PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO INFANTIL EM PALMEIRAS DE GOIÁS: NOVOS PARADIGMAS PARA UMA SOCIEDADE RESPONSÁVEL

Matheus de Souza Lima Ribeiro, Ana Carolina N. A. Profeta

Resumo


A Educação Ambiental foi proposta inicialmente, na década de 1970, como uma medida de conscientização da população sobre os problemas ambientais decorrentes do mal uso dos recursos naturais pelo homem. Posteriormente, foram propostos programas para a formação de sociedades responsáveis, visando um novo modelo de desenvolvimento, chamado de Desenvolvimento Sustentável. Esse estudo teve por objetivo avaliar o nível de desenvolvimento dos alunos do ensino fundamental em relação à Educação Ambiental realizada nas escolas de Palmeiras de Goiás. Os resultados reforçam a necessidade da educação ambiental no ensino infantil, uma vez que os alunos com participação em programas de pré-alfabetização apresentaram rendimentos consistentemente mais elevados em relação àqueles que não freqüentaram ou que freqüentaram parcialmente a pré-escola.

Palavras-chave


Educação ambiental, desenvolvimento sustentável, analfabetismo ambiental, sociedades responsáveis, ensino infantil, Palmeiras de Goiás.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v13i0.2723

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado de Educação Ambiental



Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.