Produções artísticas de mulheres e resistências feministas no Ensino de Artes Visuais contra o patriarcado contemporâneo

Alessandra Gurgel Pontes, Maristani Polidori Zamperetti

Resumo


No contexto atual brasileiro, fica evidente, que a disseminação de imagens com discursos opressores é algo massivo tornando-se nocivo à sociedade democrática, causando implicações nos meios sociais, no meio ambiente e na Educação. Tais visualidades podem ser parte de um sistema de dominação patriarcal (LERNER, 2019), que continua a oprimir mulheres e outras minorias de forma violenta. Neste sentido, as produções e performances artísticas de mulheres, surgem como contrapontos feministas e de resistência, através de uma epistemologia educativa, capaz de denunciar e enfrentar o domínio do patriarcado contemporâneo – que volta a reprimir as minorias, afetando a vida social das comunidades que vivem em regiões de periferia e também na região de floresta. Nesse sentido, discutimos aqui a Educação em Artes visuais em seus potenciais de resistência contra o sistema opressor.

Palavras-chave


Produções Artísticas. Resistência Feminista. Patriarcado

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Ana Mae. A Imagem no ensino da arte: anos 1980 e novos tempos. 9. ed. São Paulo: Perspectiva, 2014.

DIAS, Belidson. O I/mundo da Educação em Cultural Visual. Brasília: Ed. da Pós graduação em Arte da Universidade de Brasília, 2011.

FERRAZ, Maria Heloísa C. de T. FUSARI, Maria F. de Rezende e. Arte na educação escolar. São Paulo: Cortez Editora, 2010.

FREIRE, Paulo. Conscientização: Teoria e Prática da Libertação – uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Cortez & Moraes, 1979.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão; tradução de Raquel Ramalhete. 20 ed, Petrópolis: Vozes, 1999.

HERNÁNDEZ, Fernando. Catadores da cultura visual. Porto Alegre: Mediação, 2007.

KUHNERT, Duda. Nas Artes. In: HOLLANDA, Heloisa Buarque. Explosão Feminista. Arte, cultura, política e universidade. 1ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

LERNER, Gerda. A criação do patriarcado. Histórias da opressão das mulheres pelos homens. Tradução: Luiza Sellera. – São Paulo: Cultrix, 2019.

LOPONTE, Luciana. Gênero, educação e docência nas artes visuais. Educação e Realidade, p. 243-259, 2005.

MAIOLINO, Anna Maria. Série Fotopoemação. 1979. Reprodução fotográfica. In: FAJARDO-HILL, Cecília; GIUNTA, Andrea. Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960-1985. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2018.

MARTINS, Raimundo. Entrevidas das Imagens na arte e na educação. In:__________; TOURINHO, Irene (orgs.). Cultura das Imagens: desafios para a arte e para a educação. Santa Maria: Editora UFSM, 2016.

MELENDI, Maria Angélica. Para construir novas casas e descobrir velhas metáforas de fundação. In: FAJARDO-HILL, Cecília; GIUNTA, Andrea. Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960-1985. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2018.

PEÑA, Julia Antivilo; MAYER, Mónica; ROSA, Maria Laura. Arte Feminista e “artivismo” na América Latina: um diálogo entre três vozes. In: FAJARDO-HILL, Cecília; GIUNTA, Andrea. Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960-1985. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2018.

SAFFIOTI, Heleieth I. B. Gênero, violência e patriarcado. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004.

SOUZA, Fabiana Lopes de; ZAMPERETTI, Maristani Polidori. Arte, gênero e cultura visual – um olhar para as artistas mulheres. In: Momento: diálogos em educação, E-ISSN 2316-3100, v. 26, n. 2, p. 248-264, jan./jun. 2017.

PAULINO, Rosana. Rosana. Ainda a lamentar. In: Rosana Paulino: a costura da memória. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2018.

PAULINO, Tecelãs. 2003. In: Rosana Paulino: A costura da memória. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2018.

VOLZ, Jochen. Apresentação. In: PAULINO, Rosana. A costura da memória. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2018.




DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v0i0.11088

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexadores
Portal de Periódicos - Capes Repositório DSpace Portal do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - IBICT Diadorim Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras Google Acadêmico The Elektronische Zeitschriftenbibliothek (Alemanha) OEI - Biblioteca Digital Diretório Luso-Brasileiro Repositórios e Revistas de Acesso Aberto LATINDEX REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)
Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., E-ISSN 1517-1256, ISSN 2318-4884, Rio Grande, Brasil.