APRESENTAÇÃO

Autores

  • Ângela Adriane Schmidt Bersch FURG
  • Camila Borges Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v21i1.11612

Resumo

Ser editora da Revista Didática Sistêmica é um compromisso desafiador, que foi aceito pela Professora Ângela Bersch com muito carinho e dedicação, na intenção de dar sequência ao competente trabalho das nossas colegas: Professoras Raquel da Silveira e Roseli Belmonte Machado, que trilharam uma linda caminhada profissional na Universidade Federal do Rio Grande e, hoje integram o corpo docente da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ESEFID/UFRGS). Embora distantes geograficamente, mantemos parcerias em alguns projetos e a organização da revista é um deles. O auxílio neste início das atividades enquanto editora foram fundamentais para manter a qualidade do processo e, tendo em vista a grande demanda de trabalho foi feito o convite à Professora Camila Borges Ribeiro para me acompanhar nessa nova empreitada considerando seus conhecimentos na área da Educação, Educação Física e Pedagogia e assim podermos juntas qualificar as edições desse periódico. É com satisfação que apresentamos a edição 1/2019 que é constituída por sete artigos, destes três se referem a textos submetidos, apreciados e aprovados para o evento VII Extremos do Sul que foi organizado pelo corpo docente do curso de Educação Física, vinculado ao Instituto de Educação da FURG. Os dois primeiros artigos abordaram as questões relativas à avaliação da aprendizagem de professores de uma instituição educacional do sul de Rondônia e, as reflexões de professores da educação básica e do ensino superior, vinculados às Ciências Exatas, acerca das metodologias ativas no Rio Grande do sul. Na sequência, as temáticas se enveredam pelo campo da Educação Física, na qual abarcam a identificação dos motivos que levam professores que atuam em academias a optarem pela aquisição de franquias de programas de aulas pré-coreografadas e, a não inclusão da dança no planejamento das aulas de Educação Física escolar e a questão da formação inicial. Dos três artigos oriundos do VII Extremos do Sul, dois contemplaram a questão de gênero, sendo um sobre as mulheres no esporte a partir do portal ESPNW no Brasil e, o outro sobre a reativação da equipe feminina do Sport Club Internacional, a partir do ano de 2018. Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108 v. 21, n.1, p.1-7, (2019) O último artigo investigou as práticas de avaliação utilizadas por professores de Educação Física, de uma escola da rede pública de ensino de Canguçu/RS. Esperamos que as leituras que compõem esta edição contribuam com as reflexões, pesquisas e ações presentes nas práticas pedagógicas, tanto na formação inicial como continuada dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ângela Adriane Schmidt Bersch, FURG

Doutora em Educação Ambiental - PPGEA/FURG; Professora Adjunta Instituto de Educação - FURG. Atua nos cursos de graduação em Educação Física e Pedagogia; Coordena projetos de extensão Psicomotricidade Relacional e;Resiliência e formação de Educadores; Coordena o grupo de estudos ECOINFÂNCIAS - infâncias, Ludicidade e Ambientes; participa do Grupo de Estudos GEECAF.

Downloads

Publicado

2020-06-19

Como Citar

Bersch, Ângela A. S., & Ribeiro, C. B. (2020). APRESENTAÇÃO. Revista Didática Sistêmica, 21(1), 6–7. https://doi.org/10.14295/rds.v21i1.11612

Edição

Seção

Artigos