A inserção da educação ambiental nos documentos que norteiam os diferentes níveis de formação
The insertion of environmental education in the documents norteing the different levels of training
La inserción de la educación ambiental en los documentos que nortee los diferentes niveles de formación

Haline da Silva Miotto, Raul Calixto Gonçalves, Ailton Jesus Dinardi

Resumo


A Educação Ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, ou seja, não cabe somente a educação básica ou a educação superior proporcionar espaços de formação ambiental. Diante deste direcionamento, este artigo procurou analisar a inserção da Educação Ambiental nos documentos que norteiam o ambiente educacional das escolas e das universidades, através da análise de sete Projetos Político Pedagógico (PPP) de escolas públicas estaduais e de dezesseis Projetos Pedagógicos de Curso (PPC), das licenciaturas da Universidade Federal do Pampa. Como resultados, pode-se inferir que não há uma discussão aprofundada sobre o tema, sendo que estes resultados reforçam a tese de que necessitamos rediscutir a questão ambiental, como tema formador, em todos os níveis educacionais.

Environmental education is an essential and permanent component of national education, at all levels and modalities of the educational process, ie it is not only basic education or higher education to provide spaces for environmental education. In this direction, this article sought to analyze the insertion of Environmental Education in the documents that guide the educational environment of schools and universities, through the analysis of seven Political Projects Pedagogical (PPP) of state public schools and sixteen Pedagogical Projects of Course (PPC ), of the degrees of the Federal University of Pampa. As results, it can be inferred that there is no in-depth discussion on the topic, and these results reinforce the thesis that we need to rediscute the environmental issue, as a training theme, at all levels of education.

La Educación Ambiental es un componente esencial y permanente de la educación nacional, en todos los niveles y modalidades del proceso educativo, o sea, no cabe solamente la educación básica o la educación superior proporcionar espacios de formación ambiental. En este sentido, este artículo buscó analizar la inserción de la Educación Ambiental en los documentos que orientan el ambiente educativo de las escuelas y de las universidades, a través del análisis de siete Proyectos Político Pedagógico (PPP) de escuelas públicas estatales y de dieciséis Proyectos Pedagógicos de Curso (PPC) de las licenciaturas de la Universidad Federal de Pampa. Como resultados, se puede inferir que no hay una discusión en profundidad sobre el tema, siendo que estos resultados refuerzan la tesis de que necesitamos rediscutir la cuestión ambiental, como tema formador, en todos los niveles educativos.

Palavras-chave


Educação Ambiental; Projeto Pedagógico de Curso; Projeto Político Pedagógico.

Texto completo:

PDF

Referências


AB’ SABER, Aziz. Nacib. (Re)conceituando Educação Ambiental. São Paulo: CNPQ/MAST. 1994, SP.

BERNARDES, Maria. Beatriz. Junqueira.; PIETRO, Elisson. Cesar. Educação Ambiental: Disciplina versus

tema transversal. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental.

Rio Grande, v. 24, p. 173-185, 2010.

BRASIL. Lei 9.795 de 27 de abril de 1999, dispõe sobre a educação ambiental,

institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências.

Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 28 de abril de 1999.

BRASIL. Resolução nº 2 de 15 de junho de 2012, Diretrizes Curriculares

Nacionais para Educação Ambiental, do Conselho Federal de Educação.

Brasília, DF, 2012.

DINARDI, Ailton Jesus; ARAUJO, Silvana Chaves. Inserção da Temática Ambiental nos Cursos de Graduação da Universidade Federal do Pampa – Uruguaiana/RS. Debates em Educação, ISSN 2175-6600 – Maceió, vol. 9, n°17, Jan./Abr.2017

DONAIRE, Denis. Gestão Ambiental na Empresa. São Paulo: Atlas, 1995. Cap. 5.

FRAUCHES, Celso. Educação superior comentada – políticas, diretrizes,

legislação e normas do ensino superior. Educação Superior Comentada |

Políticas, diretrizes, legislação e normas do ensino superior. Ano 2, Nº 76 de

de setembro a 1º de outubro de 2012. Disponível em:

%E2%80%93-politicas-diretrizes-legislacao-e-normas-do-ensino-superior> Acesso

em 10 de setembro de 2017.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade.

Petrópolis, RJ: Vozes. 2000.

MOURA CARVALHO, Isabel. Cristina. A invenção ecológica: narrativas e trajetórias da educação

ambiental no Brasil. Porto Alegre: Ed Universidade/UFRGS, 2001.

MOREIRA, Marco Antônio. Metodologia de Pesquisa em Ensino. São Paulo: Livraria da

Física, 2011.

MORESI, Eduardo. Metodologia da Pesquisa. Universidade Católica de Brasília – UCB. Pró-Reitoria de Pós-Graduação – PRRG, Brasília -DF, Mar. 2003. Disponível em: https://s3.amazonaws.com/academia.edu.documents/34168313/MetodologiaPesquisa-Moresi2003.pdf?AWSAccessKeyId=AKIAIWOWYYGZ2Y53UL3A&Expires=1534221036&Signature=x2n1XPs2%2F3JkYbw2iGhw0uGJhdc%3D&response-content-disposition=inline%3B%20filename%3DMetodologia_da_Pesquisa_PRO-REITORIA_DE.pdf. Acesso em 07 de agosto de 2018.

OLIVEIRA, Haydée. Torres. de. Educação ambiental – ser ou não ser uma disciplina:

essa é a principal questão?! In: Vamos Cuidar do Brasil - conceitos e

práticas em educação ambiental na escola. Coord. Soraia S. de Mello, Raquel

Trajber. MEC/CGEA MMA/DEA: UNESCO, 2007.

RIBEIRO, Adriano. A Gestão Democrática do Projeto Político-Pedagógico na Escola Pública de Educação Básica. Dissertação. Curitiba: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2007.

SAUVÉ, Lucie. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: SATO, M;

CARVALHO; I.C.M. (e colaboradores). Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre, Artmed, 2005.

SEVERINO, Antônio. Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23 ed. São Paulo: Cortez, 2007.

TOZONI-REIS, Marilia Freitas de Campos. Pesquisa-ação em Educação Ambiental. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 3, n. 1 – pp. 155-169, 2008.

UNIPAMPA. Projeto Pedagógico do Curso Licenciatura em Educação do Campo. Área: Ciências da Natureza. Dom Pedrito, 2013a.

______ Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. São Gabriel, 2013b.

______ Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Letras- Português e Literaturas de Língua Portuguesa. Bagé, 2014.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i1.8583

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.