Saberes dos visitantes do zoológico de Salvador-BA sobre a fauna nativa e sua conservação

Cíntia Brito de Souza Galheigo, Gilberto Marcos de Mendonça Santos

Resumo


Aproveitando a grande visitação que recebem e o caráter lúdico que envolve as visitas aos Zoológicos, estas instituições podem desempenhar papel importante na educação não formal do seu público. Neste estudo analisamos o conhecimento de visitantes do zoológico de Salvador-BA sobre a fauna brasileira e o potencial da instituição em
fornecer informações sobre a fauna nativa. Os visitantes (n=60) mostraram interesse e envolvimento com as
questões ambientais e uma visão positiva sobre a instituição “Zoológico”. Nossos dados mostram que, em geral, os visitantes do Zoológico de Salvador conhecem mais a fauna exótica (erro de 3,6% no conhecimento da fauna;
n=420) que a fauna nativa (erro de 42,3% no conhecimento da fauna; n=960). Para os entrevistados a TV e o zoológico são as principais fontes de informação sobre a fauna, evidenciando a precariedade com que a fauna nativa
é tratada nos meios de comunicação de massa e o pouco destaque da fauna nativa no Zoológico de Salvador, que em
geral apresentam felinos, ursos e outros grandes mamíferos exóticos como principais atrações. Nossos dados indicam a necessidade de informações sobre a fauna nativa voltada para o grande público.

Palavras-chave


Zoológico. Educação Informal. Meio Ambiente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v23i0.4574

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.