Cartografando uma Educação Ambiental Menor

Autores

  • Adalberto Ferdnando Inocêncio Universidade Estadual de Londrina https://orcid.org/0000-0002-2659-3073
  • Moisés Alves Oliveira Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.14295/remea.v38i2.12860

Palavras-chave:

educação menor, tecnologias de si, micropolítica.

Resumo

O objetivo assumido nesta investigação foi o de colocar em evidência quais tecnologias/técnicas estão em jogo na experimentação de liberdades. Neste recorte, a escrita de si é enfatizada como tecnologia de si. Com base na materialidade discursiva presente nos escritos jornalísticos de Rodrigo Barchi, buscou-se cartografar uma educação ambiental menor, caracterizada pela proximidade com a micropolítica e a microfísica. Tal potência minoritária se constitui por narrativas não assimilacionistas que escapam de ecologias policialescas e normativas incitadas pela ecogovernamentalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adalberto Ferdnando Inocêncio, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Ensino de Ciências pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Professor colaborador na Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Moisés Alves Oliveira, Universidade Estadual de Londrina

Professor associado ao Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Referências

BARROS, Laura Pozzana de; KASTRUP, Virgínia. Cartografar é acompanhar processos. In: PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da. Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2015.

DELEUZE, Gilles. Conversações. São Paulo: ed. 34, 1992.

DELEUZE, Gilles. Foucault. São Paulo: Brasiliense, 2013.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Postulados da linguística. In. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 2. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2011.

DELEUZE, Gilles. Kafka: por uma literatura menor. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

DUQUE-ESTRADA, Elizabeth Muylaert. Devires autobiográficos: a atualidade da escrita de si. Rio de Janeiro: NAU/Editora PUC-Rio, 2009.

FOUCAULT, Michel. Segurança, Território, População. Martins Fontes: São Paulo, 2008.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 22. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

FOUCAULT, Michel. As Técnicas de Si. In: FOUCAULT, Michel. Ditos e escritos, v. IX: genealogia da ética, subjetividade e sexualidade. (Organizado por Manoel Barros da Motta). Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014a.

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬ FOUCAULT, Michel. História da sexualidade 2: O uso dos prazeres. São Paulo: Paz e Terra, 2014b.

FOUCAULT, Michel. A escrita de si. In: FOUCAULT, Michel. Ditos e escritos, v. V: ética, sexualidade, política. 3. ed. (Organizado por Manoel Barros da Motta). Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2017.

GALLO, Sílvio. Em torno de uma educação menor. Revista Educação & Realidade. ed. 27, v. 2. jul/dez. 2002. (p. 169-178).

GALLO, Sílvio. Deleuze & a Educação. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016.

GODOY, Ana. Conservar docilidades ou experimentar intensidades. In: PREVE, Ana Maria; CORRÊA, Guilherme (Orgs.). Ambientes da ecologia: perspectivas em política e educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2007.

GODOY, Ana. A menor das ecologias. São Paulo: Editora da USP, 2008.

GUIMARÃES, Leandro Belinaso. A invenção de dispositivos pedagógicos indagativos sobre o ambiente. In: XII Congresso da Associação Internacional para Pesquisa Intercultural (ARIC), 2009, Florianópolis. Anais... Florianópolis: ARIC, 2009, v. 1. p. 01-13.

HENNING, Paula Corrêa. Provocações para este tempo... a educação ambiental e os atravessamentos midiáticos. In: PREVE, Ana Maria Hoepers; GUIMARÃES, Leandro Belinaso; BARCELOS, Valdo; LOCATELLI, Júlia Schateck (Orgs.). Ecologias inventivas: conversas sobre educação. Santa Catarina: Edunisc, 2012.

HENNING, Paula Corrêa; SILVA, Gisele Ruiz. Rastros da Educação Ambiental. O dissenso como potência criadora. In: HENNING, Paula Corrêa; MUTZ, Andresa Silva da Costa; VIEIRA, Virgínia Tavares. (Orgs.). Educações Ambientais possíveis: ecos de Michel Foucault para pensar o presente. Curitiba: Appris, 2018.

KASTRUP, Virgínia. O funcionamento da atenção no trabalho do cartógrafo. In. PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da. Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2015.

MALDONADO, Maritza Maciel Castrillon. A ordem do discurso da educação ambiental. Porto Alegre: UFRGS, 2001. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.

MALETTE, Sébastien. Foucault para o próximo século: ecogovernamentalidade. Ecopolítica. v. 1. 2011 (p. 4-25). Disponível em: < https://revistas.pucsp.br/index.php/ecopolitica/article/view/7654>. Acesso em: 26/11/2016.

NEGRI, Antônio; GUATTARI, Félix. As verdades nômades: por novos espaços de liberdade. São Paulo: Autonomia Literária e Editora Politeia, 2017.

NOAL, Fernando Oliveira; REIGOTA, Marcos; BARCELOS, Valdo Hermes de Lima (Orgs.). Tendências da Educação Ambiental brasileira. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1998.

PALHARINI, Luciana. A Educação Ambiental enquanto acontecimento. In: 28a Reunião Anual da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (ANPEd), 2005, Caxambu/ MG. Anais da 28a Reunião Anual da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (ANPEd). Rio de Janeiro/ RJ: ANPEd, 2005. Disponível em: http://www.anped.org.br/sites/default/files/gt22-3132-int.pdf. Acesso em 03/05/2018.

PASSETTI, Edson. Ecopolítica e controle por elites. In: PREVE, Ana Maria; CORRÊA, Guilherme. (Orgs). Ambientes da ecologia: perspectivas em política e educação. Santa Maria: Editora da UFSM, 2007.

PASSETTI, Edson; AUGUSTO, Acácio; CARNEIRO, Beatriz; OLIVEIRA, Salete; RODRIGUES, Thiago. Ecopolítica. Hedra: São Paulo, 2019.

PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da. Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2015.

PASSOS, Eduardo; BARROS, Regina Benevides. Por uma política da narratividade. In: PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da. Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2015.

PREVE, Ana Maria Hoepers. Onde sonham as formigas verdes: sonho, silêncio, vazio. In: GUIMARÃES, Leandro Belinaso; KRELLING, Aline; BARCELOS, Valdo (Orgs.). Tecendo Educação Ambiental na arena cultural. Petrópolis: DP et Alii Editora Ltda., 2010.

RAGO, Margareth. A aventura de contar-se: feminismos, escrita de si e invenções da subjetividade. Campinas: Editora da Unicamp, 2013.

REIGOTA, Marcos. La transversalidad en Brasil: uma banalización neoconservadora de uma propuesta pedagógica radical. Tópicos en Educación Ambiental, México, v. 2, n. 6, p. 19-26, 2000. Disponível em: http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/cd37/top26p19.pdf. Acesso em: 22/07/2017.

SIQUEIRA, Leandro. Derivas siderais, ecopolítica e governamentalidade planetária. Ecopolítica. São Paulo. v. 15. 2016 (p. 2-36). Disponível em: https://revistas.pucsp.br/ecopolitica/article/view/28360/20571. Acesso em: 22/08/2017.

VEIGA-NETO, Alfredo. Ecopolítica: um novo horizonte para a biopolítica. Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental. V. Especial, dez/2014. Disponível em: https://periodicos.furg.br/remea/article/view/4860/3045. Acesso em: 22/08/2018.

FONTES

BARCHI, Rodrigo. Educação Ambiental e Política. Jornal Cruzeiro do Sul, 2014. Disponível em: https://nave.wordpress.com/2014/01/22/educacao-ambiental-e-politica/. Acesso em: 22/07/2017.

BARCHI, Rodrigo. A educação ambiental contra o desenvolvimento sustentável. Jornal Cruzeiro do Sul, 2017. Disponível em: https://www2.jornalcruzeiro.com.br/materia/773312/a-educacao-ambiental-contra-o-desenvolvimento-sustentavel. Acesso em: 22/07/2017.

Downloads

Publicado

2021-08-20

Como Citar

Inocêncio, A. F., & Oliveira, M. A. . (2021). Cartografando uma Educação Ambiental Menor. REMEA - Revista Eletrônica Do Mestrado Em Educação Ambiental, 38(2), 94–114. https://doi.org/10.14295/remea.v38i2.12860