Pedagogia Cosmocena: aproximações com o Candomblé na ilustração de fundamentos para uma Educação Ambiental Popular

Everton Fêrrêr de Oliveira, Vilmar Alves Pereira, Helena Beatriz Costa de Oliveira

Resumo


Este trabalho reúne as reflexões iniciais no diálogo de reconhecimento da Pedagogia Cosmocena como uma possibilidade de reperesentação ou ilustração de fundamentos para uma Educação Ambiental Popular recortada pelas práticas do Candomblé. A tematização da religiosidade afrobrasileira se faz necessária devido esta pedagogia expressar a multidimensionalidade caracterizada, dentre outros princípios, como biopsicossocioambientespiritual. Este exercício caracteriza as primeiras aproximações sobre o tema e para tanto requer no espaço acadêmico imprimir sua resistência ensejando estimular o debate sobre as diferentes epistemologias e, principalmente o respeito a toda forma de existência em contato com o cosmos.

Palavras-chave


Pedagogia Cosmocena; Candomblé; Educação Ambiental Popular

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Leonardo Oliveira de. Eu sou o ogã confirmado da casa: ogãs e energias espirituais em rituais de umbanda. Diss. www. teses. ufc. br, p.82, 2014.

ANDREOLA, B. Dimensões antropológicas e ontológicas da opressão. In: PEREIRA, V., DIAS, J. R. de L. e ALVARENGA, B. T. (Orgs.) Educação Popular e a Pedagogia da Contramarcha: uma homenagem a Gomercindo Ghiggi. Passo Fundo: Méritos, 2013.

BARBOSA, M. T. EDUCAÇÃO AMBIENTAL POPULAR:ESTUDO DE CASO SOBRE A EXPERIÊNCIA DO CENTRO DE VIVÊNCIA AGROECOLÓGICA – CEVAE/TAQUARIL. Dissertação de Mestrado, 155p (Programa de Pós-Graduação em Geografia) Universidade Federal de Minas Gerais, 2002. Dísponível em: . Acesso em: 20 abril . 2017

BRASIL. Constituição Federal da República, 1988. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2016.

BRANDÃO, C. R. In: FREIRE, P. & NOGUEIRA, A. QUE FAZER: TEORIA E PRÁTICA EM EDUCAÇÃO POPULAR. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 3ª ed.,1991.

BRASIL, 1988, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

BRASIL, 2010, LEI Nº 12.288, Estatuto da Igualdade Racial. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12288.htm

CARVALHO, I. C. de M. A invenção do Sujeito Ecológico: sentidos e trajetórias em Educação Ambiental. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação, UFRGS, 2000. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.

CARVALHO, I. C. M; STEIL, C. A.. Epistemologias Ecológicas: delimitando um conceito. Mana, vol.20, nº.1, Rio de Janeiro, Abril de 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2016.

CARVALHO, I. C. de M. A invenção do Sujeito Ecológico: sentidos e trajetórias em Educação Ambiental. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação, UFRGS, 2000. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2016.

DE REZENDE, Adrielle Camila Oliveira; PACHECO, Eduardo Guedes. Pedagogia do tambor. Seminário Nacional de Arte e Educação, n.25, p. 389.

DOMINGOS, L. T. A Visão Africana em relação à Natureza. In: ANAIS DO III ENCONTRO NACIONAL DO GT HISTÓRIA DAS RELIGIÕES E DAS RELIGIOSIDADES – ANPUH -Questões teórico-metodológicas no estudo das religiões e religiosidades. IN: Revista Brasileira de História das Religiões. Maringá (PR) v. III, n.9, jan/2011. ISSN 1983-2859. Disponível em http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/pub.html

DOMINGUES, Petrônio. Cultura popular: as construções de um conceito na produção historiográfica. História, v. 30, n. 2, p. 416, 2011

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários á prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 17a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GASPAR, Natália Morais.O encontro entre o Orum e o Aiê: análise sobre a possessão do corpo em cerimônias de Candomblé. 2016, p.4. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Juiz de Fora.

GUATTARI, Félix. As três ecologias. Tradução Maria C.F. Bittencourt. Campinas: Papirus, 1990;

GUIMARÃES, M. A formação de educadores ambientais. São Paulo: Papirus, 2004.

KILEUY, O., OXAGUIÃ, V. de. O candomblé bem explicado: Nações Bantu, Iorubá e Fon. Rio de Janeiro: Pallas Editora, 2011, p. 368

KREBS, R. J. Urie Bronfenbrenner e a ecologia do desenvolvimento humano – Santa Maria: Casa editorial, 1995.

LEFF, Enrique. Aventuras da epistemologia ambiental: da articulação das ciências ao diálogo de saberes. São Paulo: Cortez, 2012.

LOUREIRO, C. F. B. (Org.). A questão ambiental no pensamento crítico: natureza, trabalho e educação. Rio de Janeiro: Quartet, 2007.

MORIN, A. Pesquisa-ação integral e sistêmica: antropopedagogia renovada. Rio de Janeiro: dP&A, 2004.

PEDRINI, A. G. E SAITO, C. H. (Orgs.) Paradigmas Metodológicos em Educação Ambiental. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

PEREIRA, V. A. ECOLOGIA COSMOCENA: a redefinição do espaço humano no cosmos. 1ª ed. Juiz de Fora, MG: Garcia Edizioni, 2016.

PEREIRA, Vilmar Alves. ECOLOGIA COSMOCENA: uma perspectiva ontológica para Educação Ambiental, Movimentos Sociais e Políticas Governamentais. 2016, p. 143.

ROVARIS, N. A. Z. e WALKER, M. R. Formação de professores: pedagogia como ciência da educação. In: IX Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul, IX ANPED Sul. Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul – RS, 2012. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2016.

SAITO, C. H., FIGUEIREDO, J. B. A., VARGAS, I. A. Educação Ambiental numa abordagem freireana: fundamentos e aplicação. In: PEDRINI, A. G. E SAITO, C. H. (Orgs.) Paradigams Metodológicos em Educação Ambiental. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

SANT’ANNA, Márcia. Escravidão no Brasil: os terreiros de Candomblé e a resistência cultural dos povos negros. Consult. Em em, v.17, 2015, p.9.

VIEIRA PINTO, Á. Sete Lições sobre Educação e Adultos. Editora Cortez: São Paulo, 1982.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i0.6903

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.