Povoar outras terras, com imagens

Antonio Carlos Rodrigues de Amorim, Alessandra Aparecida de Melo, Sara Melo

Resumo


Pensar em fluxos e deslocamentos de um devir crianceiro. Quais são os novos territórios capazes de serem compostos em oficinas realizadas com migrantes e refugiados, adolescentes alunos de escolas públicas e crianças? Que imagens brotam como potências de tais encontros? Este artigo organiza-se em três diferentes extratos a partir dos quais as representações de crianças migrantes e refugiadas compõem planos de pensamento e experimentação entre palavras e imagens. Apostando em algumas disjunções entre imagem e representação, consideraremos que esses planos, tais quais o objeto mundo ou qualquer objeto que seja capturado e transformado em imagem, poderá se subjetivar. À diferença do visual, que remete a figura a si mesma, as imagens criam remissões a uma outra coisa, trabalhando significados que supõem a relação entre todo e partes, as expectativas de preenchimento e as relações entre visibilidade e os seus significados. Os resultados das oficinas oferecem perspectivas de distintos modos de as imagens habitarem e instaurarem mundos outros.

Palavras-chave


migração, imagens, experimentação.

Texto completo:

PDF

Referências


ARCIMAVICIENE, Liudmila e BAGLAMA Sercan Hamza. Migration, Metaphor and Myth. Media Representations: The Ideological Dichotomy of “Them” and “Us”. SAGE Open. p. 1-13. April-June 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1177/2158244018768. Acesso em: 18/03/2020.

CATALAN, Anna. Refugee artists and memories of displacement: a visual semiotics analysis. Visual Communication. Vol. 0(0) 1–25. 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1177/1470357219859042. Acesso em: 30/03/2020.

CORREIA, Paulo Petronilio. Poesia: a “Máquina de Guerra do Pensamento. Texto Digital, Florianópolis, v. 9, n. 1, p. 68-94, jan./jul. 2013. Disponível em:

http://dx.doi.org/10.5007/1807-9288.2013v9n1p68. Acesso em: 02/04/2020.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. São Paulo: Ed. 34, 2009. v.1

ENSOR, Marisa O. Understanding migrant children: Conceptualizations, approaches and issues. In: ENSOR, Marisa O. e GOŹDZIAK, Elżbieta M. (Orgs.) Children and migration: At the crossroads of resiliency and vulnerability (pp. 15–35). New York, NY: Palgrave Macmillan. 2010.

GUATTARI Félix; RONILK, Suely. Micropolítica: cartografias do desejo. 10ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

LAPOUJADE, David. Os movimentos aberrantes. (Trad. Laymert Garcia dos Santos). São Paulo, Brasil: N-1 Edições. 2015.

LEYVA, Luvel Garcia. A Cruzada das Crianças: sinais históricos nas performances e no teatro cubano. 2015. 166f. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Universidade de São Paulo. São Paulo, Brasil.

LINS, Daniel. A escrita rizomática. Sibila: revista de poesia e crítica literária. Ano 20. 20 de junho de 2012. Disponível em: http://sibila.com.br/novos-e-criticos/a-escrita-rizomatica/5331. Acesso em 25 de abril de 2020.

MERUANE, Lina. TORNAR-SE PALESTINA. Gaza parecia fechada com cadeado, e a chave havia sido engolida por Israel. Piauí, Edição 155. São Paulo, Agosto de 2019. Disponível em: https://piaui.folha.uol.com.br/materia/tornar-se-palestina/. Acesso em 15 de abril de 2020.

MOLLOY, Sylvia. Viver entre línguas. Traduzido por Julia Tomazini, Mariana Sanches. Belo Horizonte: Relicário. 2018. 108 p.

MORTENSEN, Mette. “The image speaks for itself” – or does it? Instant news icons, impromptu publics, and the 2015 European “refugee crisis”. Communication and the Public. Vol. 1(4) 409- 422. 2016. DOI: 10.1177/2057047316679667

PIJAMSURF. Cientos de niños refugiados entran misteriosamente en coma en suecia al saber que sus padres serán deportados. Cidade do México, 04/02/2017. Disponível em https://pijamasurf.com/2017/04/cientos_de_ninos_refugiados_entran_misteriosamente_en_coma_en_suecia_al_saber_que_sus_padres_seran_deportados/. Acesso em 11 de abril de 2020.

SALES, Alessandro Carvalho. Nomadismo, Pensamento, Liberdade. Revista Lampejo. vol. 6 nº 2. p. 296-301. 2017. Dossiê Daniel Lins: Pensamento Nômade.

VILLA-FORTE, Leonardo. Escrever sem escrever:literatura e apropriação no século XXI. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio; Belo Horizonte: Relicário, 2019. 224 p.

ZORDAN, Paola. Máquina de Guerra em dez aforismos. REVISTA CARBONO _ Natureza, Ciência e Arte (17pp.). n. 06. 2014. Disponível em http://revistacarbono.com/edicoes/06/. Acesso em 02/04/2020.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i0.11296

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.