A EXPERIÊNCIA ESTÉTICA EM DUFRENNE E QUINTÁS E A PERCEPÇÃO DE NATUREZA: PARA UMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM BASES FENOMENOLÓGICAS

Andreia Aparecida Marin, Luiz  Cláudio Batista de Oliveira

Resumo


A experiência estética é uma necessidade humana e quase uma urgência na educação atual, em que se busca a re-sensibilização do ser humano como forma de fundar novos valores na sua relação com o ambiente e com o outro. A percepção ambiental é profundamente marcada pelas vias não-racionais do humano que vê a natureza e o lugar habitado não só com os sentidos e a razão, mas com afetividade, nostalgia e sensibilidade estética, contexto em que nos auxiliam as reflexões de Bachelard. No presente trabalho, buscamos em Quintás e Dufrenne o entendimento da experiência estética, objetivando encontrar fundamentos para a percepção ambiental e elementos que motivem a educação ambiental pela arte.

Palavras-chave


percepção ambiental; experiência estética; educação ambiental; ética.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v15i0.2935

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.