Educação ambiental como política pública no Estado da Bahia: um olhar sobre a PEEA-BA
Environmental education as a public policy in the State of Bahia: a look at the PEEABA

Cíntira Santos Rodrigues, Cláudia Coelho Santos, Nathana Rodrigues Pereira

Resumo


A institucionalização da Educação Ambiental - EA não se tornou realidade no Brasil, implicando na ausência ou insuficiência da sua abordagem. Nesse texto objetiva-se apresentar o estudo realizado objetivando a análise da Política de Educação Ambiental do Estado da Bahia – PEEA-BA no que diz respeito aos conceitos, princípios, objetivos e EA no Ensino Formal. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, adotando a análise documental como instrumento de coleta de dados e Análise de Conteúdo como subsídios de análise. O principal documento identificado e analisado foi a Lei nº 12.056, que instituiu a Política de Educação Ambiental do Estado da Bahia – PEEA-BA. A análise do documento demonstrou que a lei baiana apresenta avanços ao incorporar aspectos de uma perspectiva crítica, emancipatória e transformadora de EA.

Palavras-chave


Educação Ambiental. Políticas Públicas. Ensino Formal

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Livia Costa; CURADO, Bento Alves Araújo Jayme Fleury; MELO, Diogenes Alves. Educação Ambiental e políticas de mobilidade e de saneamento na contemporaneidade: um desafio transdisciplinar. Rev. Terceiro Incluído NUPEAT – IESA – UFG, v.1, n.2, jul./dez./2011, p.48-73, Artigo 12. Disponível em:

BAHIA. Lei n. 12.056, de jan. 2011. Política Estadual de Educação Ambiental. Governo do Estado da Bahia. SEMA, Salvador, 2011.

BAHIA. Programa de Educação Ambiental do Estado da Bahia. Governo do Estado da Bahia. SEMA, Salvador, 2013.

BAHIA. Territórios de Identidade. Governo do Esatdo da Bahia, SEPLAN, Salvador, 2010.

BOBBIO, Norberto. O futuro da democracia: uma defesa das regras do jogo, São Paulo, Paz e terra, 2000.

BONNEMAISON, Joel. Viagem em Torno do Território. In: Corrêa, R. e Rosendahl, Z. (orgs.) Geografia Cultural: Um Século. Rio de Janeiro : EdUERJ, 2003.

BRASIL. Lei n. 9.795, 27 abr. 1999. Política Nacional de Educação Ambiental. Diário Oficial, Brasília, 28 abr. 1999.

COELHO-SANTOS, Claudia. Políticas Públicas e Educação Ambiental. In: Curso Educação Ambiental. FORMAR. Salvador: EGBA- SEMA. 2013.

FRANÇA, Luciano Marcelo. Governança para a territorialidade e sustentabilidade: a construção do senso de regionalidade. São Paulo, V. 2, supl. 3, p.111-127, Saúde, 2012.

GOLDENBERG, Mirian. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em ciências sociais. 3 ed. Rio de Janeiro: Record, 1999.

GUIMARÃES, Mauro. et. al. Educação ambiental: no consenso um embate? 3ª Ed. Campinas: Papirus, 2005.

GUIMARÃES, Mauro. et. al. Identidades da Educação Ambiental Brasileira: Educação Ambiental Crítica. Brasília, Edições MMA, 2004.

HOFSTATTER, Lakshimi Juliane Vallim; FERRARO, Luiz Antônio. Política Estadual de Educação Ambiental na Bahia: desafios à participação democrática. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Vol. 30, n. 1, p217-236, 2013.

LIMA, Gustavo Ferreira da Costa. Crise ambiental, educação e cidadania: os desafios da sustentabilidade emancipatória. In: LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo; LAYARGUES, Philippe Pomier; CASTRO, Ronaldo Souza de. (Org.) Educação Ambiental: repensando o espaço da cidadania. 3. Ed. São Paulo: Cortez, 2005. P. 109-141.

LOUREIRO, C. F. B. Educação Ambiental e movimentos sociais na construção da cidadania ecológica e planetária. In: LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo; LAYARGUES, Philippe Pomier; CASTRO, Ronaldo Souza de. (Orgs.) Educação Ambiental: repensando o espaço da cidadania. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2005.

RODRIGUES, Jessica Nascimento; GUIMARÃES, Mauro. Políticas Públicas e Educação Ambiental na contemporaneidade: uma análise crítica sobre a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA). Ambiente & Educação, vol. 15(2), 2010.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. O Brasil: território e sociedade no início do séc. XXI. RJ: Record, 2001.

SORRENTINO, Marcos. et al. Educação Ambiental como Política Pública. Educação e Pesquisa, São Paulo, 2005.

TORRES, Juliana Rezende. Educação Ambiental Crítico-Transformadora e Abordagem Temática Freireana. Tese de Doutorado. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina. 2010.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Pesquisa-ação em educação ambiental. Vol. 3. São Paulo, 2008.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v33i2.5714

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2016 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.