Inserção da educação ambiental no ensino fundamental em Aracaju – Sergipe

Rose Cleide Santos, Maria Benedita Lima Pardo, Vera Lúcia Israel

Resumo


Com o objetivo de conhecer a inserção da educação ambiental nas escolas públicas estaduais de ensino fundamental em Aracaju – Sergipe, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com seres humanos da Universidade Federal de Sergipe no parecer 646.717, foi desenvolvida pesquisa de natureza exploratória e descritiva com coleta de dados junto a 54 professores de 12 escolas, com aplicação de questionários que, procedida a análise, revelaram que a temática meio ambiente vem sendo incluída de forma transversal, mas com dificuldades para o estabelecimento de um trabalho interdisciplinar contínuo e permanente. Os resultados apontam que 66,6% desconhecem os Parâmetros Curriculares Nacionais e 87% desconhecem as Diretrizes Curriculares para Educação Ambiental. Conclui-se que há necessidade de formação continuada para nivelamento dos conhecimentos.

Palavras-chave


Educação Ambiental, Escolas, Interdisciplinar

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, E. Introdução à metodologia de pesquisa social. UFLA, 1999.

BRASIL, Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: apresentação dos temas transversais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília, MEC/SEF, 1997. Disponível em portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro081.pdf. Acesso em 12 de fevereiro de 2015.

BRASIL. Resolução nº 2 de 2012. Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Ambiental. CNE/CP 2. Disponível em . Acesso em 08 de fevereiro de 2014.

BRASIL, CNS/MS. Resolução 466 de 2012a. Disponível em . Acesso em 15 de agosto de 2013.

CAMARGO, B. V.; JUSTO, A. M. IRAMUTEQ: Um Software Gratuito para Análise de Dados Textuais. In.: Temas em Psicologia – 2013, Vol. 21, nº 2, 513-518

DIEGUES, A. C. A Ecologia política das grandes ONGs transacionais Conservacionistas. NUPAUB-USP: São Paulo, 2008.

FELIZOLA, M. P. M. Projetos de Educação Ambiental nas escolas municipais de Aracaju/SE. PRODEMA/UFS/ Dissertação de Mestrado. São Cristóvão, 2007.

FERREIRA, C. E. A. O meio ambiente na prática de escolas públicas da rede estadual de São Paulo: intenções e possibilidades. Ambiente & Educação. Vol. 18 (1), 2013.

FLICK, M. E. P. Educação ambiental e formações de professores. Cened cursos, 2008. Disponível em: . Acesso em 18 de janeiro de 2015.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e terra, 2011.

GADOTTI, M. Pedagogia da terra. São Paulo: Peirópolis, 2000.

GARCIA, L. A. M. Transversalidade e Interdisciplinaridade. UNB: Brasília, 2007. Disponível em . Acesso em 08 de agosto de 2013.

GONZÁLEZ-GALDIANO, E. Interdisciplinaridade e educação ambiental: explorando novos territórios epistêmicos. In.: Educação Ambiental: pesquisa e desafios / organizado por Michele Sato e Isabel Cristina Moura Carvalho. Porto alegre: Artmed, 2005.

GUIMARÃES, M. Educação ambiental: no consenso um embate? Campinas: Papirus, 2000.

LOMÔNACO, A. de F. S. Concepções de saúde e cotidiano escolar –o viés do saber e da prática. In: Reunião da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), 27. Caxambu: Anped, 2004. Disponível em: . Acesso em 20 de fevereiro de 2015.

LOUREIRO, C. F. B.; COSSÍO, M. F. B. Um olhar sobre a EA nas escolas: considerações iniciais sobre os resultados do projeto “O que fazem as escolas que dizem que fazem EA?” In.: Vamos cuidar do Brasil: conceitos e práticas em educação ambiental na escola. Brasília – MEC/MMA: UNESCO, 2007.

LUCKESI, C. C. Filosofia da Educação. São Paulo: Cortez, 1994.

MELO, R. M. Meio Ambiente: um estudo das representações sociais de professores de Biologia dos Centros de Excelência de Sergipe. Dissertação de mestrado NPGECIMA/UFS: São Cristóvão, 2014.

NERY. L. S. Educação Ambiental na proposta de formação continuada de professores no Estado de Sergipe. NPGED/UFS: São Cristóvão, 2011.

OLIVEIRA. M. I. M. de. Educação Ambiental: limites e possibilidades na rede pública municipal de ensino de Aracaju. NPGED/UFS: São Cristóvão, 2013.

PARDO, M. B. L. Princípios da educação. Planejamento do ensino. Ribeirão Preto: Culto a Ciência, 1997.

RIBEIRO, M. L. S. Educação Escolar: que prática é essa? Campinas: Autores Associados, 2001.

SANTOS, F. A. S.; PARDO, M. B. L. Educação ambiental: um caminho possível. Porto Alegre: Redes Editora, 2011.

SANTOS. F. R. Educação Ambiental: concepções e práticas pedagógicas de professores da rede pública municipal de Simão Dias/SE. NPGECIMA/UFS: São Cristóvão 2013.

SERGIPE. Lei 6.882 de 2010. Política Estadual de Educação Ambiental. Disponível em . Acesso em 15 de setembro de 2013.

SILVA, M. das G. e. Capitalismo contemporâneo e “questão ambiental”: uma análise sobre o conceito de Desenvolvimento Sustentável. UFPE: Tese de doutoramento Recife, 2008.

SILVA. W. da C. O lugar da Educação Ambiental nas concepções e práticas pedagógicas dos professores da rede pública estadual no semiárido sergipano. NPGED/UFS: São Cristóvão, 2012.

SORRENTINO, M. et al. Educação Ambiental como Política Pública. In.: Educação e Pesquisa. v. 31, n. 2. São Paulo, 2005. Disponível em . Acesso em 26 de setembro de 2012.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: A Pesquisa Qualitativa em Educação. São Paulo: Atlas, 2009.

VASCONCELOS, M. A. de O. Caracterização da prática de Educação Ambiental nas escolas da cidade de Aracaju. PRODEMA/UFS/ Dissertação de Mestrado. São Cristóvão, 2008.

ZANELLA, L. C. H. Metodologia de Estudo e de Pesquisa em Administração. CAPES/UAB. Brasília, 2009.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i0.5051

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental

URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/br/

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.