Educação ambiental a partir da valorização da cultura regional do estado do Pará
Environmental education based on the value of regional culture of Pará state

Letícia Magalhães da Silva, Sarah Suely Alves Batalha, Neriane Nascimento da Hora, Altem Nascimento Pontes

Resumo


Este trabalho teve como objetivo identificar as concepções da Educação Ambiental e os elementos presentes nas histórias em quadrinhos de A Turma do Açaí, produzidos por Pinheiro (2013), estes utilizados como recursos facilitadores no processo de ensino-aprendizagem e instrumentos de resgate e valorização da cultura paraense. As concepções utilizadas foram: educação ambiental conservadora, que possui como principal característica a proteção ao meio natural; educação ambiental pragmática, que apresenta como característica a mudança de comportamento individual; e educação ambiental crítica, que substitui a mudança de comportamento individual pela coletiva e formação de atitudes ecológicas, todas essas concepções propostas por Silva & Campina (2011). Após análise das histórias, foi constatado o predomínio da educação ambiental conservadora em detrimento à pragmática e crítica.

Palavras-chave


Educação ambiental, Histórias em Quadrinhos, Concepções

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, Celeste Dias. CESTARI, Luiz Artur dos Santos Cestari. Discursos ambientalistas no campo educacional. Revista eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, FURG. ISSN 1517-1256, v. 30, n. 1, p. 4-22, Janeiro/Junho, 2013.

ARAÙJO, Gustavo da Cunha; COSTA, Maurício Alves da; COSTA, Evânio Bezerra. As histórias em quadrinhos na educação: possibilidades de um recurso didático-pedagógico. A Margem – Estudos, v. 1, n.2, p.26-36, 2008.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. A educação como Cultura. São Paulo: Mercado de Letras, 2002.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: Apresentação dos temas transversais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRUNDTLAND, Gro Harlem. Our Common Future. The World Commission on Environment and Development. Oxford University, Oxford University Press, 1987.

CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. O Ambiental como valor substantivo: uma reflexão sobre a identidade da educação ambiental. In: SAUVÉ, L.; ORELLANA, I.; SATO, M. Textos escolhidos em educação ambiental: de uma América à outra. Montreal: Publications ERE-UQAM, 2002. p.85-90.

_________________. As transformações na esfera pública e a ação ecológica: educação e política em tempos de crise da modernidade. Rev. Bras. Educ. [online]. 2006, vol.11, n.32, pp. 308-315. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v11n32/a09v11n32.pdf Acesso em: 26 de Setembro de 2013.

CORRÊA, Sérgio Roberto Moraes; HAGE, Salomão Antônio Murrafej. Amazônia: a necessidade da construção de políticas e práticas educacionais inter/multiculturais. Revista Nera, v. 14, n. 18, p, 79-105, 2011.

CRESPO, S. Educar para a sustentabilidade: a educação ambiental no programa da Agenda 21. In: NOAL, F. O.; REIGOTA, M.; BARCELOS, V. H. L. Tendências da Educação Ambiental Brasileira. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1998. p. 211-225.

FEARNSIDE, Philip M. Desmatamento na Amazônia Brasileira: história, índices e consequências. Megadiversidade, v. 1, n. 1, p. 113-123, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

LOVRETO, José Alberto. Origem das histórias em quadrinhos. Salto para o Futuro, v. 21, n. 1, p. 10-14, 2011.

LUYTEN, Sonia M. Bibe. Histórias em quadrinhos: um recurso de aprendizagem (introdução). Salto para o Futuro, v. 21, n. 1, p. 5-9, 2011.

IARED, Valéria Ghisloti. OLIVEIRA, Haydée Torres de. Coexistência de diferentes tendências em análises de concepções de educação ambiental. Revista eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, FURG. ISSN 1517-1256, v. 27, Julho/Dezembro, 2011.

MARPICA, N. S. As questões em livros didáticos de diferentes disciplinas da quinta série do ensino fundamental. 169f. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação). Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.

MARTINS, M. B.; PRAXEDES, C. L.; MIRANDA-SANTOS, R.; SILVA, A. Azevedo R.; COSTA, J. E. A Amazônia está mudando. Ciência Hoje, v. 40, n. 239, p. 38-43, 2007.

MELLO, C. M. Trilhando diferentes caminhos na educação ambiental: as concepções de educação ambiental do programa do Núcleo Santa Virgínia e agentes sociais envolvidos, 2000. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

MENDES, Regina.; VAZ, Arnaldo. Educação Ambiental no ensino formal: narrativas de professores sobre suas experiências e perspectivas. Educ. rev. [online]. 2009, vol.25, n.3, pp. 395-411. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/edur/v25n3/19.pdf. Acesso em: 26 de Setembro de 2013.

PAES-LOUREIRO, João de Jesus. Cultura amazônica: uma poética do imaginário. São Paulo: Escrituras Editora, 2001.

PINHEIRO, Rosinaldo. Revista de Educação Ambiental: Resíduos Sólidos Urbanos. 2013.

PRESSER, Alexandra Teixeira de Rosso. SCHLÖGL, Larissa. Histórias em quadrinhos enquanto meio de comunicação eficaz. Razón y Palabra. n, 83. Junio – Agosto, 2013.

SANTO, Eliane Ramos Espírito; SANTOS, Rozilda Ribeiro. Contribuições das histórias em quadrinho de Chico Bento para a Educação Ambiental. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 28, 2012.

SAUVÉ, Lucie. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: SATO, M. e CARVALHO, I.C.M. (orgs.) Educação ambiental: pesquisas e desafios. Porto Alegre: Artmed, 2005.

____________. Educação ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, Aug. 2005. Disponível em < http://www.scielo.br/pdf/ep/v31n2/ a12v31n2.pdf>. Acesso: 26 set. 2013.

SILVA, Rosana Louro Ferreira da. CAMPINA, Nilva Nunes. Concepções de educação ambiental na mídia e em práticas escolares: contribuições de uma tipologia. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 6, n. 1 – p. 29-46, 2011.

SORRENTINO, Marcos. De Tbilisi a Thessaloniki, a educação ambiental no Brasil. In: CASCINO, F.; JACOBI, P.; OLIVEIRA, J. F. (Org.). Educação, Meio Ambiente e Cidadania: reflexões e experiências. Secretaria de Estado do Meio Ambiente/Coordenadoria de Educação Ambiental. São Paulo: 1998. p. 27-32.

_____________; TRAJBER, Rachel; MENDONCA, Patrícia; FERRARO JUNIOR, Luís Antônio. Educação ambiental como política pública. Educ. Pesqui. [online]. 2005, vol.31, n.2, pp. 285-299. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v31n2/a10v31n2.pdf. Acesso em: 26 de Setembro de 2013.

VIEIRA, I. C. G.; SILVA, J. M. C.; TOLEDO, P. M. Estratégias para evitar a perda da biodiversidade na Amazônia. Estudos Avançados, v. 19, n. 54, p. 153-164, 2005.

USAID. US Agency for International Devolpment. Conserving biodiversity in the Amazon Basin: context and opportunities for USAID. Natural Resources Information Clearinghouse, 2005.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v30i2.3980

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.