<b>Dos “Pegas” às primeiras corridas oficiais de automobilismo de rua em Porto Alegre na década de 1920</b>

Autores

  • Paula Andreatta Maduro Faculdades Integradas São Judas Tadeu e Universidade Luterana do Brasil
  • Ester Liberato Pereira Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Janice Zarpellon Mazo Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Esporte. Automobilismo. História.

Resumo

O objetivo deste estudo é investigar como se constituiu o automobilismo em Porto Alegre, desde a realização dos primeiros “pegas de rua” até a organização das primeiras corridas oficiais de automobilismo de rua na década de 1920. A pesquisa foi sustentada em fontes impressas e orais, submetidas a uma análise documental qualitativa do conteúdo. Em Porto Alegre, os “pegas de rua” datam do final da primeira década do século XX, e se mantêm mesmo com a realização das primeiras corridas oficiais automobilísticas. Contudo, o automobilismo de rua emerge na cidade como representação de modernidade em meados da década de 1920.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Andreatta Maduro, Faculdades Integradas São Judas Tadeu e Universidade Luterana do Brasil

Possui graduação em Licenciatura em Educação Fisica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1988). Especialização em Ciências do Esporte pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1993). Mestre em Ciências do Movimento Humano (2010) pelo PPGCMH da Esef- UFRGS. Atualmente é Professora de Educação Física da Rede Escolar da Prefeitura de Porto Alegre, Professora Horista das Faculdades Integradas São Judas Tadeu e Professora Horista da Universidade Luterana do Brasil. Coordenadora do curso de Pós-Graduação de Educação Física Escolar da ULBRA. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física escolar, Atletismo, História da Educação Física e Fundamentos da Ginástica, atuando e pesquisando principalmente nos seguintes áreas: história do esporte, automobilismo, Porto Alegre, modernidade e atletismo.

Ester Liberato Pereira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano na Escola de Educação Física (ESEF) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na linha de pesquisa Representações Sociais do Movimento Humano (início/2012). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da ESEF/UFRGS, na linha de pesquisa Representações Sociais do Movimento Humano (2012). Especialista em Equoterapia pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) (2012). Graduada em Licenciatura Plena em Educação Física pela ESEF/UFRGS (2009). Intercâmbios com bolsa na Faculdade de Desporto (FADEUP) da Universidade do Porto (UP) (Portugal) e na Facultad de Educación Física (FACDEF) da Universidad Nacional de Tucumán (UNT) (Argentina) durante a graduação. Experiência na área de pesquisa em Educação Física, com ênfase em História do Esporte. Atualmente, é integrante da equipe de Equoterapia do Centro de Equoterapia Cavalo Amigo. É membro do Núcleo de Estudos em História e Memória do Esporte e da Educação Física (NEHME) da ESEF/UFRGS, atuando principalmente no tema das práticas esportivas equestres.

Janice Zarpellon Mazo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física e do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da ESEF/UFRGS. Tutora do Programa de Educação Tutorial da Educação Física da UFRGS. Realiza pesquisas em História do Esporte e da Educação Física e Estudos Olímpicos.

Downloads

Publicado

2013-08-05

Como Citar

Maduro, P. A., Pereira, E. L., & Mazo, J. Z. (2013). &lt;b&gt;Dos “Pegas” às primeiras corridas oficiais de automobilismo de rua em Porto Alegre na década de 1920&lt;/b&gt;. Revista Didática Sistêmica, 15(1), 17–31. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/3406

Edição

Seção

Artigos