Desenvolvimento Sustentável, Sustentabilidade, Educação Ambiental e Educação para o Desenvolvimento Sustentável: Reflexões para ensino de graduação<br>Desarrollo Sostenible, Sustentabilidad, Educación Ambiental y Educación para el Desarrollo Sostenible: Reflexiones para enseñanza de graduación<br>Sustainable Development, Sustainability, Environmental Education and Education for Sustainable Development: Reflections for undergraduate education

Autores

  • Mônica Marella Corrêa Universidade Federal Fluminense
  • Patricia Almeida Ashley Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.14295/remea.v35i1.7417

Palavras-chave:

Ensino Superior, Educação para o desenvolvimento sustentável, Educação Ambiental

Resumo

A confusão de interpretações sobre os termos desenvolvimento sustentável (DS), sustentabilidade, educação ambiental (EA) e educação para o desenvolvimento sustentável (EDS) pode resultar em uma divergência entre projetos e propostas. Essa divergência é refletida nas Instituições de Ensino Superior, em currículo, ementas e práticas de ensino. Este trabalho se propõe a trazer discussões sobre: desenvolvimento sustentável e sustentabilidade; desenvolvimento sustentável e governança; e desenvolvimento sustentável e educação; assim como reflexões para o ensino de graduação. Portanto, visa mostrar como o entendimento e ações em concordância os temas discutidos podem funcionar como um fomento para inovações e avanços para o ensino superior. Por exemplo, a sugestão de criação de um modelo de classificação de ementas que possa analisar o tipo de temática ambiental que aquele conteúdo oferece. La confusión de interpretaciones sobre los términos desarrollo sostenible, sostenibilidad, educación ambiental y educación para el desarrollo sostenible puede resultar en una divergencia entre proyectos y propuestas. Esta divergencia se refleja en las Instituciones de Enseñanza Superior, en currículos y prácticas de enseñanza. Este trabajo se propone a traer discusiones sobre: desarrollo sostenible y sostenibilidad; desarrollo sostenible y gobernanza; y el desarrollo sostenible y la educación; así como reflexiones para la enseñanza de graduación. Por lo tanto, pretende mostrar cómo el entendimiento y acciones en concordancia con los temas discutidos pueden funcionar como un fomento para innovaciones y avances para la enseñanza superior. Por ejemplo, la sugerencia de crear un modelo de clasificación de plan de estudios que pueda analizar el tipo de temática ambiental que el contenido ofrece. The misinterpretation of the terms sustainable development (SD), sustainability, environmental education (EE) and education for sustainable development (ESD) can result in a divergence between projects and proposals. This divergence and reflection in Higher Education Institutions, in curriculum, events and teaching practices. This paper proposes to bring discussions about: sustainable development and sustainability; sustainable development and governance; and sustainable development and education; as well as reflections for undergraduate education. Therefore, it aims to show how the understanding and actions, in concordance the themes discussed, can work as a promoter for innovations and advances for higher education. For example, the suggestion to create a menu classification model that can analyze the type of environmental theme that content offers.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Marella Corrêa, Universidade Federal Fluminense

Bacharel em Ciência Ambiental (graduada em 2016.2). Trabalho de Conclusão de Curso orientado pela Profa. Patricia Almeida Ashley: Educação para o desenvolvimento sustentável em componentes curriculares no ensino de graduação: uma proposta de modelo de classificação para fins de recuperação da informação. Pesquisadora do Núcleo Girassol de Estudos em EcoPolíticas e EConsCiencias.

Patricia Almeida Ashley, Universidade Federal Fluminense

Professora Associada, vinculada ao Departamento de Análise Geoambiental do Instituto de Geociências e coordenadora do Núcleo Girassol de Estudos em EcoPolíticas e EConsciencias com duas linhas de atuação: Educação e Culturas para o Desenvolvimento Sustentável (Linha EConsCiencias) e Políticas Públicas e Governança para o Desenvolvimento Sustentável (Linha EcoPolíticas). Atuação interdisciplinar articulando Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas, com foco em Educação Ambiental, Políticas Públicas, Economia Política e Ciência da Informação aplicados ao estudo de políticas, estratégias, governança, economias e culturas orientadas por/para responsabilidade social e desenvolvimento sustentável, em uma perspectiva multiatores, multinível e territorializada. Possui Bacharelado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (Brasil, 1985), com ênfase em Políticas Públicas; Especialização em Análise e Projeto de Sistemas pelo IBAM (Brasil, 1991); Mestrado em Gestão de Serviços Públicos, como bolsista pelo The British Council, com pesquisa em políticas de desenvolvimento local por estratégias de 'service level agreement/acordo de serviços' na Aston University (UK, 1993); Doutorado em Administração de Empresas, como bolsista pela CAPES, no IAG/PUC-Rio (Brasil, 2002) com tese sobre estratégias de responsabilidade social; Estágio Pós-Doutoral em responsabilidade social, desenvolvimento e equidade no ISS/EUR (Holanda, 2011). Selecionada, na América Latina, para o mandato 2009/2011 da cátedra Prince Claus Chair in Development and Equity (Holanda), a partir do impacto da produção em responsabilidade social empresarial (www.princeclauschair.nl). Veja mais em CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/4561821653031517

Referências

BARBIERI, José Carlos; SILVA, Dirceu da. Desenvolvimento sustentável e educação ambiental: uma trajetória comum com muitos desafios. Revista de Administração Mackenzie, Ram, São Paulo, v. 12, n. 3, p.51-82, jun. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1678-69712011000300004&script=sci_abstract&tlng=pt >. Acesso em: 1 out. 2016.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Comissão de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Minorias. Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento: Agenda 21. Brasília: 1995. Disponível em: <http://bd.camara.gov.br/bd/handle/bdcamara/7706#>. Acesso em: 1 out. 2016.

FREY, Klaus. A dimensão político-democrática nas teorias de desenvolvimento sustentável e suas implicações para a gestão local. Ambiente & Sociedade, Campinas, n. 9, p.115-148, dez. 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-753X2001000900007&script=sci_abstract&tlng=ptC:UsersPatriciaDesktopMonica. Acesso em: 30 set. 2016.

JACOBI, Pedro. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p.189-205, mar. 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-15742003000100008&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 30 set. 2016.

JESUS, Djanires Lageano Neto de; SILVA, Roberta de Arruda Braga. A inclusão da Educação Ambiental nos conteúdos curriculares do ensino superior sul-mato-grossense: cenários e perspectivas. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 11, n. 2, p.164-177, 2016. Disponível em: <http://www.sbecotur.org.br/revbea/index.php/revbea/article/view/4538>. Acesso em: 29 jul. 2017.

LEAL FILHO, Walter; MANOLAS, Evangelos; PACE, Paul. The future we want: Key issues on sustainable development in higher education after Rio and the UN decade of education for sustainable development. International Journal Of Sustainability In Higher Education, v. 16, n. 1, p.112-129, 5 jan. 2015.

LOUREIRO, Carlos Frederico B. Crítica ao fetichismo da individualidade e aos dualismos na educação ambiental. Educar em Revista, Curitiba, n. 27, p.37-53, jun. 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602006000100004>. Acesso em: 1 out. 2016.

LOUREIRO, Carlos Frederico B. et al. Contribuições da teoria marxista para a educação ambiental crítica. Cadernos Cedes, Campinas, v. 29, n. 77, p.81-97, abr. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622009000100006>. Acesso em: 1 out. 2016.

LOUREIRO, Carlos Frederico B. Trajetória e fundamentos da educação ambiental. 4. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2012. 168 p.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração de Estocolmo sobre o Ambiente Humano. 1972. Disponível em:< http://www.unep.org/Documents.Multilingual/Default.asp?DocumentID=97&ArticleID=1503&l=en>. Acesso em: 1 out. 2016.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. GENERAL ASSEMBLY. A/RES/69/211. Follow-up to the United Nations Decade of Education for Sustainable Development (2005–2014): Global Action Programme on Education for Sustainable Development. Nova Iorque: ONU, 28 jan. 2015. Disponível em < http://www.un.org/en/ga/search/view_doc.asp?symbol=A/RES/69/211> . Acesso em: 8 dez. 2016.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 2015. Traduzido pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), última edição em 13 de outubro de 2015. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/wp-content/uploads/2015/10/agenda2030-pt-br.pdf >. Acesso em: 3 out. 2016.

PACE, Paul. Education for sustainable development at higher education Institutions: a critique. Journal Of Baltic Science Education, Malta, v. 15, n. 3, p.268-270, 30 jun. 2016.

PAINTER-MORLAND, Mollie et al. Beyond the Curriculum: Integrating Sustainability into Business Schools. Journal Of Business Ethics, v. 139, n. 4, p.737-754, 2 nov. 2015. Springer Nature. http://dx.doi.org/10.1007/s10551-015-2896-6. Disponível em: <https://dspace.lboro.ac.uk/dspace-jspui/handle/2134/21318>. Acesso em: 5 out. 2017.

PELEGRINI, Djalma Ferreira; VLACH, Vânia Rúbia Farias. As múltiplas dimensões da educação ambiental: por uma ampliação da abordagem. Sociedade & Natureza, Uberlândia, v. 23, n. 2, p.187-196, ago. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132011000200003>. Acesso em: 30 set. 2016.

REIS, Sebastiana Lindaura de Arruda; BELLINI, Luzia Marta. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS COMO TEORIA E INSTRUMENTO METODOLÓGICO PARA A PESQUISA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 21, n. 1, p.276-294, 2013. Disponível em: <https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/1440/2920>. Acesso em: 30 set. 2016.

SARTORI, Simone; LATRÔNICO, Fernanda; CAMPOS, Lucila M.s.. Sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: uma taxonomia no campo da literatura. Ambiente & Sociedade, São Paulo, v. 17, n. 1, p.1-22, 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-753X2014000100002>. Acesso em: 1 out. 2016.

SILVA, Amanda Nascimento da; WACHHOLZ, Chalissa Beatriz; CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. Ambientalização curricular: uma análise a partir das disciplinas ambientalmente orientadas na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande do Sul, v. 33, n. 2, p.209-226, ago. 2016. . Disponível em: <https://www.seer.furg.br/remea/article/view/5684 >. Acesso em: 29 jul. 2017.

SILVA, Marilena Loureiro da. A educação ambiental no ensino superior brasileiro: do panorama nacional às concepções de alunos (as) de pedagogia na Amazônia. Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental, Rio Grande do Sul, volume especial, p.18-33, mar. 2013. Disponível em: <https://www.seer.furg.br/remea/article/view/3438>. Acesso em: 29 jul. 2017.

UNESCO. Educação para o desenvolvimento sustentável: objetivos de aprendizagem. Brasília: Representação da UNESCO no Brasil, 2017. Disponível em <http://unesdoc.unesco.org/images/0024/002474/247444e.pdf>. Acesso em: 29 jul. 2017.

UNESCO. Shaping the future we want: UN Decade of Education for Sustainable Development (2005-2014); final report. Paris, 2014. Disponível em:<http://unesdoc.unesco.org/images/0023/002301/230171e.pdf>. Acesso em: 29 jul. 2017.

VEIGA, José Eli da. O âmago da sustentabilidade. Estudos Avançados, São Paulo, v. 28, n. 82, p.7-23, dez. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142014000300002>. Acesso em: 28 set. 2016.

WU, Yen-chun Jim; SHEN, Ju-peng. Higher education for sustainable development: a systematic review. International Journal Of Sustainability In Higher Education, v. 17, n. 5, p.633-651, 5 set. 2016. Emerald. http://dx.doi.org/10.1108/ijshe-01-2015-0004.

Downloads

Publicado

2018-05-18

Como Citar

Corrêa, M. M., & Ashley, P. A. (2018). Desenvolvimento Sustentável, Sustentabilidade, Educação Ambiental e Educação para o Desenvolvimento Sustentável: Reflexões para ensino de graduação&lt;br&gt;Desarrollo Sostenible, Sustentabilidad, Educación Ambiental y Educación para el Desarrollo Sostenible: Reflexiones para enseñanza de graduación&lt;br&gt;Sustainable Development, Sustainability, Environmental Education and Education for Sustainable Development: Reflections for undergraduate education. REMEA - Revista Eletrônica Do Mestrado Em Educação Ambiental, 35(1), 92–111. https://doi.org/10.14295/remea.v35i1.7417

Edição

Seção

Artigos