Programa de Educação Ambiental – PIEASINOS: relato de uma “morte” anunciada
Environmental Education Program -PIEASINOS: report of a "death" announced
Programa de Educación Ambiental -PIEASINOS: relato de una "muerte" anunciada

Rildo Goulart Peres, Thaís Presa Martins, Nádia Geisa Silveira de Souza

Resumo


A elaboração de um programa de Educação Ambiental em uma empresa pública do Rio Grande do Sul enfrenta obstáculos que são percebidos desde as etapas de planejamento, até as de execução. Neste artigo, apresentamos as ideias que originaram o programa de Educação Ambiental da Companhia Riograndense de Saneamento, mais especificadamente na Superintendência Regional dos Sinos, onde se apresentam as dificuldades que tornaram o projeto inexequível. No entanto, o corporativo tem mostrado uma vontade de verdade ao reformular o organograma da empresa, criando uma área específica dotada com verba para ações de Educação Ambiental e Resíduos, além de funcionários capacitados para essa função.

The elaboration of an Environmental Education program in a public company in Rio Grande do Sul faces obstacles that are perceived from the planning stages to the execution stages. In this article, we present the ideas that originated the Environmental Education program of Companhia Riograndense de Saneamento, more specifically in the Regional Superintendence of Bells, which presents the difficulties that made the project unfeasible. However, the corporate has shown a real desire to reformulate the company's organization chart, creating a specific area endowed with funding for Environmental Education and Waste actions, as well as employees qualified for this function.

La elaboración de un programa de Educación Ambiental en una empresa pública de Rio Grande do Sul enfrenta obstáculos que se perciben desde las etapas de planificación, hasta las de ejecución. En este artículo, presentamos las ideas que originaron el programa de Educación Ambiental de la Compañía Riograndense de Saneamiento, más específicamente en la Superintendencia Regional de las Campanas, donde se presentan las dificultades que hicieron el proyecto inexequible. Sin embargo, el corporativo ha mostrado una voluntad de verdad al reformular el organigrama de la empresa, creando un área específica dotada con fondos para acciones de Educación Ambiental y Residuos, además de funcionarios capacitados para esa función.

Palavras-chave


Educação Ambiental. CORSAN. Regime de verdade.

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. Sujeito ecológico: a dimensão subjetiva da ecologia. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me4655.pdf. Acesso em: 18 ago. de 2018.

COMITESINOS. Plano de Bacia. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. de 2018.

CORSAN. ASCOM. Materiais diversos coletados no período de 2010 a 2017.

_______. Meio Ambiente. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. de 2015, link desabilitado pela empresa.

_______. Diálogos do Saneamento – Diretoria de Operações. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. de 2018.

_______. Missão e Visão. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. de 2018.

DUVOISIN, Ivane Almeida. A necessidade de uma visão sistêmica para a Educação Ambiental: conflitos entre o velho e o novo paradigmas. In: RUSCHEINSKY, Aloísio. (Orgs). Educação Ambiental: abordagens múltiplas. Porto Alegre, RS: Artmed, 2002.

FOGLIATO, Débora. SUL21. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. de 2018.

FONSECA, Marcio Alves da. Entre a vida governada e o governo de si. In: JUNIOR, Durval Muniz de.; VEIGA-NETO, Alfredo.; FILHO, Alipio de Souza. (Orgs). Cartografias de Foucault. 2. Ed. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2011.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. São Paulo, SP: Vozes, 2014.

GASPAROTTO, Juliana Schwingel. Entre morros, composteiras e lixeiras: labirintos pedagógicos nas abordagens de Educação Ambiental. 2010. 197 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. de 2018.

GUIMARÃES, Leandro Belinaso; SAMPAIO, Shaula Maíra Vicentini de; ZANCO, Janice. Fundamentos de Educação Ambiental. In a: REIGOTA, Marcos (Org.), Educação Ambiental e Práticas Pedagógicas Cotidianas. Intermeios, São Paulo, 2015.

IBGE. Indicadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: . Acesso em: 08 jul. de 2018.

LIMA, Gustavo Ferreira da Costa. Questão Ambiental e Educação: contribuições para o debate. Ambiente e Sociedade, NEPAM/UNICAMP, Campinas, ano II, n.5, 135-153, 1999.

MARTINS, Thaís Presa. As naturezas de Natura Ekos: vídeos publicitários constituindo sujeitos consumidores “sustentáveis”. Dissertação de mestrado Programa de Pós-graduação em Educação e, Ciências: Química da Vida e da Saúde/ UFRGS, 2016.

NOVO, Maria. La educación ambiental: Bases éticas, conceptuales y metodológicas. Madrid: Editorial Universitas, 1995.

PERES, Rildo Goulart. Programa Integrado de Educação Ambiental da Superintendências do Vale dos Sinos. Material interno da SURSIN/CORSAN, 2016.

PROSINOS. Consórcio Prosinos. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. de 2018.

RS. Política Estadual de Educação Ambiental. Lei nº 13.597, de 30 de dezembro de 2010, da nova redação à Lei n.o 11.730. Rio Grande do Sul, Assembleia Legislativa. Disponível em: . Acesso em 12 jul. de 2018.

SAMPAIO, Shaula Maíra Vicentini. Uma floresta tocada apenas por homens puros: do que aprendemos com os discursos contemporâneos sobre a Amazônia. Tese Doutorado em Educação. Porto Alegre, RS: Faculdade de Educação/UFRGS, 2012.

SAUVÉ, Lucie. Uma cartografia das correntes em Educação Ambiental. In: SATO, Michèle; CARVALHO, Isabel (Orgs.). Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre, RS: Artmed, 2005, pp.18-44.

SORRENTINO, Marcos. Educação ambiental e universidade: um estudo de caso. Tese de Doutorado. São Paulo: Universidade de São Paulo, 1995.

TEIXEIRA, Lucas André; NEVES, Juliana Pereira; SILVA, Fabiane de Paula; TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos; NARDI, Roberto. Referenciais teóricos da pesquisa em educação ambiental em trabalhos acadêmicos. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, no VI, 2007, Florianópolis. Anais... São Paulo: ABRAPEC, 2007. (1 CD-ROM).




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i1.8572

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.