Representações de homem e natureza em filmes de animação: problematizações de uma pedagogia cultural

Camila Magalhães, Virgínia Tavares Vieira, Gisele Ruiz Silva

Resumo


O artigo analisa as representações de homem e de natureza que circulam nos filmes de animação da série Madagascar produzidos nos anos de 2005, 2008 e 2012. Tem como objetivo discutir o modo como são produzidas certas verdades a respeito da relação entre homem e natureza e a forma como estas instituem determinados modos de ser sujeito na contemporaneidade. Assumimos como referencial teórico o campo dos Estudos Culturais na vertente pós-estruturalista, operando modestamente com o conceito de problematização desenvolvido pelo filósofo Michel Foucault, traçando uma interlocução com autores do campo da Educação Ambiental. As análises do corpus empírico indicam a mídia cinematográfica como produtivo artefato da cultura que, numa sociedade atravessada por certa vontade de pedagogia, reforça o papel central ocupado pelo homem na relação que estabelece com a natureza, reatualizando o ideal moderno antropocêntrico.

Palavras-chave


Homem-Natureza. Representação. Pedagogia Cultural.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Marise Basso. Natureza e representação na pedagogia da publicidade. In.: COSTA, Marisa Vorraber e VEIGA-NETO, Alfredo (orgs.). Estudos Culturais em Educação: mídia, arquitetura, brinquedo, biologia, literatura, cinema... 2.ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004. p. 143 – 171.

ANDRADE, Paula Deporte; COSTA, Marisa Vorraber. Usos e possibilidades do conceito de pedagogias culturais nas pesquisas em estudos culturais em educação. Textura, Canoas v.17 n. 34 p. 48-63 maio/ago. 2015. Disponível em http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/txra/article/viewFile/1501/1140

CAMOZZATO, Viviane; COSTA, Marisa Vorraber. Vontade de pedagogia – pluralização das pedagogias e condução dos sujeitos. Cadernos de Educação da UFPel, n. 44, jan-abr. 2013. Disponível em https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/caduc/article/view/2737

CARVALHO, Isabel. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2008.

______, Isabel. Educação para sociedades ambientalmente justas. p. 1 – 9. Disponível em: https://www.yumpu.com/pt/document/view/12857634/educacao-para-sociedades-sustentaveis-e-isabel-carvalho. Acesso em: 18/03/2014.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 6ª ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

______, Michel. Microfísica do poder. 9ª ed. Rio de Janeiro: Graal, 2009.

GUIMARÃES, Mauro. Educação Ambiental Crítica. In. Identidades da educação ambiental brasileira / Ministério do Meio Ambiente. Philippe Pomier Layrargues (coord.). Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004.

GUIMARÃES, Leandro Belinaso. A importância da história e da cultura nas leituras da natureza. ANPED, 2008. Disponível em: http://29reuniao.anped.org.br/trabalhos/trabalho/GT22-1726-- Int.pdf. Acesso em: 06/11/2015.

GRÜN, Mauro. Ética e educação ambiental: a conexão necessária. 14ª ed. Campinas: Papirus, 2012.

KINDEL, Eunice AitaIsaia. A natureza no desenho animado ensinando sobre homem, mulher, raça, etnia e outras coisas mais... Tese de Doutorado, 2003. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/2504 Acesso em: 23/09/2014 22:43.

MADAGASCAR. Direção: Eric Darnell e Tom McGrath. Produção: Mireille Soria, Teresa Cheng. 1 DVD 86 min. DreamWorks Animation SKG, 2005.

MADAGASCAR 2: os procurados. Direção: Eric Darnell e Tom McGrath. Produção: Mark Swift, Mireille Soria. 1 DVD 89 min. DreamWorks Animation SKG, 2008. Título original: Madagascar: escape 2 Africa.

MADAGASCAR 3: a grande escapada. Direção: Eric Darnell. Produção: Mark Swift, Mireille Soria. 1 DVD 93 min. DreamWorks Animation SKG, 2012. Título original: Madagascar 3: Europe most wanted.

NOGUERA-RAMÍREZ, Carlos Ernesto. O governamento pedagógico: da sociedade de ensino para a sociedade da aprendizagem. 2009. 266f. Tese – Curso de Doutorado em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Disponível em http://www.michelfoucault.com.br/files/O%20governamento%20pedag%C3%B3gico.Da%20sociedade%20do%20ensino%20para%20a%20sociedade%20da%20aprendizagem.Carlos%20Ernesto%20Noguera-Ramirez.pdf. Acesso em: 15/03/2016

OST, François. A natureza à margem da lei. A ecologia à prova do direito. Lisboa: Instituto Piaget, 1995.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.

VEIGA-NETO, Alfredo. Michel Foucault e os Estudos Culturais. In COSTA, Marisa Vorraber; VEIGA-NETO, Alfredo [et al.]. Estudos culturais em educação: mídia, arquitetura, brinquedo, biologia, literatura, cinema...2. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

WORTMANN, Maria Lúcia Castagna. O uso do termo representação na Educação em Ciências e nos Estudos Culturais. Proposições. Revista Quadrienal. Faculdade de Educação - Unicamp. Vol. 12, n1(34) - março/2001.

WORTMANN, Maria Lúcia Castagna. Por que se valer do cinema, da mídia, da literatura, da televisão para discutir a natureza/ambiente?. In: ZAKRZEVSKI, Sônia Balvedi; BARCELOS, Valdo. (Orgs.). Educação Ambiental e Compromisso Social. Erechim: EdiFAPES, 2004. p. 147-161.




DOI: https://doi.org/10.14295/momento.v26i1.6843

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




MOMENTO - Diálogos em Educação, E-ISSN 2316-3100, Rio Grande/RS, Brasil

PROPESQ
PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ