Concepção e práticas de professores sobre Educação Ambiental em escolas Públicas
Teachers' environmental education conception and practice in public schools

Giovana Secretti Vendruscolo, Ana Cristina Confortin, Kaline Manica, Daniela Aresi

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar a concepção e a prática de professores sobre educação ambiental em escolas públicas da região oeste de Santa Catarina, sul do Brasil. Foram questionados 21 professores de cinco escolas que realizam educação ambiental. Os conceitos e objetivos que os professores possuem sobre educação ambiental pertencem principalmente as correntes de sustentação e sustentabilidade, conservacionista/recursista e moral/ética. Estas estão relacionadas com o contexto histórico da educação ambiental no Brasil. Os professores ainda demonstram a visão do ambiente como recurso e as atividades são realizadas com apresentação do conteúdo em sala de aula. Por isto, é importante a capacitação de professores para que estes consigam construir com os estudantes uma reflexão crítica dos problemas ambientais e gerar mudanças de atitudes.

Palavras-chave


meio ambiente; educação ambiental; escolas públicas

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, U.P.; LUCENA R.F.P.; ALENCAR, N.L. Métodos e Técnicas para coleta de dados etnobiológicos. In: ALBUQUERQUE, U.P.; LUCENA, R.F.P.; CUNHA, L.V.F.C. (Org.). Métodos e Técnicas na Pesquisa Etnobiológica e Etnoecológica. Recife: NUPPEA, 2010. p. 39-64.

BARCELOS, V. Educação ambiental e Literatura: a contribuição das idéias de Octavio Paz. In: BARCELOS, V.; NOAL, F.O. (Orgs). Educação ambiental e cidadania: cenários brasileiros. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2003.

BARCELOS, V. Educação ambiental: sobre práticas, metodologias e atitudes. Petrópolis: Vozes, 2008. 120p.

BRASIL. Matrizes Curriculares de Referência para o SAEB. 2 ed. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 1999.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente e Ministério da Educação. Programa Nacional de Educação Ambiental. Brasília: MMA, MEC, 2005. 102p.

CARVALHO, I.C.M. Educação Ambiental Crítica: nomes e endereçamentos da educação. In: LAYARGUES, P.P. (Org.). Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. pp: 13-24.

CARVALHO, I.C.M. Educação ambiental: a formação do sujeito

ecológico. São Paulo: Cortez, 2008.

CAVALCANTI NETO, A.L.G.; AMARAL, E.M.R. Análise de concepções e visões de professores de ciências sobre educação ambiental. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 6, n. 2, p. 119-136, 2011.

GOUVEA, G.R.R. Rumos da formação de professores para a Educação Ambiental. Educar, n. 27, p. 163-179, 2006.

JACOBI, P. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de pesquisa, n. 118, p. 189-205, 2003.

LIMA, G.F.C. Educação ambiental crítica: do socioambientalismo às sociedades sustentáveis Gustavo Ferreira da Costa Lima. Educação e Pesquisa, v. 35, n. 1, p. 145-163, jan./abr. 2009.

MATOS, M.S. A formação de professores/as e de educadores/as ambientais: aproximações e distanciamentos. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 4, n. 2, p. 203-214, 2009a.

MATOS, M.E. A metodologia de projetos, a aprendizagem significativa e a educação ambiental na escola. Ensino, Saúde e Ambiente, v.2 n.1, p 22-29, 2009b.

MEDINA, N.M. A formação dos professores em educação fundamental. In: VIANNA, L.P. (Coord.). Panorama da Educação Ambiental no Ensino Fundamental. Brasília: MEC, SEF. 2001. p. 17-24. (Oficina de trabalho realizada em março de 2000).

MORALES, A.G.M. Processo de institucionalização da educação ambiental: tendências, correntes e concepções. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 4, n. 1, p. 159-175, 2009.

QUINTAS, J.S. Educação no processo de gestão ambiental: uma proposta de educação ambiental transformadora e emancipatória. LAYARGUES, P.P. (Org.). Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. pp: 113-140.

REIGOTA, M. O que é Educação Ambiental. São Paulo: Brasiliense, 1994. 62 p.

REIGOTA, M. Meio Ambiente e representação social. São Paulo: Cortez, 2007.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Educação e do Desporto. Proposta Curricular de Santa Catarina: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio: disciplinas curriculares. Florianópolis: COGEN, 1998.

SANTOS, E.C. A PROPACC como método de formação de recursos humanos em educação ambiental. In: VIANNA, L.P. (Coord.). Panorama da Educação Ambiental no Ensino Fundamental. Brasília: MEC, SEF. 2001. p. 25-31.

SATO, M . Debatendo os desafios da educação ambiental. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, v. 1, p. 14-33, 2001.

SATO, M. Educação Ambiental. São Carlos: Rima, 2004.

SAUVÉ, L. A Educação ambiental e Desenvolvimento Sustentável: uma análise complexa. Revista de Educação Pública, v. 6, n. 10, p. 72-103, jul./dez. 1997.

SAUVÉ, L. Uma cartografia das correntes de educação ambiental. In:

SATO, M.; CARVALHO, I. Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto

Alegre: Artmed, 2005.

SEGURA, D.S.B. Educação ambiental nos projetos transversais. In: MELLO, S.S.; TRAJBER, R. (Org.) Vamos cuidar do Brasil: conceitos e práticas em educação ambiental na escola. Brasília: Ministério da Educação, Coordenação Geral de Educação Ambiental, Ministério do Meio Ambiente, Departamento de Educação Ambiental, UNESCO, 2007. pp. 95-101.

SORRENTINO, M.; TRAJBER, R.; MENDONÇA, P.; FERRARO JR. Educação ambiental como política pública. Educação e Pesquisa, v. 31, n. 2, p. 285-299, maio/ago. 2005.

ZAKRZEVSKI, S.B.B. (Org.). A Educação Ambiental na escola: abordagens conceituais. 1. ed. Erechim: Edifapres, 2003. 128p .




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v30i2.3865

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.