Educação ambiental e consciência planetária: uma necessidade formativa
Educación ambiental y concienciaplanetaria: una necesidad formativa
Environmental education and planetary consciousness: a formative need

Thiago Henrique Barnabé Corrêa, Néstor Adolfo Pachón Barbosa

Resumo


O presente artigo tem como objetivo suscitar algumas questões que buscam o entendimento da Educação Ambiental para além de uma política pública, sobretudo, como uma necessidade formativa que exige mais do que uma mudança atitudinal dos sujeitos, exige o desenvolvimento de uma consciência planetária e uma identidade: ser humano/ser-no-mundo. Frente ao exposto, visa-se discutir a importância da Educação Ambiental (EA) como elemento formativo e constitutivo do cidadão, e a necessidade de aquisição de um novo olhar para o meio compartilhado. Assim, para assumir uma visão de EA não cabe receitas ou atividades prescritivas, mas, planejamento e a execução de atividades reflexivas que tornem os sujeitos envolvidos parte ativa do processo educativo. Na realização deste trabalho, o qual é de caráter exploratório, buscou-se, à luz da literatura, promover o diálogo com autores e interlocutores de referência na discussão do tema.

El presente artículo tiene como objetivo suscitar algunascuestiones que buscanelentendimiento de laEducación Ambiental (EA) más allá de una política pública, sino, como una necesidad formativa que exige más que un cambio de actitud de lossujetos, exige eldesarrollo de una concienciaplanetaria y una identidad: ser humano/ser-enel-mundo. Frente a lo expuesto, se pretende discutir la importancia de la Educación Ambiental (EA) como elemento formativo y constitutivo del ciudadano, y la necesidad de adquirir una nueva mirada hacia el medio compartido. Así, para asumir una visión de EA no cabe recetas o actividades prescriptivas, sino, planificación y la ejecución de actividades reflexivas que hagan a los sujetos involucrados parte activa del proceso educativo. En la realización de este trabajo, el cual es de carácter exploratorio, se buscó, a la luz de la literatura, promover el diálogo con autores e interlocutores de referencia en la discusión del tema.

This article aims to raise some questions that seek to understand Environmental Education beyond a public policy, especially as a formative need that requires more than an attitude change, requires the development of a planetary consciousness and an identity: to be human/to be-in the-world. In view of the above, it is intended to discuss the importance of Environmental Education as a formative and constitutive element of the citizen, and the need to acquire a new look towards the shared environment. Thus, to assume a vision of environmental education, there is no prescriptive prescriptions or activities, but rather, planning and execution of reflexive activities that make the involved subjects an active part of the educational process. In the realization of this work, which is an exploratory one, it was sought, in the light of the literature, to promote the dialogue with authors and interlocutors of reference in the discussion of the subject.

Palavras-chave


Educação Ambiental; Consciência ambiental ativa; Geração sustentável.

Texto completo:

PDF

Referências


AIRES, Berenice Feitosa da Costa; SUANNO, João Henrique. A Educação Ambiental numa perspectiva transdisciplinar: uma articulação entre a Educação Superior e a Educação Básica. Rev. Eletrônica Mestr. Educ. Ambient. Rio Grande, v. 34, n. 2, p. 42-56, 2017.

CORRÊA, Thiago Henrique Barnabé; PINEDA, Maura Olivia García. Juventud y Desarrollo Sostenible. Anales de Ingeniería, ed. 939, p. 52-55, 2017.

CHAVES, Rayssa Aguiar; GAIA, Marília Carla Mello. O papel da escola na construção da Educação Ambiental: ações e reflexões. Revista da SBEnBIO, v. 7, p. 6356-6368, 2014.

CHASSOT, Attico. Alfabetização científica: questões e desafios para a educação. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2010.

DURKHEIM, Émile. La división del trabajo social. 4ª Ed., Biblioteca del Pensamiento Moderno, 2010.

DINIZ, Edna Maria; TOMMASIELLO, Maria Guiomar Carneiro. A pedagogia da complexidade e o ensino de conteúdos atitudinais na Educação Ambiental. Rev. Eletrônica Mestr. Educ. Ambient., Rio Grande, v. 15, n. 1, p. 80-93, 2005.

EFFITING, Tânia Regina. Educação Ambiental nas escolas públicas: Realidade e desafios. Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2007.

GRÜN, Mauro. Ética e Educação Ambiental: a conexão necessária. Campinas, SP: Papirus, 1996.

HENRIQUES, Ricardo; TRAJBER, Rachel; MELLO, Soraia; LIPAI, Eneida Maekawa; CHAMUSCA, Adelaide. Educação Ambiental: aprendizes de sustentabilidade. Cadernos SECAD 1, Ministério da Educação: Brasília, 2007.

JACOBI, Pedro. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa. n. 118, p. 189-206, 2003.

MORIN, Edgar. Los siete saberes necesarios para la educación del futuro. ed. 2, Cortez Editora, 2011.

REIGOTA, Marcos. Educação Ambiental: a emergência de um campo científico. Perspectiva, Florianópolis, v. 30, n. 2, p. 499-520, 2012.

_____. O que é educação ambiental. Coleção Primeiros Passos. São Paulo: Editora Brasiliense, 1998.

SANTOS, Wildson Luiz Pereira dos; SCHNETZLER, Roseli Pacheco. Educação em Química: compromisso com a cidadania. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2010.

SAUVÉ, Lucie. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 31, n. 2, p. 317-322, 2005.

SORRENTINO, Marcos, TRAJBER, Rachel; FERRARO JR, Luiz Antônio. Educação ambiental como Política Pública. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 285-299, 2005.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 1998.

SHAMOS, Morris Herbert. The myth of scientific literacy. New Brunswick: Rutgers University Press, 1995.

TOMMASIELLO, Maria Guiomar Carneiro; ROCHA, Erilda Marques Pereira da. Diretrizes curriculares nacionais na Educação Ambiental: considerações sobre a sua implementação no Brasil. Ensenanza de Las Ciencias, v. 1, p. 684-688, 2013.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v35i2.7692

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.