DISTORÇÕES METODOLÓGICAS E HISTÓRICAS NO ENSINO DO SISTEMA NUMÉRICO HINDUARÁBICO.

Autores

  • Jose Roberto Boettger Giardinetto Giardinetto Universidade Estadual Paulista - Faculdade de Ciências - Departamento de Educação - Campus de Bauru - SP

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v20i1.7763

Palavras-chave:

Educação Matemática. História da Matemática. Lógico e Histórico

Resumo

Utilizando-se como referencial teórico a relação dialética entre o lógico e o histórico, no âmbito da teoria marxista de conhecimento, este trabalho aponta distorções metodológicas associadas a distorções históricas, de situações de ensino, na compreensão da gênese do sistema hinduarábico e dos algoritmos das quatro operações aritméticas: a utilização de ábacos com hastes ou miçangas coloridas; a utilização de mais de um ábaco na execução das operações aritméticas e, finalmente, a utilização de algoritmos operatórias expressando cálculos de povos que não utilizavam de tais algoritmos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jose Roberto Boettger Giardinetto Giardinetto, Universidade Estadual Paulista - Faculdade de Ciências - Departamento de Educação - Campus de Bauru - SP

Possui graduação em Matemática (Licenciatura) pela Universidade Federal de São Carlos (1984), mestrado em Programa de Pós Graduação em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (1991) e doutorado em Programa de Pós Graduação em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (1997). Atualmente é professor assistente doutor do Departamento de Educação da Faculdade de CIências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. É membro cadastrado do Grupo de Pesquisa "Estudos Marxistas em Educação" da UNESP, Campus de Araraquara, Grupo de Pesquisa cadastrado junto ao CNPq. É líder do "Grupo de Pesquisa Pedagogia Histórico-Crítica e a Educação Matemática” (GPPHCEM).Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos Históricos e Filosóficos do Ensino de Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Fundamentos da Educação Matemática, História da Matemática e Ensino da Matemática, Ensino da Matemática na perspectiva da Pedagogia Histórico-crítica, Matemática Escolar e a questão cultural segundo a perspectiva marxista. Desde 2013 é docente do Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica, Mestrado Profissional, na Faculdade de Ciências da UNESP, Campus de Bauru, São Paulo.

Downloads

Publicado

2018-12-10

Como Citar

Giardinetto, J. R. B. G. (2018). DISTORÇÕES METODOLÓGICAS E HISTÓRICAS NO ENSINO DO SISTEMA NUMÉRICO HINDUARÁBICO. Revista Didática Sistêmica, 20(1), 31–47. https://doi.org/10.14295/rds.v20i1.7763

Edição

Seção

Artigos