A fenomenologia da natureza de Goethe: conexões à educação ambiental

Jonas Bach Jr

Resumo


Goethe desenvolveu um modo científico de abordar a natureza que atualmente é reconhecido como fenomenologia. Este artigo apresenta uma síntese da fenomenologia goetheana, como teoria do conhecimento elaborada a partir de suas pesquisas botânicas. Como perspectiva epistemológica, a fenomenologia de Goethe não redundou nas unilateralidades do empirismo e do racionalismo. Em sua relação com a natureza, ela é uma empiria delicada que busca desenvolver um juízo intuitivo, um poder de captar a essência do fenômeno. Uma correlação com as categorias fenomenológicas de Husserl é apresentada. O aprimoramento e desenvolvimento do sujeito na sua relação com a natureza é o ponto de partida da fenomenologia de Goethe no âmbito da educação. Por um lado, a educação ambiental torna-se um trabalho sobre a percepção dos sentidos; por outro lado, explora o desenvolvimento mental para captar a essência dos fenômenos. A questão da linguagem e dos conceitos torna-se um ponto crucial na prática educativa para a compreensão da fenomenologia e da reaproximação da natureza.

Palavras-chave


fenomenologia, natureza, Goethe

Texto completo:

PDF

Referências


BACH JR., Jonas. Educação ecológica por meio da estética na pedagogia Waldorf. Curitiba: 2007. 230 pg. Dissertação. (Mestrado em Educação). Universidade Federal do Paraná.

BUENO, Enilda R. A.. Fenomenologia: a volta às coisas mesmas. Campinas, SP: Editora Alérea, 2003.

CAPALBO, Creusa. Fenomenologia e ciências humanas. Londrina: UEL, 1996.

DURAN, Will. A história da filosofia. Rio de Janeiro: Record, 1991.

FULLAT, Octavi. Filosofias da educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

GILES, Thomas Ransom. Filosofia da Educação. São Paulo: Editora Pedagógia e Universitária, 1987.

GOETHE, Johann Wolfgang von. Teoría de la naturaleza. Madrid: Editorial Tecnos, 1997.

______. Máximas e reflexões. ; tradução Marco Antonio Casanova. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003.

______. Maximen und Reflexionen. IN: GOETHE, J.W. Naturwissenschaftliche Schriften I. Band 12. München (Alemanha): Deutscher Taschenbuch Verlag, 2000. p.203-248

GUATTARI, Felix. As três ecologias. Campinas, SP: Papirus, 1995.

NISKIER, Arnaldo. Filosofia da educação: uma visão crítica. Rio de Janeiro: Consultor, 1992.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

REZENDE, Antonio Muniz de. Concepção fenomenológica da educação. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1990.

SCALA, André. Espinosa. Tradução Tessa Moura Lacerda. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

SCHIEREN, Jost. Anschauende Urteilskraft: methodische und philosophische Grundlagen von Goethes naturwissenschaftlichem Erkennen. Düsseldorf; Bonn: Parerga, 1998

__________. Goethes meditatives Naturerkennen. In: SCHIEREN, J. (Hsrg.). Rationalität und Intuition in philosophischen und pädagogischen Perspektive. Frankfurt, Deutschland: Peter Lang, 2008. p.61-90

SILVA, Carlos Cardoso. A educação e sua dimensão fenomenológica. Campinas, SP: Editora Alérea, 2003.

STEINER, Rudolf. A obra científica de Goethe. São Paulo: Associação Pedagógica Rudolf Steiner, 1980.

URBANO, Zilles. Apresentação. In: HUSSERL, Edmund. A crise da humanidade européia e a filosofia. Tradução de Zilles Urbano. Porto Alegre, 1996. p.7-19

WAHN, Daniel C.. “Zarte Empirie”: Goethean Science as a Way of Knowing. IN: Janus Head, Vol. 8, n. 1, p.160-172. Amherst (NY, EUA): Trivium Publications, 2005. p.58-76.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v30i1.3462

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.