EDUCAÇÃO AMBIENTAL E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE BIOLOGIA NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA/SP

Simone Sendin Moreira Guimarães, Edson do Carmo Inforsato

Resumo


Nesse início de século XXI, várias crises se entrelaçam e a crise ambiental é a mais planetária de todas elas. Nesse contexto a Educação Ambiental surge como um saber para superar a crise. O presente artigo teve como objetivo discutir as ideias dos professores de Biologia do município de Piracicaba/SP sobre Educação Ambiental e a partir disso refletir sobre a inserção da temática na formação inicial desses professores. A metodologia utilizou um questionário estruturado baseado no instrumento VOSTS (Views on Science- Technology-Society), produzido por Aikenhead y Ryan (1992) e os dados obtidos foram analisados
qualitativamente. Os resultados indicam que os professores de biologia entrevistados ainda tem uma concepção
ingênua sobre a Educação Ambiental e que os cursos de formação inicial precisam se comprometer com mudanças estruturais e curriculares que façam a inserção efetiva da temática na formação dos professores da região estudada.

Palavras-chave


Crise Ambiental; Educação Ambiental; Formação de Professores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v25i0.3517

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.