A percepção dos alunos do ensino fundamental sobre o uso da água consumida no município de Belém-PA
The perception of fundamental education students on the use of consumed water in the county of Belém-PA
La percepción de los alumnos de la enseñanza fundamental sobre el uso del agua consumida en el municipio de Belém-PA

João Ricardo Souza do Rêgo, Aline Maria Meiguins de Lima

Resumo


Trata-se de pesquisa baseada no método aleatório probabilístico para população finita, realizada com 62 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental matriculados em um colégio localizado no Município de Belém (Pará). Objetivou-se analisar a percepção dos alunos sobre o uso da água. Parte do pressuposto de que o ensino formal deve direcionar os educandos a posicionarem-se frente às problemáticas e questões sociais, sendo a Educação Ambiental responsável por apresentar aos alunos questões relevantes acerca do desenvolvimento sustentável, especialmente, o uso racional dos recursos hídricos disponíveis. Os resultados obtidos revelaram a forte correlação entre a realidade cotidiana e a construção da percepção de que o uso racional da água é fator indispensável para o desenvolvimento sustentável.

This is a research based on the probabilistic random method for finite population, carried out with 62 students from the 6th to the 9th year of Elementary School enrolled in a college located in the Municipality of Belém (Pará). The objective was to analyze the students' perception about water use. It is based on the assumption that formal education should direct learners to position themselves in the face of social problems and issues, and Environmental Education is responsible for presenting students with relevant questions about sustainable development, especially the rational use of available water resources. The results obtained will reveal that there is a relationship between everyday reality and the construction of a perception that rational use of water is an indispensable factor for sustainable development.

Se trata de una investigación basada en el método aleatorio probabilístico para población finita, realizada con 62 alumnos del 6º al 9º año de la Enseñanza Fundamental matriculados en un colegio localizado en el Municipio de Belém (Pará). Se objetivó analizar la percepción de los alumnos sobre el uso del agua. Parte del supuesto de que la enseñanza formal debe dirigir a los educandos a posicionarse frente a las problemáticas y cuestiones sociales, siendo la Educación Ambiental responsable de presentar a los alumnos cuestiones relevantes acerca del desarrollo sostenible, especialmente, el uso racional de los recursos hídricos disponibles. Los resultados obtenidos revelaron que existe una correlación entre la realidad cotidiana y la construcción de una percepción que el uso racional del agua es un factor indispensable para el desarrollo sostenible.

Palavras-chave


Recursos Hídricos. Educação Ambiental. PercepçãoAmbiental.

Texto completo:

PDF

Referências


ALAMINO, André Luiz Martins et al. Qualidade da água: conservação, preservação e Educação Ambiental – conscientizando alunos de 5ª serie. Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente: UNESP, 2005.

ANTUNES, CamilaMuniz Melo et al. Qualidade das águas e percepção de moradores sobre um rio urbano. Revista Brasileira de Ciências Ambientais, Rio de Janeiro, n, 32, p. 75-87, jun. 2014.

ARANHA, Sylvia Carolina. et. al. Condições ambientais como fator de risco para doenças em comunidade carente na Zona Sul de São Paulo. Revista APS, São Paulo, v.9, n.1, p. 20-28, jan./jun. 2006.

BACCI, Denise de La Corte; PATACA, Ermelinda Moutinho. Educação para a água. Estudos Avançados, São Paulo, v. 22, n. 63, p. 211-226, 2008.

BARRETO, Leopoldo Melo; CUNHA, Jamiri Soares. Concepções de meio ambiente e Educação Ambiental por alunos do ensino fundamental em Cruz das Almas (BA): um estudo de caso. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 315-326, 2016.

CARMO, Roberto Luiz do; DAGNINO, Ricardo de Sampaio; JOHANSEN, IgorCavallini. Transição demográfica e transição do consumo urbano de água no Brasil. Revista Brasileira de Estudos de População, Rio de Janeiro, v. 31, n. 1, p. 169-190, 2014.

CARVALHO, Aurean de Paula; RODRIGUES, Maria Anunciada Neri. Percepção ambiental de moradores no entorno do açude Soledade no estado da Paraíba. Revista eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, Santa Maria, v. 19, n. 3, p. 25-35, set-dez. 2015.

CASALI, Carlos Alberto. Qualidade da água para consumo humano ofertada em escolas e comunidades rurais da região central do Rio Grande do Sul. 2008. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria. Rio Grande do Sul. Disponível em: http://w3.ufsm.br/ppgcs/images/Dissertacoes/CARLOS-ALBERTO-CASALI.pdf Acesso em: 02 jan. 2018.

CASTOLDI, Rafael; BERNARDI, Rosângela; POLINARSKI, Celso Aparecido. Percepção dos problemas ambientais por alunos do ensino médio. Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 56-80, 2009.

DIAS, Genebaldo Freire Educação Ambiental: princípios e práticas. São Paulo: Gaia, 2004.

DIAS, Genebaldo Freire. Atividades interdisciplinares de Educação Ambiental. São Paulo: Global Editora e Distribuidora Ltda, 2015.

DIAS, Helena Maria Calçada. Educação e Ambiente: Um percurso de aprendizagem sobre a interdependência entre a água e o mundo verde. 2016. Dissertação de Mestrado (Educação). Escola Superior de Educação. 2016.

FONTELLES, Mauro José. et. al. Metodologia da pesquisa: diretrizes para o cálculo do tamanho da amostra. Revista Paraense de Medicina, Belém, v. 24, n. 2, 2012.

GONÇALVES, Keyt Oliveira; FERNANDES, Lindemberg Lima.; GIRARD, Luiza. Diagnóstico do serviço de abastecimento de água na percepção do usuário no município de Barcarena-Pará. Revista Monografias Ambientais, Santa Maria, v. 14, n. 1, p. 20-25, 2015.

GUIMARÃES, Mauro. Caminhos da Educação Ambiental. São Paulo: Papirus, 2006.

JACOBI, Pedro. Environmental education, citizenshipandsustainability. Cadernos de Pesquisa, n. 118, p. 189-206, 2003.

LIMA, FranciscoEdicarlos de Oliveira. Percepção ambiental na escola: estudo de caso utilizando um projeto sobre parâmetros físico-químicos da água. Revista Educação Ambiental em Ação, n. 59, mar./maio 2017.

MEDEIROS, Aurélia Barbosa de. et al. A Importância da Educação Ambiental na escola nas séries iniciais. Revista Faculdade Montes Belos, Goiás, v. 4, n. 1, p. 1-17, 2011.

OLIVEIRA, Everton Mário de.et al. Percepção ambiental e sensibilização de alunos de colégio estadual sobre a preservação da nascente de um rio. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, v. 30, n. 1, p. 23-37, jan./jun. 2013.

PFEIFER, Fernanda Jéssica. Percepção ambiental dos discentes do ensino fundamental anos finais em relação à economia e preservação da água. Revista Educação Ambiental em Ação, n. 59, mar./maio 2017.

REBOUÇAS, Aldo da Cunha. Uso inteligente da água. Rio de Janeiro: Escrituras Editora e Distribuidora de Livros Ltda., 2015.

SANTOS, Rodrigo Augusto Moreno; PEREIRA, Luci Cajueiro Carneiro. Qualidade da água para consumo humano no município de Bragança-PA, Amazônia costeira. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO AMBIENTAL, 6. Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: UFRGS. 2015.

SILVA, Monica Maria Pereira da; LEITE, Valderi Duarte. Estratégias para realização de Educação Ambiental em Escolas do ensino fundamental. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental,Rio Grande, v. 20, p. 372-392, jan./jun. 2008.

SILVA, Danise Guimarães da.A importância da Educação Ambiental para a sustentabilidade. 2012. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso). Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí. Paranavaí - Paraná. 2012. Disponível em: http://www.uniedu.sed.sc.gov.br/wp-content/uploads/2014/04/DANISE-GUIMARAES-DA-SILVA.pdf Acesso em: 02 jan. 2018.

TUNDISI, JoséGalízia. Novas perspectivas para a gestão de recursos hídricos. Revista USP, São Paulo, n.70, p.24-35, 2006.

VALMORBIDA, FrancieliDalleLaste. Percepção e prática educativa ambiental de alunos do Ensino fundamental ii de uma escola da área rural do Município de Itá-SC. 2013. Monografia (Especialização). Universidade Federal do Paraná. Paraná. Disponível em: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/4549/1/MD_GAMUNI_2014_2_7.pdf Acesso em: 02 jan. 2018.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v35i2.7713

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.