Uma reflexão sobre a educação inclusiva: como professores de matemática encaram esse desafio

Autores

  • Fernando Pereira Unifacvest
  • Andressa Mota Oliveira

Palavras-chave:

Matemática. Inclusão. Necessidades educacionais especiais. Autistas

Resumo

Este trabalho teve como objetivo principal refletir sobre a realidade das aulas de matemática em escolas de ensino regular, organizadas em um trabalho nos modelos da educação inclusiva para pessoas com necessidades educacionais especiais enfoque a autistas. A atual legislação assegura a pessoas com necessidades educacionais especiais o direito a educação igualitária. Entretanto apenas o cumprimento da lei não garante total solução para a questão. A organização escolar precisa estar preparada e munida com uma estrutura pedagógica condicente. Assim, buscou analisar se os métodos utilizados em sala de aula estão sendo eficazes ou não perante o objetivo de ensinar as operações fundamentais da matemática no ensino fundamental II. Para tanto, o estudo promove uma discussão sobre o “fazer inclusão” focando na importância da relação afetiva entre professor e aluno para se obter sucesso no processo de ensino aprendizagem. Contudo, propiciando aos educadores um material que aponte soluções, embasadas em diversos profissionais envolvidos no contexto escolar, direcionando a práticas mais assertivas visando sempre o crescimento pessoal do aluno e seu bem estar em relação às diferenças. Para isto, conscientizar esses educadores sobre importância da constante busca do conhecimento para que possam melhor atender a essa demanda e assim realizar a verdadeira inclusão, sendo o ponto crucial em debate.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Pereira, Unifacvest

Possui formação de Master Black Belt em Metodologia Lean Six Sigma pela M.I. Domenech (2015), Mestrado em Ciências Naturais e Matemática pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2013) e graduação em Matemática pelo Centro Universitário UNIFACVEST (2010). Atualmente atua como Master Black Belt na coordenação e consultorias de projetos Lean Six Sigma na Kimberly-Clark Brasil e é professor universitário de matemática e estatística do Centro Universitário UNIFACVEST. Tem experiência em implementação, aplicação e coordenação de projetos de melhoria em industrias, desde 2009, utilizando a Metodologia Lean Six Sigma. Na área de ensino e aplicação de Matemática e Estatística, atua principalmente nos seguintes temas: Cálculo Diferencial e Integral, Geometria Analítica, Didática da Matemática e Estatística Descritiva e Inferencial. Na área de Física, possui experiência, atuando principalmente nos seguintes temas: Física Clássica, Física Moderna Conceitual e Ciências Naturais.

Andressa Mota Oliveira

Graduada em Matemática.

Downloads

Publicado

2017-07-03

Como Citar

Pereira, F., & Oliveira, A. M. (2017). Uma reflexão sobre a educação inclusiva: como professores de matemática encaram esse desafio. Revista Didática Sistêmica, 18(1), 29–42. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5571

Edição

Seção

Artigos