Reflexões sobre a Política de Educação Ambiental no Paraná: resultados e impasses

Maria Arlete Rosa, Ana Carolina Rubini Trovão, Wanderléia Aparecida Coelho

Resumo


O artigo trata da reflexão sobre a atual política de educação ambiental do Paraná e busca responder a questão: quais são os resultados e impasses na implementação da política após aprovada sua regulamentação em 2013. Busca-se indicar tais resultados e desafios presentes, no âmbito da educação ambiental formal e não formal para sua efetivação. Justifica-se o estudo pela relevante, contribuição do Paraná ao regulamentar os instrumentos desta política pública, em especial, em relação ao sistema estadual de ensino. Os fundamentos da pesquisa participantes orientam o estudo, a partir da participação, das autoras, no Grupo de Trabalho de Educação Ambiental, vinculado ao Ministério Público do Paraná e ao Programa de Pós Graduação em Educação de mestrado e Doutorado da Universidade Tuiuti do Paraná.


This paper deals with the reflection on the current environmental education policy of Parana, in which it seeks to answer: what are the results and impasses in the implementation of this policy after its regulation was approved in 2013? It seeks to indicate such results and present challenges, regarding the formal and non-formal environmental education for its effectiveness. The study is justified by the relevant contribution of Parana in regulating the instruments of this public policy, especially in relation to the state educational system. The foundations of participant research guides the study, based on the authors' participation in the Environmental Education Working Group, linked to the Parana Public Prosecutor's Office and to the Graduate Program in Master's and Doctoral Education at the Tuiuti University of Parana.

Palavras-chave


Educação Ambiental; Políticas Públicas; Participação Social;

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Daniel; LUCA, Andréa; SORRENTINO, Marcos. O Diálogo em Processos de Políticas Públicas de Educação Ambiental no Brasil. Educação e Sociedade, Campinas, v 33, nº 119. abr-jun de 2012. p. 613-630.

BRASIL. MEC. Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Ambiental. Resolução CNE/CP nº. 02/2012.

BULGACOV, Sergio. & VERDU, Fabiane Cortez. Redes de pesquisadores da área de administração: um estudo exploratório. Revista de Administração Contemporânea, vol.5. Curitiba, 2001.

GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas nas escolas. Ensaio: Avaliação de Políticas Públicas Educacionais. Rio de Janeiro, v.14, n.50, p. 27-38, jan./mar. 2006.

LIMA, Gustavo Ferreira da Costa. A institucionalização das políticas e da gestão ambiental no Brasil: Avanços, Obstáculos e Contradições. Revista Desenvolvimento e Meio Ambiente, n. 23, p. 121-132, jan./jun. 2011. Editora UFPR.

LAYRARGUES, Philippe Pomier; LIMA, Gustavo Ferreira da Costa. As macrotendências político-pedagógicas da educação ambiental. Revista Ambiente & Sociedade. São Paulo, v. XVII, n. 1, p.23-40, jan-mar. 2014.

PARANÁ, CEE. Deliberação nº 04/13, de 12 de novembro de 2013. Estabelece as Normas Estaduais para a Educação Ambiental no Sistema Estadual de Ensino do Paraná. 2013. Disponível em: http://sites.uepg.br/ Acesso em out. 2015.

PARANÁ, Governo do Estado. Lei nº. 17505 de 11 de Janeiro de 2013. Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e o Sistema de Educação Ambiental e adota outras providências. 2013. Disponível em: http://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/pesquisarAto.do?action=exibir&codAto=85172 Acesso em: out 2015.

PORTO, Monica Ferreira do Amaral; PORTO & PORTO, Rubens de La Laina. Gestão de Bacias Hidrográficas. In: Estudos Avançados, vol. 22, n. 63. São Paulo, 2008.

SOUZA, Celina. Políticas Públicas: Uma Revisão de Literatura. Sociologias. Porto Alegre, ano 8, nº 16. Jul-dez. 2006. p.20-45.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. 8 ed. São Paulo: Cortez, 1998.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i0.7150

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.