ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO E ESTUDANTES DO CAMPO: A CIDADE COMO REFERÊNCIA E AS DISTÂNCIAS COMO ROTINA

Autores

  • Suzana Cavalheiro de Jesus Universidade Federal do Pampa https://orcid.org/0000-0002-5218-9816
  • Leila Rodrigues Padilha Sistema Estadual de Ensino do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v22i1.11632

Resumo

Este texto configura-se em sistematização de um conjunto de dados oriundos de pesquisa realizada em 2018, junto à rede municipal de ensino de Dom Pedrito – RS. O objetivo foi investigar quais políticas públicas para o Atendimento Educacional Especializado estavam sendo efetivadas nas Escolas do Campo, tendo como aspecto orientador, a implementação das salas de recursos multifuncionais. Metodologicamente, definiu-se como uma pesquisa de abordagem qualitativa, caracterizando-se como um estudo de caso, instrumentado por entrevista semiestruturada com a gestão da secretaria municipal de educação e com a coordenação do Núcleo de Apoio Pedagógico e Inclusão (NAPI), responsável por apoiar salas de recursos e realizar atendimentos psicopedagógicos. Os resultados demonstraram obstáculos de infraestrutura que impediram a instalação de uma sala de AEE em escola do campo, bem como a prática vivida pelas famílias, de deslocarem-se para a cidade em busca de escola inclusiva e atendimentos de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzana Cavalheiro de Jesus, Universidade Federal do Pampa

Doutora em Antropologia Social. Docente da Universidade Federal do Pampa, Campus Dom Pedrito

Leila Rodrigues Padilha, Sistema Estadual de Ensino do Rio Grande do Sul

Licenciada em Educação do Campo. Agente Educacional I – Alimentação, do Sistema Estadual de Ensino do Rio Grande do Sul, Dom Pedrito, RS, Brasil

Downloads

Publicado

2021-02-05

Como Citar

Cavalheiro de Jesus, S., & Rodrigues Padilha, L. (2021). ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO E ESTUDANTES DO CAMPO: A CIDADE COMO REFERÊNCIA E AS DISTÂNCIAS COMO ROTINA. Revista Didática Sistêmica, 22(1), 66–78. https://doi.org/10.14295/rds.v22i1.11632