Percepção ambiental de professores indígenas Terena a partir de desenhos do meio ambiente
Percepción ambiental de profesores indígenas Terena a partir de dibujos del medio ambiente
Environmental perception of Terena indigenous teachers from environmental drawings

Elisangela Castedo Maria Nascimento, Angela Maria Zanon

Resumo


Este trabalho teve como objetivo verificar o conceito de meio ambiente dos professores indígenas dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da Escola Municipal Indígena “Marcolino Lili” do Município de Aquidauana/MS. Foi realizado um estudo de caso com análise crítica de caráter exploratório, descritivo e qualitativo. A pesquisa foi dividida em etapas: análise do planejamento e observação das aulas para verificação da frequência em que a EA aparece; Confecção, interpretação e análise dos desenhos de meio ambiente. Os sujeitos da pesquisa foram os professores indígenas e o objeto de estudo a visão de meio ambiente desses professores por meio de desenhos.. Na análise dos desenhos de meio ambiente feito pelos professores indígenas, foi identificada uma visão naturalista, que separa o homem da natureza.

Este trabajo tuvo como objetivo verificar el concepto de medio ambiente de los profesores indígenas de los Años iniciales de la Enseñanza Fundamental de la Escuela Municipal Indígena "Marcolino Lili" del Municipio de Aquidauana / MS. Se realizó un estudio de caso con análisis crítico de carácter exploratorio, descriptivo y cualitativo. La investigación se dividió en etapas: análisis de la planificación y observación de las clases para verificar la frecuencia en que la EA aparece; Confección, interpretación y análisis de los dibujos de medio ambiente. Los sujetos de la investigación fueron los profesores indígenas y el objeto de estudio la visión de medio ambiente de estos profesores a través de dibujos. En el análisis de los dibujos de medio ambiente hecho por los profesores indígenas, se identificó una visión naturalista, que separa al hombre de la naturaliza.

This work had the objective of verifying the concept of the environment of the indigenous teachers of the Early Years of Elementary School of the "Marcolino Lili" Indigenous Municipal School of the Municipality of Aquidauana / MS. A case study with exploratory, descriptive and qualitative critical analysis was carried out. The research was divided in stages: analysis of the planning and observation of the classes to verify the frequency in which the EA appears; Preparation, interpretation and analysis of environmental drawings. The subjects of the research were the indigenous teachers and the object of study the vision of the environment of these teachers by means of drawings .. In the analysis of the drawings of environment made by indigenous teachers, a naturalistic view was identified that separates man from nature .

Palavras-chave


Educação Ambiental, professores indígenas, visão, meio ambiente.

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BOCK, A. M. B.; FURTADO, O.; TEIXEIRA, M. L. Psicologias: uma Introdução ao Estudo da Psicologia. 8ª ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

BRASIL. CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Escolar Indígena. Parecer 14/99, aprovado em 14/09/1999.

BRASIL. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC/SEF, 1997.

BRASIL. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros curriculares nacionais: apresentação dos temas transversais, ética / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC/SEF, 1997.

CAMARGO. Maria Eugênia (Marô). Educação Ambiental: um Exercício do Olhar. Agenda 21 – Educação ambiental em área de proteção dos mananciais, 2006. Disponível no site: http://www.seaembu.org/docs/ag21_mananciais.pdf. Acessado em 20/10/2015.

CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

FREIRE, P. Professora sim, tia não: Cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olho d’água, 1997.

______. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 21° reimpressão. São Paulo: Cortez, 1994.

LUDKE, M.; ANDRÉ, E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro / Edgar Morin; tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. – 2. ed. – São Paulo : Cortez ; Brasília, DF : UNESCO, 2000.

SAUVÉ, Lucie. Educação ambiental: Possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa. V.31. N.2. São Paulo: 2005 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-97022005000200012&script=sci_arttext&tlng=es Acessado em 14/10/2015

TUAN, Y. F. Topofilia: Um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. São Paulo: Difel, 1980.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v35i1.7233

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.