que parece direccionar sus prácticas por un camino más estético.

Palavras-chave


Educação Infantil. Educação Ambiental. Práticas Docentes.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTO, Paula Gadioli. Educação Ambiental e Educação Infantil numa área de proteção ambiental: concepções e práticas. 2007. 195f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2007.

BAKHTIN, Mikhail; VOLOCHÍNOV, Valentin. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 13 ed. Trad. Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Editora Hucitec, 2009.

BONOTTO, Dalva Maria Bianchini. Contribuições para o trabalho com valores em Educação Ambiental. Ciência e Educação, Bauru, v. 14, n. 2, p. 295-306, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CEB no 5, de 17 de dezembro de 2009. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/CNE/CEB, 2009.

______. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Infantil: pelo direito das crianças de zero a seis anos à Educação. Brasília: MEC/SEB, 2006.

BUXARRAIS. María Rosa Estrada. Por una ética de la compasión en la educación. Teoría de la Educación Revista Interuniversitaria, v.18, n.1, p. 201-227, 2006. Disponível em: http://gredos.usal.es/xmlui/bitstream/handle/10366/71873/Por_una_etica_de_la_compasion_en_la_educ.pdf?sequence=1>.Acesso em: 10out.2013.

CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. Educação e movimentos sociais: elementos para uma história política do campo ambiental. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 1, 2001, Rio Claro. Rio Claro: EDUNESP, 2001. p. 46-56.

CARVALHO, Luiz Marcelo de. A pesquisa no campo da formação e do trabalho docente relacionado com a temática ambiental. In: DALBEN, A. et al (Org.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente: Educação Ambiental, Educação em Ciências, Educação em Espaços não escolares e Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 67-88. (Coleção Didática e Prática de Ensino)

_____ . A temática ambiental e o processo educativo: dimensões e abordagens. In: CINQUETTI, H.C.S.; LOGAREZZI, Amadeu. (Org.). Consumo e resíduos: fundamentos para o trabalho educativo. São Carlos: EdUFSCAR, 2006. p. 19-41.

CASCINO, F. Educação ambiental: princípios, história e formação de professores. São Paulo: Ed. SENAC, 1999.

CINQUETTI, Heloisa Chalmers Sisla; CARVALHO, Luiz Marcelo de. As dimensões dos valores e da participação política em projetos de professoras: abordagens sobre os resíduos sólidos. Ciência & Educação, Bauru, v. 10, n. 2, p. 161-171, 2004.

DEGASPERI, Thais Cristiane. Educação Ambiental e Valores: Diálogos e Sentidos Construídos nas Práticas de Professores de Ensino Fundamental. 2012. 321f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2012.

DUHN, Iris. Making ‘place’ for ecological sustainability in early childhood education. Environmental Education Research, Londres, v.18, n.1, p. 19-29, febr. 2012.

FORUM INTERNACIONAL DAS ONGs. Tratado de educação ambiental para sociedades sustentáveis e responsabilidade global. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 1992. Disponível em: . Acesso em: 16 fev. 2015.

FRANTZ, Walter; FIGUEIREDO, José Wnilson. Caminhos possíveis para a edificação de uma pedagogia da cooperação a partir da responsabilidade e do cuidado. REMEA Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, v. 33, n.3, p. 144-160, set./dez. 2016. Disponível em: . Acesso em: 09 dez.16.

GADOTTI, Moacir. Perspectivas atuais da educação. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 14, n.2, p.3-11, 2000.

GONÇALVES, Carlos Walter. Os (Des)Caminhos do Meio Ambiente. São Paulo: Editora Contexto, 2011.

GRÜN, Mauro. Ética e educação ambiental: a conexão necessária. Campinas: Papirus, 1996.

HERMANN, Nadja. Estetização do mundo da vida e sensibilização moral. Educação e Realidade, v. 30, n. 2, p.35 - 47, jul/dez. 2005. Disponível em: . Acesso em: 10out.2013.

JACOBI, Pedro Roberto. Educação Ambiental: o desafio da construção de um pensamento crítico, complexo e reflexivo. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.31, n.2, p. 233-250, maio/ago. 2005. Disponível em: . Acesso em: 05 mai.2016.

LUCCAS, Marinete Belluzzo. Práticas pedagógicas em educação ambiental na educação infantil: análise de dissertações e teses brasileiras. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2016.

MARIN, Andreia Aparecida. A Percepção no Logos do Mundo Estético: Contribuições do Pensamento de Merleau-Ponty aos Estudos de Percepção e Educação Ambiental. In: Interacções, Lisboa, v.5, n.11, p. 48-66, 2009.

_____ . A. A. A natureza e o outro: ética da compaixão e educação ambiental. Pesquisa em Educação Ambiental, São Paulo, v. 2 n. 2, p. 11-27, nov. 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2013.

MARIN, Andreia Aparecida; OLIVEIRA, Luiz Cláudio Batista de. A experiência estética em Dufrenne e Quintás e a percepção de natureza: para uma educação ambiental com bases fenomenológicas. REMEA - Revista eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, v.15, n.1, p. 196-210, jul./dez. 2005. Disponível em: . Acesso em: 17 ago. 2013.

PONZIO, Augusto. Procurando uma palavra outra. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

PUIG, Joan María. A construção da personalidade moral. São Paulo: Ática, 1998a.

_____ . Ética e valores: métodos para um ensino transversal. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1998b.

RIBEIRO, Matheus de Souza Lima; PROFETA, Ana Carolina N. A. Programas de educação ambiental no ensino infantil em palmeiras de Goiás: novos paradigmas para uma sociedade responsável. In: REMEA, Rio Grande, v.13, n. 1, p.125-139, jul./dez. 2004.

RODRIGUES, Cae. Educação Infantil e Educação Ambiental: Um Encontro das Abordagens Teóricas com a Prática Educativa. REMEA, Rio Grande, v. 26, n.1, p. 169-182, jan./jun. 2011.

ROSSETTI-FERREIRA, Maria Clotilde et al. (Orgs.). Os fazeres na Educação Infantil. São Paulo: Cortez, 1998.

RUFFINO, S. F. A educação ambiental nas escolas municipais de educação infantil de São Carlos – SP. 2003. 109 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Departamento de Metodologia de Ensino, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2003.

SANTOS, Adriana Pereira dos; LEONOR, Maria Filomena Fernades. Recreação/Educação Infantil: transição e frutos. In: KRAMER, Sonia. et al. (Orgs.) Infância e Educação Infantil. 11 ed. Campinas: Papirus, 2011.p.203-223.

SÃO PAULO. [Estado]. Orientações Curriculares: Expectativas de aprendizagem e Orientações Didáticas para Educação Infantil. São Paulo: Prefeitura do Município de São Paulo. Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação Técnica, 2007.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Educação Ambiental– natureza, razão e história. 2 ed. Campinas: Autores Associados, 2008.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v34i3.7371

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.